quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Juni

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, dezembro 30, 2009 4 comentários
Todos temos saudades tuas. O Bully gane para a porta,e raspa com a patinha, não deve perceber porque é que ainda não voltaste para casa.
Os teus amigos gatinhos vêm miar aqui para a porta, deve ser para te chamar para brincar ou então para chorar por ti, visto que dois deles estavam a cheirar o teu corpo ontem á noite.
Eu continuo sem conseguir falar/pensar em ti sem chorar. Isto com o tempo vai lá, não é o que se costuma dizer?
Beijinho

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

O meu gatinho

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, dezembro 29, 2009 10 comentários
O meu gatinho morreu ontem atropelado. Chamo-lhe gatinho mas já tinha quase 8 anos.
E estou tão triste que nem consigo explicar.
Só me apetece chorar o dia inteiro e estou sempre á espera que não seja verdade, que afinal não era ele, sei lá.
Ainda nem consegui tirar de lá a caixa de areia, e as taças de comida e água.
Vou ter tantas saudades. Estou a escrever isto e estou a deitar lágrima atrás de lágrima. Eu sei que muita gente pode achar que é demais, que é só um animal, mas como todos vocês sabem para mim não é só isso. Muito menos o Juni. Que já passou tanto comigo e até já mudou de casa comigo.
Era o gato mais inteligente e o mais meiguinho do mundo, e sinto-me grata por ter podido viver com ele todos estes anos, tenho a agradecer-lhe muitos momentos bons.
E não consigo escrever mais, que já nem vejo o ecrã, de tanto chorar. Deixo-vos com fotos dele.
O meu gatinho. Que para mim será sempre um bebé.
Um beijinho meu querido, espero que sejas feliz no céu dos gatinhos e que saibas o quanto eu te amava.


domingo, 27 de dezembro de 2009

Classificados

Publicada por Sofia à(s) domingo, dezembro 27, 2009 11 comentários
Oferece-se:
Tosse, expectoração,dores de garganta e febre. Sem qualquer tipo de sorteio ou concurso.



Quase quase que ficava o ano de 2009 todo sem ficar doente. Mas ei-la a minha primeira constipação do ano.

sábado, 19 de dezembro de 2009

Do Sismo

Publicada por Sofia à(s) sábado, dezembro 19, 2009 15 comentários
No escritório, cada um no seu computador.
Eu sinto tudo a tremer, imenso barulho e digo-lhe:
-Amor isto é um terramoto!
-Oh Sofia não sejas parva é o vento!

(???)

domingo, 13 de dezembro de 2009

Do google analytics...

Publicada por Sofia à(s) domingo, dezembro 13, 2009 11 comentários
O meu blog não aparece nas pesquisas, por várias razões. Mas durante uns tempos deixei-o aparecer para ver como é que as pessoas viriam cá parar.

Algumas das melhores:
- "nesse rabo" - Neste rabo não se passa grande coisa e no teu?
- "ao fim de quantas aulas de codigo começo a condução" - 8. Mas se perguntasses na escola de condução eles diziam-te.
- "bumbum rijo como fazer?" - exercício filha. Sobe e desce escadas. Há quem diga que o sexo anal ajuda, mas olha que é mito. De qualquer maneira podes tentar. Se resultar vem aqui contar-me
- "caiu e ficou-me a doer o pescoço" - o que é que caiu? A cabeça?
- "casa de praia no bully" - Onde é o bully??
- "bruno fehr + storyteller" - garanto-te que nesses dois não há nada. Ela é minha amiga e acho que nem lhe conhece o blog.
- "como conversar com um amigo no msn que falar" - Podes começar por dizer Olá. Que bronco.
- "cortei as unhas do gato mas deitou sangue isso é bom ou mau" - Deixa-me contar-te um segredo. Mas não digas a ninguém. Quando deita sangue é mau. É sempre mau.
- "cães com perdigee" - o que é perdigee?? Pedigree pa!!!
- "depilar os testiculos" - Muiiiiito devagarinho. E se deitar sangue já sabes, é mau sinal.
- "ele disse-me" - Ah disse? olha que bom!
- "gatos a deitar sange da pata"- sádicos porra. Deixa lá as patas do gato em paz!
- "medo de casas de banho" e "medo de ir à casa de banho" - se for medo de ir a uma casa-de-banho pública eu ainda percebo, agora medo de ir á casa-de-banho no geral é capaz de te trazer problemas
- "minha expressão" - se é a tua expressão para que é que a pesquisas no google??
- "peabutbutter.blogspot.com" - haja alguém que saiba onde vem parar LOL
- "piada ouvir conversa de dois doidos conversando" - Nem sei o que dizer sobre isto.
- "sofia a desastrada,resumo" - Lê o livro todo, não sejas preguiçoso!
- "translation mas vou ter saudades" - but i will miss you!
- "é verdade que criança não mente?" - É mentira pa! Claro que algumas mentem e algumas dizem a verdade. Como os adultos. São crianças não são santos!

E o resultado foi que não perco nada em não ter o blog a aparecer nas pesquisas do google.

sábado, 12 de dezembro de 2009

Dos meus anos...

Publicada por Sofia à(s) sábado, dezembro 12, 2009 9 comentários
Houve tanto de bom como de mau. Eu explico: este ano decidi (ao contrário dos anos anteriores) fazer uma festinha mais restrita, e decidi também fazê-la só para raparigas. Girls party uh-uh.
Nada disto seria problema se as minha amigas não falhassem como as notas de 500 (pelo menos a mim falham-me essas notas).
Restringi portanto a lista a 12 pessoas. Só 8 me deram a confirmação que iam ao jantar, fiz a reserva e até aqui tudo bem.
No meu dia de anos envio mensagem para toda a gente a confirmar a hora e o local de encontro.
Sem sequer me darem os parabéns dizem-me que não podem vir porque: "tal e coiso, morreu-me o cagalhão", "ai que hoje estou mal disposta", epa hoje era aquele dia que tinha o exame à próstata", "esqueci-me de te avisar que me caiu um testículo e estou no hospital" etc.
Ora sabem quantas pessoas foram? UMA. The one and only: Joana. É verdade, a única que não me deixou agarrada.
Desmarcámos a reserva no restaurante, fomos a um italiano, o namorado dela foi lá ter e o meu também e a partir daí foi só rir!
Diverti-me imenso mesmo com os meus saltos novos, que me MATARAM os pés.
Fomos para o Plateau, que para quem não conhece é só música dos 70's e dos 80's. Muito bom.
A mãe da Joana estava lá e temos o vídeo dela a curtir a noite. Só visto! (Desculpa Jô vou-me rir disto enquanto me lembrar!)

A modos que foi isto, um Obrigado a quem se lembrou.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Nala*

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, novembro 23, 2009 10 comentários
A castanhinha aqui da frente é a Nala, a branca lá atrás é a Lucky


Apesar de nunca teres escrito exclusivamente sobre elas, já lhes fiz algumas referências aqui e aqui.
A Nala é a mais velha, depois veio a Lucky e tornaram-se inseparáveis, assumindo a Nala sempre a posição de chefe. De dominante. Tem um porte esguio e um andar elegante. Nunca ladra,mas quando o faz chega a ser assustadora.
A Lucky é o oposto. Gorducha e com um andar desleixado ladra imenso mas um ladrar muito de 'cadela'.
O que têm em comum é que são ambas uns amores, meigas e obedientes. Deitam-se logo de barriga para o ar, à primeira festa que se lhes dá.

Hoje a Nala faleceu. Andava há uns dias doente, afastada, escondida e hoje morreu. E não tenho nada para dizer sobre isto a não ser que é profundamente injusto e triste.
E como disse a tia do Bruno "Os animais conquistam-nos o coração. A mim mais do que as pessoas." E eu sou muito assim, e quem me conhece sabe disso.
Por isso agora o meu coração está um bocadinho despedaçado.


Nala

sábado, 21 de novembro de 2009

Minha Linda Joana

Publicada por Sofia à(s) sábado, novembro 21, 2009 15 comentários
Eu gosto muito de ti, mas da próxima vez que tiver de jantar com o raio da tua amiga vai haver luta de lama.
Tu viste, eu controlei-me, ignorei as bocas baixas dela, quando ela discutiu comigo eu cessei por ali a conversa e tudo e tudo e tudo. Mas isso foi hoje. Mais um dia assim e o nariz dela vai ser apresentado á minha esquerda.

Isto foi só um aparte, desculpem lá.

E a pergunta mais burra do mundo "Então e a Sofia não pode mudar de dia de anos?" Claro que sim, ó camela, este ano, só porque tu queres, faço anos a dia 10. Mas é só por ser p'ra ti ok? Preço de amiga.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Messenger

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, novembro 17, 2009 8 comentários
Estava a falar com a minha sobrinha (a de 11 anos) e eu pergunto outra vez, se ela tem namorado (gosto de andar em cima do acontecimento), ao que ela diz:
- Não, eles andam todos com gripe A.
E eu:
- Ahahah é por isso que não tens namorado? Porque eles têm gripe A?
-Claro, não quero ficar doente. E eles também são parvos.
-Pois lá isso são.
- Tia os rapazes são parvos até que idade?
- Bem, ele são especialmente parvos até ao 9º ano. Depois disso eles continuam parvos, só que menos acho eu. Ou então somos nós que deixamos de reparar tanto nessa parvoíce.
- Que chatice.

I Love you 'till the end

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, novembro 17, 2009 8 comentários

Nunca deu certo com os outros. Nem podia dar, senão hoje não estávamos aqui. Já ambos tínhamos sofrido a nossa quota parte de desgostos e desilusões, e apesar de nos conhecermos há anos, foi num timming perfeito que fomos comer aquele gelado.
Ambos íamos sem segundas intenções, e ainda hoje não sei explicar o que aconteceu, para de repente querer ser mais do que tua amiga. Ainda hoje não consigo explicar a felicidade quase infantil, que senti na tua mensagem quando dizias que "quase que tinhas saudades minhas". Acho que foi, e tu sabe-lo bem, o facto de te teres feito de difícil que me fez querer-te ainda mais. Pela primeira vez tinha ali alguém por quem tinha de lutar, com quem não era garantido.
Hoje agradeço-te por isso. Pela luta. Se não tivesses sido assim, provavelmente terias sido só mais um capítulo do livro: 'Sofia, a solteira que desistiu dos homens'.
Contigo deixei cair todos os muros á minha volta, que demorei tanto tempo a construir.
E depois, quando pela primeira vez, vi a minha escova de dentes perto da tua pensei, 'Ok, este era para mim o passo mais difícil, o primeiro. Agora é desfrutar'
Mentira. O mais complicado foi depois. Aprender a viver a dois. Saber que ias estar sempre ali, mesmo naqueles dias em que apetecia estar sozinha. Mas isso também foi o melhor. Saber que ias estar sempre ali.
Nestes anos juntos já passámos por tanta coisa, e da maneira mais sincera possível digo-te, mesmo que seja um cliché, que não imagino mesmo a minha vida sem ti.
Não és o namorado perfeito,até porque isso não existe. És insuportável quando queres. E hiperactivo, o que me tira do sério por vezes (ok, muitas vezes) quando tocas uma bateria imaginária ou quando abanas a perna como se fosses desmontável.
Mas a maior parte das vezes és ideal para mim. Romântico q.b. (muito não, que eu enjoo), incrivelmente divertido, giro (e sem acreditar que o és, o que ainda é melhor) e tão inteligente que até assusta. E tens imensa paciência para os meus desastres, e fazes sempre aquela cara neutra enquanto dizes calmamente "Sofia, o que é que tu fizeste?"
Hoje em dia não trocava a nossa vida a dois nem por todo o dinheiro do mundo. Nada me deixa mais feliz do que ver-te todos os dias quando acordo e antes de dormir. E não há maneira melhor de adormecer do que no teu colinho.
E para não dizeres que eu não sou meiguinha, digo-te aqui e digo-te onde e quando tu quiseres:
I Love 'till the end.

sábado, 14 de novembro de 2009

Eu amo o meu cão.

Publicada por Sofia à(s) sábado, novembro 14, 2009 9 comentários

Amo mesmo. Como se ama uma pessoa.
Toda a minha vida achei que era uma pessoa de gatos, talvez por nunca ter tido cães e sempre gatos. Agora sei: sou definitivamente uma pessoa de cães.
E sou a fã número Um do meu. Percebi que ia adorá-lo no primeiro dia, quando ele tremia da viagem e eu lhe peguei e ele parou de tremer.
Adoro como ele se senta (ou deita depende do sono) sempre em cima dos nosso pés para que quando sairmos dali ele saiba.
Ele é realmente um dono-dependente, e tem de estar sempre a ver-nos. Por isso mudou de poltrona habitual, porque a onde ele costumava dormir não dava para nos ver no escritório.
Quando acorda, vem sempre ter connosco e põe as patinhas em cima de nós, a pedir mimos, e fica assim a suspirar, cheio de sono enquanto os recebe.
A relação dele com o Juni é um a típica entre 'irmãos': amor/ódio. Há dias que ladram/miam um para o outro o dia inteiro, e um finge que morde, o outro arranha mesmo e no entanto há aqueles dias em que dormem um ao pé do outro, em que o gato se roça a ele, e o cão com uma lambidela lhe lava a cabeça. E depois há os ciúmes. São muitos e grandes. O Bully não pode ver o gato a receber mimos meus. Vem logo com o seu jeito bruto expulsá-lo literalmente de cima de mim.
Depois temos a faceta destruidora que eu achava que ele não ia ter porque nos tempos de cachorro era tão sossegado. Parece que afinal a ele deu-lhe mais tarde. É agora com quase um ano que destrói tudo. Que o digam os meus óculos de ver (que até as lentes comeu!), os fios da Tv Cabo e os do telefone , a nossa colecção de revistas, que agora está reduzida a cinco, os sacos do Continente, o movél do escritório e a ex-casa dele.
Mas ele não é burro nenhum. Sabe bem a porcaria que faz, tanto sabe que quando a faz e nós chegamos a casa, ele baixa as suas orelhas de morcego e cola a barriga ao chão como um soldado disfarçado. E faz aquele olhar de pena como quem pede perdão.
Quando estamos a comer a mesma história, faz aquela carinha que quem não o conhecer pensa que ele passa fome. Ah, e está comprovado, ele gosta de manteiga de amendoim tanto quanto eu.
Adoro como todos nós pensamos que ele é super maricas e de cão de guarda não tem nada mas depois surpreende-nos quando nos defende de outros cães e ladra ferozmente quando eu vou passeá-lo sozinha e alguém de aspecto duvidoso se aproxima.
Adoro como ele é tosco, e aqui aquela história de os cães serem parecidos com os donos, só pode ser verdade. É vê-lo deitado no sofá, virar-se e cair no chão. É vê-lo saltar-nos para o colo e bater com a cabeça na mesa. É vê-lo a correr pela casa e não se deviar das mesas. "É como tu diz-me o Bruno" Mas eu não percebo porquê. De desastrada não tenho nada não é verdade?
É um regalo para o coração quando adormeco no sofá e acordo com a boca dele mesmo colada á minha como quem dá um beijinho. E se acordei é porque ele estava a ressonar a alto e bom som, de certeza.
Em suma: Eu Amo o meu cão. Amo mesmo. Como se ama uma pessoa.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

P.s

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, novembro 05, 2009 7 comentários
Fez ontem 4 anos.
Não fui lá. Se foi o certo ou não, não sei. Acho que no que toca a estes assuntos não há certo nem errado.
Não consigo dormir. Mas isso já era de esperar.

Coisas que eu quero para os anos #2

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, novembro 05, 2009 7 comentários
Quero uns sapatos pretos, salto alto. De preferência peep toe.

E um casaco assim como o da foto:

domingo, 1 de novembro de 2009

Coisas que eu quero para os anos

Publicada por Sofia à(s) domingo, novembro 01, 2009 6 comentários
O meu eterno perfume:
Hugo Boss for Woman

O livro que procuro há seculos:
'Correspondência Amorosa' de Rainer Maria Rilke e Lou Andreas Salomé

E claro, o meu vício:

X-Box 360 Elite

domingo, 25 de outubro de 2009

Íris, do alto dos seus 4 recentes anos

Publicada por Sofia à(s) domingo, outubro 25, 2009 10 comentários
- 'Tamus entendidas? (Imaginem-na a implorar por rebuçados, nós dizemos que não e ela diz "Sim, puque quem manda sou eu! 'Tamus entendidas? - de certeza que aprendeu com a minha irmã)
- Okeeeeeeeeey (Um ok muito arrastado, quando nós a mandamos fazer qualquer coisa)
- Baby nem penses (deve ter ouvido nos Morangos com Açúcar)
- Tia vou-te ler o Noddy tá bem? (e começa a saga das histórias do Noddy com as bolinhas saltitonas, com o arco íris mágico, a a gaita-de-foles, etc)
- Oh puto, não chores! ( quando o mano está a choramingar)
- 'Tá na hora de ir pa cama não acham? (Literalmente a expulsar-nos de casa)
- Manda beijinhos ao tio Muno.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Friends

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, outubro 19, 2009 13 comentários
O Quintino goza comigo (já nem me lembro sobre o quê) e eu digo uma piada sobre ele (mas daquelas mais más) ao que ele diz:
- Tu és tramada, não se pode gozar contigo que tu arranjas logo maneira de gozar também! E és sempre pior, caramba! Porque é que fazes isso?
- Mecanismos de defesa. Ou era isso ou dar-te uma pêra.

domingo, 18 de outubro de 2009

Socorro, estou a ficar gaja...

Publicada por Sofia à(s) domingo, outubro 18, 2009 18 comentários
No Dolce Vita:
Bruno- Olha a Tatiana! (Sorriso) (Sorriso largo de mais para o meu gosto)
Eu- Temos mesmo de lhe ir lá falar?
Bruno- Não sejas parva!
Eu- Estavas sempre a falar mal dela, afinal 'tás aí cheio de sorrisos!
Tatiana lá do fundo: Bruno! Oláaaaaa (Para mim um Olá demasiado satisfeito)
Eu- Pronto, badalhoquinha da merda...
Estamos a chegar perto dela, eu faço o meu ar de enjoo e digo:
-Espero por ti na New Yorker, quando acabares de socializar sim?
À Tatiana lancei-lhe um rosnar em pensamento e acenei só com a cabeça. Mas de trombas, claro.
Assim que entrei na New Yorker pensei "Merda, estou a ficar ciumenta!"

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Sofia, a desastrada II

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, outubro 16, 2009 13 comentários
Hoje fui ao Sam Pedro perto de minha casa comprar azeitonas e caí no corredor dos iogurtes.
Escorreguei num bago de uva e tentei(atenção: tentei) agarrar-me aos iogurtes para não cair. Mandei sem exagero umas 20 embalagens ao chão, caí de pernas abertas (e eu estava de vestido) e ficou-me a doer o pé que ainda nem sequer recuperou a 200% da última queda.

Sou a pior do mundo eu sei.

Bully vai á praia II plus Sofia, a desastrosa

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, outubro 16, 2009 17 comentários
Ficam as fotos:
Destino: Ericeira


A primeira coisa que ele faz quando chegamos á praia? Encher os olhos de areia, pois claro



Em seguida sujar o corpo todo, como não podia deixar de ser!



Um pôr-de-sol lindíssimo!


E ainda fomos molhar os pézinhos!

A água estava morna, uma delícia, só dava vontade de dar um mergulhinho, mas o vento já se fazia sentir, e não me está muito a apetecer uma constipação.
Estava um casal de noivos+fotografo a tirarem fotos na praia. Devem ter ficado lindas!

Depois de jantar fomos ao Alegro e eu parti uma caneca do Starbucks, daquelas que estão para vender. Que custam 8 euros estão a ver? Perguntem-me lá "Como é que tu fizeste isso ?" Pois, também não sei, num momento a caneca estava na prateleira, noutro momento estava no chão e fazer cortes.
Essa é outra! A caneca podia só cair, mas não! Caiu, e um dos pedaços cortou a perna do Fred, outro pedaço cortou o meu dedo. E ainda teve o efeito secundário de pôr toda a gente a olhar para mim. A senhora foi um amor e disse que eu não precisava de a pagar, porque são coisas que acontecem. Eu reservo-lhe um cantinho no céu sim?
Nada disto me incomodaria se fosse raro acontecer-me, mas isso já é história para outro dia. Um dia em que eu perca a vergonha e vos conte os meus desastres/trapalhices.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Com tanta coisa não pus as fotos das férias!

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, outubro 12, 2009 6 comentários
Portanto hoje vou-me redimir:

Estes foram os meus dois gatinhos favoritos que conheci por lá, eram uns amores!




Fotos do parque, a vista de Sesimbra
O tal bikine aos corações

Lamento a 'exposição' não ser mais vasta mas a maioria das fotos foram tiradas com a FisheEye ou com a máquina aquática.

domingo, 11 de outubro de 2009

E não seres do contra hum?

Publicada por Sofia à(s) domingo, outubro 11, 2009 9 comentários
Tenho um amigo que gosto muito, mas que é tão do contra que chega a enervar!
Eu, há uns dois anos disse:
"Eish ando a sacar uma série que tens de ver, vais adorar, chama-se How I Met Your Mother" e é com uma das tuas futuras esposas, a Alyson Hannigan".
Mostro-lhe um ou dois episódis e ele diz, sem tirar nem pôr "Dude, it sucks"
Tudo bem, gostos não se discutem.
Há mais ou menos duas semanas diz-me
"Bem, conheci uma série! Tens de ver, é espectacular! Chama-se 'How I met you Mother'. Já saquei as temporadas todas, se quiseres eu empresto-te!"
Ao que eu com o meu ar espantado digo "Tu és doido? Eu 'apresentei-te' a série há uns dois anos e tu disses-te que não prestava!!"
Ele: "Eu? Impossível, se tivesse visto tinha adorado!"

Não sei se já referi que só me dou com gente doida!

sábado, 26 de setembro de 2009

Pode ser só aos 35?

Publicada por Sofia à(s) sábado, setembro 26, 2009 16 comentários
Á conversa com a minha sobrinha mais velha em relação á escola nova, ela diz:
"Ah, tenho um rapaz que gosta de mim, chama-se Luís."
(Eu a panicar por dentro) Calmamente pergunto:
"Fixe, e tu gostas dele?"
Patrícia- Ah ainda não sei, ele é um bocado convencido, mas é giro.

Ai que eu tenho tanto medo desta pré-adolescência. Uns cintos de castidade para venda ninguém me arranja?

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

E pumba!

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, setembro 21, 2009 11 comentários
Sábado. Dia de sol lindo. Eu, Bruno e Fred fomos á Expo passear o Bully.
Sofia corre com o Bully na relva. Sofia escorrega. Pé esquerdo fica para trás. Craaac.

Resultado: Entorce no tornozelo, uma semana de baixa. Muletas.

Digam todos comigo: merda!

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Back!

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, setembro 15, 2009 13 comentários
Voltei hoje mas por mim tinha ficado mais umas semanas. Mas um post sobre as férias só vem depois de eu descarregar as fotos da máquina.
Hoje quero agradecer á Anne (que é uma pessoa linda e uma mãe ainda mais linda) pelos miminhos que ela me deu enquanto estive de férias.
Vou começar pelo único que inclui perguntas, que é este:
Quem mais gostas de abraçar, no presente?
- Sobrinhos

Quem nunca abraçarias?
-Alguém mau (lol)

Quem davas tudo para poder abraçar?
- Ao Carlos

A quem davas o teu melhor abraço?
-Ao Carlos

Os outros selinhos vêm sem preguntas, e são:


A todos os blogues que sigo, que leio, que comento levem estes selos daqui :P

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Vou de férias !

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, setembro 09, 2009 12 comentários
Ah pois é, julgavam que eram só vocês?
Vou de férias dia 10, quinta feira e não levo computador. Férias são férias!
Portanto tentem não escrever muito para depois quando eu voltar não ter assim mil coisas para ler sim? Sejam meiguinhos.
Se virem uma miúda por Sesimbra de bikini aos corações brancos digam-me Olá e paguem-me um geladinho, já agora.
A Stroyteller está Obrigada por lei a ir ter comigo assim que lhe passe as doenças todas portanto vocês avisem-me quando ela publicar o post a dizer que melhorou sim?
Pronto, agora vou dormir. Que hoje foi dia de praia com as miúdas e noutra altura conto as preciosidades que elas disseram/fizeram.
Um beijinho grande, portem-se bem na minha ausência.
Rosa Negra, deita-te cedo sim? Com a saúde não se brinca!
Caranguejo quando chegar quero esse logo pronto :P

Saudadinhas vou ter muitas saudadinhas... hã? o quê? não fui eu que escrevi isso, foi uma mariquinhas qualquer...

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Taroca...

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, setembro 04, 2009 12 comentários
Eu e a Joana a falar das férias:
Joana- Olha, já que vamos a Sesimbra podíamos aproveitar e ir ao tal parque aquático.
(Nota: O parque aquático a que ela se refere fica no Algarve, chama-se Slide&Splash)
Eu- Hã? Não estou a perceber... Se estamos em Sesimbra o que é que vamos fazer ao Algarve?
Joana- Então, já que fica lá ao pé, tirávamos um dia e íamos lá.
Eu- Joana estás doida da cabeça?Desde quando é que Sesimbra é ao pé do Algarve??
Joana- Então para ir para Sesimbra não se atravessa a ponte?
Eu- Sim, é óbvio!
Joana- Então, eu sei que aí tem uma placa que se virares vais para o Algarve...

Oh pela minha rica saúde!

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Praia no Domingo

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, setembro 01, 2009 9 comentários
Eu, mãe, Patrícia (sobrinha de 11 anos) Íris (a de 3) Joana e o namorado dela.
Sofia tira as cuecas á Íris, põe-nas na cabeça enquanto, a fugir diz "tens o pipi ao léu, tens o pipi ao léu". Sim, ficou toda a gente a olhar, a pensar que eu tinha um desvio no cérebro. Ela desiste de andar atrás de mim e senta-se na areia, eu "Então? Assim toda a gente vê o teu pipi.", ela tapou-o com areia e eu dei-lhe as cuecas de volta.
Meia hora depois estou eu descontraída da vida e a Íris tenta tirar-me as minhas cuecas, não consegue mas destapou-me o rabo, disse " Tens o cú ao léu" Eu aprendi que não se deve fazer aos outros o que não se gosta que nos façam a nós.

Íris a brincar com a Patrícia: "Ficas aqui quietinha que eu vou buscar água tá bem? Não, melhor vai lá tu!"

Íris ao meu colo (que tem medo das ondas) diz, muito alto, repito MUITO alto: "Tens umas mamas fofinhas!"

A minha sobrinha Patrícia é, e sempre foi o oposto da Íris: em pequena era super sossegada, nunca deu trabalho nenhum, é super tímida. Ou seja,de tudo o que a prima fazia ela ficava num misto de emoções, não sabia se havia de ralhar, se havia de rir. Mas decidiu-se sempre pelo rir.

A minha irmã (mãe da Íris) telefona, desligou sem falar com ela. Obrigou-me a ligar para a mãe, alto choradeira, que a mãe não quis falar comigo. "Oh mãe, tu desligaste! Que falta de educação desculpa lá!"

E muitas mais tiradas do género. É super cansativa a miúda, chegamos ao final do dia só nos apetece dormir, mas esta fase descaradona dela é tão engraçada, que é impossível não rir.

sábado, 29 de agosto de 2009

Inglorious Basterds

Publicada por Sofia à(s) sábado, agosto 29, 2009 8 comentários


Ontem fui ver os Inglorious Bastards, ou Sacanas sem Lei como queiram, e eu como fã incurável do Quentin Tarantino, adorei o filme.
A banda sonora está fantástica, peculiar e cativante como já é comum com o realizador.
É um pouco longo (2h30) mas pelo menos nós (eu e o Bruno) achámos que nem se notou o tempo a passar.
Adorei o sotaque Texano de Brad Pitt e a suástica que ele fazia em todos os nazis que não matava, para toda a gente ver o que eles já foram.
Aconselho avidamente a quem é fã do estilo.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Ora vamos lá a ver se a gente se entende...

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, agosto 19, 2009 26 comentários
Uma mulher de cabelo curto, é moderna. Um homem de cabelo comprido é uma mulher.
É injusto? Nós depilamos o pipi a cera portanto caladinhos.

domingo, 16 de agosto de 2009

Untitled

Publicada por Sofia à(s) domingo, agosto 16, 2009 9 comentários
Posso perder horas só a olhá-lo. Sei de cor cada feição. Olho para ele e penso em como seria bom conseguirmos o 'para sempre'. Ou o 'até que a morte nos separe'.
Tu és o Amor. E tanta gente se esforça por definir o amor, com grandes poemas e palavras caras e afinal é tão simples.
O Amor és tu.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Ela é tolinha, e eu gosto.

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, agosto 11, 2009 14 comentários
Hoje telefonei á minha irmã e a minha sobrinha Íris (a de 3 anos)pôs-se logo aos berros "Qué falá ca tia".
Ela passa-lhe o telefone e a conversa foi mais ou menos isto (atenção, ler com sotaque de pirralha):
Íris- Tô?Tia?
Eu- Sim querida diz.
Íris- Nada, tô aqui.
Eu- Estás onde?
Íris- Não sei. Tô na rua. (Ela para a minha irmã - "Oh mãe onde é que eu tô?" Ao que a minha irmã responde, "Estás no Rossio)
Íris- A mãe diz que eu tô no cio.
Aqui eu desato a rir e ela diz para a minha irmã "Oh mãe a tia tá-se a ri-se!"
Eu lá me acalmo e pergunto:
-Então e o teu mano? (Aquele que nasceu em Maio lembram-se?)
Íris- Tá bom. Já fala.
Eu- Já fala?!?! Tás tolinha??
Íris- Não tô não! O mano já fala! Ai já já!
Eu- Íris, tás a mentir...
Íris- Adeus, até manã, beijinhos
Pensei mesmo que ela ia desligar, mas depois lá mudou o assunto:
Íris- Onde tás?
Eu- Estou a trabalhar.
Íris- Puquê? (Maldita fase dos porquês!)
Eu- Para comprar coisas bonitas a ti e ao mano...
Íris- Tu és mentioxa...

O melhor do mundo são mesmo, mesmo as crianças :)

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

E eu gostei TANTO

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, agosto 05, 2009 15 comentários
mas tanto, que fiz 4 horas de código seguidas.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, agosto 03, 2009 16 comentários
E amanhã começo as aulas de código.
Aproveitem agora que está tudo em saldos e comecem já a comprar capacetes e joelheiras.
Depois não digam que eu não sou amiga.

sábado, 1 de agosto de 2009

Publicada por Sofia à(s) sábado, agosto 01, 2009 3 comentários
"I can't play on broken strings. "

Concordo com isto na teórica porque na prática não páro de tentar tocar estas cordas partidas.

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Feel free to ask....

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, julho 31, 2009 11 comentários
Roubei da minha Storyteller um desafio que achei muito giro, consiste em vocês perguntarem o que quiserem.
Que eu Prometo que respondo com sinceridade!

Portanto, feel free to ask.. que isto não é todos os dias :P

sexta-feira, 24 de julho de 2009

O meu pai

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, julho 24, 2009 17 comentários
Nunca foi perfeito. E se tudo correr bem, nunca o há-de ser. Nunca foi ver as minhas peças de teatro, as minhas exibições e competições de ginástica. Nunca foi às reuniões de pais ou ver as minhas notas. Eu acho que às tantas ele nem sabia em que ano é que eu andava.
Mas sempre que eu estava triste, era o meu pai que me amparava. Eu nunca fui de dizer que estava em baixo, mas com ele, nem precisava.
Ele dizia para eu deitar a cabeça nas pernas dele e fazia-me festas no cabelo até eu adormecer.
O meu pai até eu sair de casa todas as noites me ia dar um beijinho à noite, e perguntava-me sempre se eu queria um copinho de água.
Antes de viajar, abraçava-me sempre com tanta força, tanta que quase me esmagava, e dizia-me "Amo-te muito minha pequenina". E depois chegava a casa, e tivesse ido à China, trazia-me sempre gomas, porque era a única coisa que eu realmente gostava. Vinha sempre com aquele cheiro dele, que é uma mistura de tabaco com o cheiro do frio. E o meu pai, que é um bruto para toda a gente, que é arrogante até dizer chega, em casa é um coração de manteiga que só visto.
O meu querido pai, sempre que faz anos, e alguém lhe diz para ele pedir um desejo, ele pede sempre saúde e felicidade para todas nós. E eu desde pequena que me lembro de me perguntar porque é que ele não pedia felicidade para ele. Agora sei, porque a ele só lhe interessa como nós estamos.
Sempre me disse que as mulheres se distinguiam pela dignidade que tinham. Que isso se notava até na maneira de falar delas. E para eu ser sempre digna de mim. Que nunca fizesse nada de que não me orgulhasse mais tarde.
Uma vez fomos passear à beira do rio Tejo,numa noite de verão porque estava demasiado calor para estar em casa, eu ia caindo, o meu pai desviou-me mas acabou por escorregar ele, e ficou todo arranhado e com vidros nas pernas. Chorei muito, e dizia que a culpa tinha sido minha, mas o meu pai tinha um ar muito aliviado e só dizia "Antes o pai que tu,querida".
Quando vim viver com o Bruno ele chorou muito. Ainda hoje, telefono-lhe e ele chora com saudades. E faz questão que eu tenha uma chave da casa deles, mesmo que nunca a use, porque posso sempre precisar.
Agora raramente o vejo. E se me perguntarem do que mais sinto saudades de viver em casa dos pais, era de adormecer no colinho dele quando o dia corria mal.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, julho 23, 2009 6 comentários
Voltou tudo!
Tens cá umas piadas ó blogger...

Que cagaço...
Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, julho 23, 2009 4 comentários
Acabei de perder a lista dos blogues que sigo.
Apetece-me mesmo dizer muitas asneiras.
Foda-se, merda!!!!

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Bully vai á praia

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, julho 22, 2009 15 comentários
Fomos á praia com ele pela primeira vez:



Sujou-se todo!
Adorou a água ! E nós adorámos vê-lo todo contente!

sábado, 18 de julho de 2009

Miminhos

Publicada por Sofia à(s) sábado, julho 18, 2009 11 comentários

A minha querida Anne ofereceu-me um miminho:

Antes de mais, muito obrigado :)
E gosto deste, porque só tenho que responder a duas perguntas (fantástico!):
1- Qual o doce favorito? Muffins de mirtillo e chocolate branco
2- Qual a música favorita? Não tenho só uma, portanto, entre outras, Dustin Kensrue "Blood&Wine"

E deixá-lo a 4 pessoas... Eu por norma, não faço preferências mas desde que aconteceu aquilo, faço questão de dizer a quem gosto o quanto gosto portanto:
Fada Por todo o apoio desde o dia em que te conheci, por todos os conselhos e preocupação que tens por mim! Adoro-te :)
Caranguejo Por tooooodas aquelas noite de boa conversa infinita e só porque tens sotaque eu já gosto de ti :)
Storyteller Pelas (recentes) conversas mas que eu já tanto aprecio, obrigado!
Bluguo(L)ico Pelas gargalhadas! Pela constante parvoeira que eu adoro!
Ninja Idem idem o que disse ao menino de cima, mas com mais respeito, porque também gosto muito da sua senhora!
Estreliña Por seres como és. Um bocadinho de todos os meninos de cima e descrevo-te a ti. E apesar de preferir que não tivessemos de passar por aquela dor, isso uniu-nos e adoro-te mais ainda!

Não, não sei contar, lamento imenso...

Se algum de vocês me chama lamechas leva uma cabeçada!


sexta-feira, 17 de julho de 2009

Eu sabia, eu não sou maluca!

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, julho 17, 2009 5 comentários
Quer dizer, sou só um bocadinho.
Lembram-se disto? Pois é, achei-o. Corrijo - acharam-no.
Antes de nós irmos acampar, ficámos a tomar conta do cão da tia do Bruno e andávamos com o carro dela para trás e para a frente.
Deixei o Motorola lá!!
E não é que aquela asquerosa só me disse a semana passada?? Este é um dos membros da família do Bruno com os quais eu não me dou bem, (a outra é a avó) mas isso eu conto-vos depois...
Agora que tenho um telemovél novo faço o quê ao Motorola?
Eu até tinha uma resposta bem ordinária á minha própria pergunta. Mas envolvia buracos escuros e muitos de vocês poderão estar a almoçar.

sábado, 11 de julho de 2009

Welcome Home sweetheart <3

Publicada por Sofia à(s) sábado, julho 11, 2009 15 comentários
Alguns de vós já sabem, mas fica aqui a informação oficial. O meu cão chegou dia 23 de Junho.
Chama-se Bully mas não faz jus ao nome que lhe demos, porque é uma doçura de cachorro e de arruaceiro definitivamente não tem nada.
E eu, que nunca tive um cão, sinto-me como uma mãe com o seu primeiro filho, preocupo-me com tudo e com mais alguma coisa. E na primeira consulta ao veterinário eu não pude ir, mas obriguei o Bruno a levar uma lista com umas 12 ou 13 perguntas para fazer ao doutor. (Pa-ra-nói-a)
A primeira coisa que faço de manhã, é dar-lhe um beijinho, porque estou sempre a pensar que ele passou a noite sozinho e deve estar cheio de saudades e a sentir-se abandonado.
Tenho imenso medo que ele não se sinta feliz ou que se sinta só.
Podem gozar, mas eu sou assim, tenho uma carapaça que me faz parecer rude e fria mas quando gosto, gosto.
E adoro este cãozinho,e ele é tão bem comportado que merece tudo.
E pronto, dito isto deixo-vos com umas fotos do dito cujo:
Gostam da tenda? eheheh
Ele gosta de dormir com a 'Jurema'
O "grandalhão"
É lindo :)

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Fica aqui prometido. Antes do ano acabar, eu e o Bruno vamos estar a morar em Lisboa.

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, julho 09, 2009 13 comentários
Estou farta de morar aqui. Este sítio é a parvoeira, e vocês experimentem crescer em pleno bairro alto, e depois vir morar para a terra da parolice.
É uma diferença do caraças, mesmo que Loures fique a 20 minutos de Lisboa.
A ver se a gente se entende, NÃO É LISBOA.
Em Loures as pessoas usam as leggings como se fossem calças. Exibem as leggings com um top e ali andam elas de cú practicamente do léu. Em Loures é tãaaaao fashion usar unhas de gel pintadas de amarelo ás bolinhas e rosa ás riscas. Pintá-las em chamas e com o padrão de tigressa.
Em Loures é super hiper mega fashion ir "sair á noite" (discotecas aqui é coisa que não existe, mas enfim, eles lá acham que aquilo é alguma coisa) com decotes que só não mostram o umbigo porque este está preenchido com um piercing brilhante em forma de serpente ou de dragão.
Os homens querem é ter um xunguissímo Seat Léon ou um Saxo Cup, com meias pretas nos faróis e néon.
Aqui as pessoas tatuam tribais, borboletas, sóis e golfinhos. É o festival da bimbice.


Portanto meus amigos, ou eu saio daqui ou eu dou em maluca.
Chiça, até dói.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, julho 08, 2009 5 comentários
O B. chama-se Bruno. Não que houvesse muitas hipóteses, se bem que podia ser Basílio.
A Ximini chama-se Joana. Jô para os amigos. Ximini ou Ximinas para mim. Joannez quando estou a mandar vir com ela.

E se me perguntarem porque revelei isto, eu digo-vos: era a única coisa que me ocorria para quebrar o gelo.

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, julho 02, 2009 9 comentários
Não levam a mal a escassez de postagens.
É que qualquer coisa a seguir ao post da Diana parece sempre uma estupidez.
O que é que se diz depois daquilo?

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Nem sei bem que dizer...

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, junho 24, 2009 11 comentários

Ontem foram os anos da minha sobrinha mais velha...Celebrou-se a vida. Celebrou-se mais um ano de uma bela menina.
E hoje sei que ontem foi também um dia sombrio. Perdeu-se uma outra bela menina.
A Diana partiu. E não sei bem o que dizer.
Eu não a conhecia pessoalmente. A bem dizer, eu só fui ao blog dela porque a Cris me contou toda a sua história e me disse para eu lhe deixar uma palavra amiga, se quisesse, se conseguisse.
A verdade é que assim que começo a ler o blog dela fico completamente espantada com a força que aquela rapariga tinha! A luta imensa dela contra aquele maldito cancro!
Apartir daí trocávamos email. Eu dava-lhe (mais) força e ela a mim ensinava-me o quão especial é a vida. Uma lição de coragem!
Fico muito triste...o que é estranho tendo em conta que nunca a vi... Mas... Não me consigo explicar, era como se toda aquela luta que a via ter fizesse com que já fossemos amigas...Não vos sei mesmo explicar...
E como disse a Cris.. perdemos uma pérola :(

Portanto não quero saber de brigas triviais. Não quero saber de coisas fúteis e sem importância.
Perdemos uma lutadora! E é tudo isso que interessa! :(
Que pelo menos agora, não precises de lutar mais... que tenhas descanso minha querida...
Um beijo enorme..!


*No cimo foi uma foto que lhe enviei...Repararam como os raios de sol ultrapassam as nuvens? Eu disse-lhe que ela era os raios, que ultrapassavam tudo para continuar a brilhar :(

Conversa com o B.

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, junho 24, 2009 11 comentários
Chego á conclusão que ele mal sabe o meu nome completo e surge a pergunta:
(Eu)-E quando é que eu nasci??
(B.)-Bem, o ano não sei de cor, mas sei a tua idade, posso fazer as contas...
-Não é preciso! Diz lá o dia e o mês...
- Foi em Dezembro...
-Sim e o dia?
-Foi num dia mau...Fez sol mas depois choveu...
- O dia....
-A tua mãe começou com dores...
-B. não me digas que não sabes o meu aniversário!!
-Claro que sei! É dia 3!
-Não, não é...
-Pois não, é dia 5!
-Não...
-É dia 11, ah que estúpido. É dia 11 não é?

A resposta correcta é dia 7. Dia 7 de Dezembro, e não, não choveu. A única coisa em que ele acertou é que a minha mãe teve realmente muitas dores (e eu tive de ser puxada a ventosas)
Agora, que raio de namorado é este?? Ainda por cima já celebrámos 'n' aniversários meus!
Estupidinho...Memória de minhoca.

domingo, 21 de junho de 2009

O Dia D

Publicada por Sofia à(s) domingo, junho 21, 2009 7 comentários
Já foi e correu tudo bem e um obrigado pela força e pela preocupação :)

Um beijinho grande

terça-feira, 16 de junho de 2009

Minha expressão favorita no últimos tempos:

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, junho 16, 2009 10 comentários
"Oh, dá-me cá um abalo ao pífaro.."

(Copiei da M. A recente mas tão apreciada M.)

Pirralha !

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, junho 16, 2009 7 comentários
Eu ao telefone com a minha mãe e a Ìris (a sobrinha de 3 anos)do outro lado "Qué fala com a Tia!!"
A minha mãe passa-lhe o telefone e ela:
"Tia, o B?"
"O B 'tá em casa querida"
"Oh, vô passar á avó.."
Descartou-me completamente! Continuo a falar com a minha mãe e ela insiste outra vez que quer falar comigo e eu toda contente já a pensar "Arrependeu-se, vai dizer que gosta muito de mim"
-Já tás com o B, tia?
-Não...
-Vô passar á avó então...

Ó Íris, obrigadinha!

P.s- ÓBVIO que agora o B. não se cala. "Eisssh a tua própria sobrinha prefere-me" GRRR

D Day

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, junho 16, 2009 11 comentários
6ª feira é o dia D.
Se eu não acordar da anestesia geral é porque pifei, puff, acabou-se a pilha.

Vá lá, contem-me testemunhos felizes, digam-me que toda a gente acorda e que não há nem um caso de mortes por causa da anestesia geral...
Mintam-me :)

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Acreditem, ás vezes tenho medo...

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, junho 15, 2009 10 comentários
Estou eu para entrar na casa de banho do Shopping, quando vejo que está em limpezas.
A senhora da limpeza estava á porta e eu perguntei se ia demorar muito a secar, porque se não fosse eu escusava de andar até á outra casa de banho (preguiça).
Ao que ela me responde:
- 'Tá tudo cheio de cócó!! Há cócó por todo o lado, nas sanitas, no chão!! E a outra teimosa, quis ir, não acreditou em mim, entupiu ainda mais, saiu cócó por todos os lados! Só tem água e cócó aquele chão!!

:O Passou-me logo a vontade de ir a casa-de-banho. Para a próxima não perguntas.

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Trabalhar? Alergias, e muitas!

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, junho 10, 2009 14 comentários
A mim irrita-me a história de "há tanta gente a querer trabalhar e não consegue" é verdade sim, senhor..em alguns casos! Porque também acontece o "queríamos tanto alguém para trabalhar e não conseguimos".
Ontem estive a marcar entrevistas e deparei-me com tanta gente doida.

Telefonema número um:
-Tô?
- Estou sim, boa tarde, daqui Sofia Blá Blá da empresa Blá, era para falar com Diogo Miguel Something.
- Sim sim, pode-me tratar por Daniel. (what?? Claro, eu sou a Sofia, mas os meus amigos chamam-me Joana!!)

Telefonema número dois:
-Tô?
Eu digo a frase do costume e ela diz:
-Susana? És tu??
-Não, daqui fala Sofia Blá Blá
- Oh Susana!!
-Já lhe disse que daqui não fala nenhuma Susana
-Ai desculpa, mas é que a sua voz.. pipipipi
Desligou-me o telefone na cara!

Entre outros. Sem falar com as pessoas do centro de emprego que me aparecem com o maior ar de frete e dizem "Carimbe-me aí" GRRR

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Tenho cá uma sorte...

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, junho 05, 2009 6 comentários
Eu não tenho um fim-de-semana há imenso tempo. E quando lerem isto carreguem no imenso!
Este fim-de-semana, eu não vou trabalhar, até porque é o baptizado da minha sobrinha mais velha no domingo.
E logo agora tinha de chover?
Vou vestida como expliquem-me lá? Um vestidinho lindo e galochas??
Oh S.Pedro, vá lá, facilita!

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Welcome Home

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, junho 04, 2009 6 comentários
Lembram-se disto?
Pois é, adivinhem quem é que chega a casa para a semana? :D
Claro que estou feliz, e é mais uma estreia na minha vida. É o meu primeiro cão. Nunca tive nenhum. As cadelas que temos em casa, são dos tios do B. porque são grandes e eles vivem num apartamento. Sempre tive gatos, porque a minha mãe não me deixava ter cães. Mas estou ansiosa, nervosa, expectante.
Já lhe comprei tudo, já lhe escolhi um nome, só falta ele.
Tenho medo que o gato não goste dele, medo que o cãozinho não goste de mim.
Conselhos ninguém tem? Ou um comprimidinhos para a ansiedade não?

segunda-feira, 25 de maio de 2009

A minha Ximini

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, maio 25, 2009 12 comentários
A Ximini é a minha melhor amiga. Evidente que ela tem um nome de pessoa normal, mas que para aqui não interessa nada.
É a minha melhor amiga por mais infantil ou piroso que isso possa soar.
Mas espero que ela saiba, que mesmo sem o dizer, ou até mesmo sem o mostrar, saiba á partida, como um dado adquirido que a amo muito.
Amo-a sem vergonha de o dizer. Não a amo como uma irmã nem dessas maneiras todas que se diz por aí sem sentir. Amo-a como melhor amiga.Amo-a sempre. Quando está chata. Quando estás lamechas. Amei todos os seus defeitos. Até mesmo os que foi perdendo.
E Estou feliz por ela. Orgulhosa mesmo. Por tudo o que conseguiu e em tudo o que se tornou.

Desejo-lhe o melhor do mundo. E no que puder, ajudo-te a consegui-lo.

domingo, 17 de maio de 2009

Na boa...

Publicada por Sofia à(s) domingo, maio 17, 2009 18 comentários
Eu gosto dos amigos do B. A sério que gosto. Mas há o "á vontade" e o "á vontadinha".
E um deles fez anos e disse:
"Olha para os meus anos vou fazer um jantar"
B.- "Porreiro. Onde?
O amigo- "Em tua casa"

EXCUSE ME?.. E o que é que o B. diz? "É na boa..."
E eu chocada: "Eu no dia a seguir tenho de me levantar cedíssimo para ir trabalhar! Olha que raio ele que faça na casa dele!"
O B. todo muito ofendido porque eu estava a ser intolerante e eram os anos dele, e eu sabia bem que ele não vivia sozinho!
E eu com isso!! Fez 29 anos! Não tem casa própria vá jantar fora olha o raio! Não se cola á casa dos outros!!!

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Seja bem vindo o 5º!

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, maio 13, 2009 10 comentários
O meu 5º sobrinho nasceu dia 7. :)
Eu fui vê-lo hoje (não sou desnaturada, estive a trabalhar!!!) e ele é lindo!!
Tão pequenino, tão cutchi cutchi.
A minha 4º sobrinha (irmã dele) está cheia de ciúmes. E agora todos os bebés que vê ela diz "Tia, óia o mano".
Estavamos a ver tv e apareceu um leão com os filhotes e ela diz "Mãe óia o mano".
Mas agora o facto de ela ter um mano mais novo é uma desculpa para dizer "O mano é que é bebé, eu sou crescida". Espertalhona.
E quando ela quer fazer qualquer coisa que ainda não pode eu argumento "Amor ainda és muito pequenina para fazer isso" e ela "Pequenino é o mano. Eu sou gandi, gandi como tu".
Ou seja, a noção dela de grande é ter 1,60.
Detesto uma coisa quando nasce um bebé: toda a gente se põe a dizer com quem ele é parecido.
Atenção, a criança tem tipo 5 dias, tem três pintelhos como sobrancelhas e mal tem pestanas. Ele ainda não é parecido com ninguém, deixem o rapaz dormir!
Outra coisa que eu detesto é tirar-lhes a fralda e gabar-lhe os tomates!! Damn! O miúdo vai demorar no mínimo uns 15 anos a usar os tomates, não o chateiem já com 5 dias de vida! "Olha vez? Tão graaaandes!"
E o comentário (infeliz) da minha irmã:
- "Sai ao pai!"
Boa. Agora sempre que olhar para o meu cunhado vou imaginar os tomates gigantescos que ele há-de ter. E inevitavelmente olhar-lhe para a berguilha. GRRR

Isto tudo para dizer: Bem vindo ao mundo L. Começas bem, és lindo e não resmungas, tudo o que se quer num homem!

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, maio 11, 2009 7 comentários
Motorola continua desaparecido.
Pedi uma segunda via do meu cartão e ando com o meu telemóvel antigo.
Só comigo.

terça-feira, 5 de maio de 2009

Motorola psst psst psst pssst

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, maio 05, 2009 9 comentários
Fui acampar desde 5ª feira até domingo. Sou a distracção em formato de gente e pensei " Bem, é melhor nem sequer levar o telemóvel porque já estou a ver que no meio da confusão ainda o perco".
Quando chego a casa onde está o telemóvel? Pois é, em lado nenhum. O pior é que o deixei desligado portanto não posso telefonar e tentar seguir o som.
Se tem asas? Se veio cá um ladrão que tem uma panca única e exclusiva por Motorolas?
Se o meu gato, raivoso de ter ido sem ele o comeu? Se as cadelas o confundiram com o guaxini?
Não sei. Mas quero o meu telemóvel de volta. Alguém se oferece para virar a minha casa do avesso e encontrá-lo? Prometo um aperto de mão. Se forem rápidos na busca, um abraçinho!

Vá lá, é que uma pessoa habitua-se!

sábado, 25 de abril de 2009

Handyman Cap. II

Publicada por Sofia à(s) sábado, abril 25, 2009 16 comentários

Errrr pois.
É que ele arranjou mesmo os estores e eu fiquei com um cabeção daqueles...
Sim sim, és o rei do universo and beyond.

Handyman Cap. I

Publicada por Sofia à(s) sábado, abril 25, 2009 5 comentários
Pior do que um "homem dos 7 ofícios" é um homem que TEM A MANIA que é dos 7 ofícios.
O B. está a tentar arranjar os estores da cozinha, reforço: tentar!
Sim porque a mim cheira-me que ele não percebe nada daquilo.
Aguardamos cena dos próximos episódios....

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, abril 23, 2009 13 comentários
No domingo de páscoa, fui a casa dos meus pais e estava lá a minha sobrinha de três anos.
Fomos passear até ao chiado e o B. levou a menina ao colo enquanto subíamos uma rua íngreme.
A meio dessa rua o meu pai diz:
-Então puto não 'tás cansado? Se fosse eu já estava estafado!
Ao que o B. diz:
-Mas eu sou um homem!

sábado, 18 de abril de 2009

Publicada por Sofia à(s) sábado, abril 18, 2009 22 comentários
Tenho saudades de ter um melhor amigo. Um só. Aquele que é especial. Aquele a quem eu ligo para falar do B. Para falar da crise ou da chuva. Do que for.

Em suma, tenho saudades tuas.
Queria mostrar-te o B. e que me dissesses "He's a keeper".

Dizias que eu ficava feia a chorar. Portanto não devias ter ido para onde quer que tenhas ido porque nunca chorei tanto na vida.
Eu quero ser uma menina bonita, portanto aparece, como te apetecer. Numa brisa, num arrepio, preciso de te sentir perto.
Ok?
Pronto, até já então.

Adoro-te.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

A mascote :)

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, abril 13, 2009 26 comentários
Já que estamos na onda das fotos vou mostrar o meu gatinho :)


O rei :)



O B. diz que a coleira do gato é gay...!!! Não é pois não??

domingo, 12 de abril de 2009

Fotos :)

Publicada por Sofia à(s) domingo, abril 12, 2009 20 comentários

A paisagem é arrebatadora!




Tanta neve e tanto frio!! Brrrr


Enterrei-me até aos joelhos! Eheh


Pus-me logo a mexer, claro :D


E fiz um amiguinho novo! Só queria era mimos o cachorro :)


O pôr do sol :)


E pronto, resumidamente foi isso, o B. sofreu vários ataques (eu também mas shhh, não digam a ninguém) e a minha amiga J. espalhou-se em frente a um senhor!AHAH Foi lindo!
A J. foi armada em Lisboeta e levou roupa de ir "p'rá festa" ou seja, rapou um frio do caneco. Eu pareço um boneco de neve com tanta roupa, mas pelo menos estive sempre quente e seca (exceptuando as minhas bochechas que até ficaram coradas do frio, um bronze á maneira :P)
Adorei tudo, e claro, que como era de esperar eu andava a pular pela neve e a rir como se fosse maluquinha!
Espero que o vosso fim-de-semana tenha sido bom!
Um beijo

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Juni

Todos temos saudades tuas. O Bully gane para a porta,e raspa com a patinha, não deve perceber porque é que ainda não voltaste para casa.
Os teus amigos gatinhos vêm miar aqui para a porta, deve ser para te chamar para brincar ou então para chorar por ti, visto que dois deles estavam a cheirar o teu corpo ontem á noite.
Eu continuo sem conseguir falar/pensar em ti sem chorar. Isto com o tempo vai lá, não é o que se costuma dizer?
Beijinho

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

O meu gatinho

O meu gatinho morreu ontem atropelado. Chamo-lhe gatinho mas já tinha quase 8 anos.
E estou tão triste que nem consigo explicar.
Só me apetece chorar o dia inteiro e estou sempre á espera que não seja verdade, que afinal não era ele, sei lá.
Ainda nem consegui tirar de lá a caixa de areia, e as taças de comida e água.
Vou ter tantas saudades. Estou a escrever isto e estou a deitar lágrima atrás de lágrima. Eu sei que muita gente pode achar que é demais, que é só um animal, mas como todos vocês sabem para mim não é só isso. Muito menos o Juni. Que já passou tanto comigo e até já mudou de casa comigo.
Era o gato mais inteligente e o mais meiguinho do mundo, e sinto-me grata por ter podido viver com ele todos estes anos, tenho a agradecer-lhe muitos momentos bons.
E não consigo escrever mais, que já nem vejo o ecrã, de tanto chorar. Deixo-vos com fotos dele.
O meu gatinho. Que para mim será sempre um bebé.
Um beijinho meu querido, espero que sejas feliz no céu dos gatinhos e que saibas o quanto eu te amava.


domingo, 27 de dezembro de 2009

Classificados

Oferece-se:
Tosse, expectoração,dores de garganta e febre. Sem qualquer tipo de sorteio ou concurso.



Quase quase que ficava o ano de 2009 todo sem ficar doente. Mas ei-la a minha primeira constipação do ano.

sábado, 19 de dezembro de 2009

Do Sismo

No escritório, cada um no seu computador.
Eu sinto tudo a tremer, imenso barulho e digo-lhe:
-Amor isto é um terramoto!
-Oh Sofia não sejas parva é o vento!

(???)

domingo, 13 de dezembro de 2009

Do google analytics...

O meu blog não aparece nas pesquisas, por várias razões. Mas durante uns tempos deixei-o aparecer para ver como é que as pessoas viriam cá parar.

Algumas das melhores:
- "nesse rabo" - Neste rabo não se passa grande coisa e no teu?
- "ao fim de quantas aulas de codigo começo a condução" - 8. Mas se perguntasses na escola de condução eles diziam-te.
- "bumbum rijo como fazer?" - exercício filha. Sobe e desce escadas. Há quem diga que o sexo anal ajuda, mas olha que é mito. De qualquer maneira podes tentar. Se resultar vem aqui contar-me
- "caiu e ficou-me a doer o pescoço" - o que é que caiu? A cabeça?
- "casa de praia no bully" - Onde é o bully??
- "bruno fehr + storyteller" - garanto-te que nesses dois não há nada. Ela é minha amiga e acho que nem lhe conhece o blog.
- "como conversar com um amigo no msn que falar" - Podes começar por dizer Olá. Que bronco.
- "cortei as unhas do gato mas deitou sangue isso é bom ou mau" - Deixa-me contar-te um segredo. Mas não digas a ninguém. Quando deita sangue é mau. É sempre mau.
- "cães com perdigee" - o que é perdigee?? Pedigree pa!!!
- "depilar os testiculos" - Muiiiiito devagarinho. E se deitar sangue já sabes, é mau sinal.
- "ele disse-me" - Ah disse? olha que bom!
- "gatos a deitar sange da pata"- sádicos porra. Deixa lá as patas do gato em paz!
- "medo de casas de banho" e "medo de ir à casa de banho" - se for medo de ir a uma casa-de-banho pública eu ainda percebo, agora medo de ir á casa-de-banho no geral é capaz de te trazer problemas
- "minha expressão" - se é a tua expressão para que é que a pesquisas no google??
- "peabutbutter.blogspot.com" - haja alguém que saiba onde vem parar LOL
- "piada ouvir conversa de dois doidos conversando" - Nem sei o que dizer sobre isto.
- "sofia a desastrada,resumo" - Lê o livro todo, não sejas preguiçoso!
- "translation mas vou ter saudades" - but i will miss you!
- "é verdade que criança não mente?" - É mentira pa! Claro que algumas mentem e algumas dizem a verdade. Como os adultos. São crianças não são santos!

E o resultado foi que não perco nada em não ter o blog a aparecer nas pesquisas do google.

sábado, 12 de dezembro de 2009

Dos meus anos...

Houve tanto de bom como de mau. Eu explico: este ano decidi (ao contrário dos anos anteriores) fazer uma festinha mais restrita, e decidi também fazê-la só para raparigas. Girls party uh-uh.
Nada disto seria problema se as minha amigas não falhassem como as notas de 500 (pelo menos a mim falham-me essas notas).
Restringi portanto a lista a 12 pessoas. Só 8 me deram a confirmação que iam ao jantar, fiz a reserva e até aqui tudo bem.
No meu dia de anos envio mensagem para toda a gente a confirmar a hora e o local de encontro.
Sem sequer me darem os parabéns dizem-me que não podem vir porque: "tal e coiso, morreu-me o cagalhão", "ai que hoje estou mal disposta", epa hoje era aquele dia que tinha o exame à próstata", "esqueci-me de te avisar que me caiu um testículo e estou no hospital" etc.
Ora sabem quantas pessoas foram? UMA. The one and only: Joana. É verdade, a única que não me deixou agarrada.
Desmarcámos a reserva no restaurante, fomos a um italiano, o namorado dela foi lá ter e o meu também e a partir daí foi só rir!
Diverti-me imenso mesmo com os meus saltos novos, que me MATARAM os pés.
Fomos para o Plateau, que para quem não conhece é só música dos 70's e dos 80's. Muito bom.
A mãe da Joana estava lá e temos o vídeo dela a curtir a noite. Só visto! (Desculpa Jô vou-me rir disto enquanto me lembrar!)

A modos que foi isto, um Obrigado a quem se lembrou.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Nala*

A castanhinha aqui da frente é a Nala, a branca lá atrás é a Lucky


Apesar de nunca teres escrito exclusivamente sobre elas, já lhes fiz algumas referências aqui e aqui.
A Nala é a mais velha, depois veio a Lucky e tornaram-se inseparáveis, assumindo a Nala sempre a posição de chefe. De dominante. Tem um porte esguio e um andar elegante. Nunca ladra,mas quando o faz chega a ser assustadora.
A Lucky é o oposto. Gorducha e com um andar desleixado ladra imenso mas um ladrar muito de 'cadela'.
O que têm em comum é que são ambas uns amores, meigas e obedientes. Deitam-se logo de barriga para o ar, à primeira festa que se lhes dá.

Hoje a Nala faleceu. Andava há uns dias doente, afastada, escondida e hoje morreu. E não tenho nada para dizer sobre isto a não ser que é profundamente injusto e triste.
E como disse a tia do Bruno "Os animais conquistam-nos o coração. A mim mais do que as pessoas." E eu sou muito assim, e quem me conhece sabe disso.
Por isso agora o meu coração está um bocadinho despedaçado.


Nala

sábado, 21 de novembro de 2009

Minha Linda Joana

Eu gosto muito de ti, mas da próxima vez que tiver de jantar com o raio da tua amiga vai haver luta de lama.
Tu viste, eu controlei-me, ignorei as bocas baixas dela, quando ela discutiu comigo eu cessei por ali a conversa e tudo e tudo e tudo. Mas isso foi hoje. Mais um dia assim e o nariz dela vai ser apresentado á minha esquerda.

Isto foi só um aparte, desculpem lá.

E a pergunta mais burra do mundo "Então e a Sofia não pode mudar de dia de anos?" Claro que sim, ó camela, este ano, só porque tu queres, faço anos a dia 10. Mas é só por ser p'ra ti ok? Preço de amiga.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Messenger

Estava a falar com a minha sobrinha (a de 11 anos) e eu pergunto outra vez, se ela tem namorado (gosto de andar em cima do acontecimento), ao que ela diz:
- Não, eles andam todos com gripe A.
E eu:
- Ahahah é por isso que não tens namorado? Porque eles têm gripe A?
-Claro, não quero ficar doente. E eles também são parvos.
-Pois lá isso são.
- Tia os rapazes são parvos até que idade?
- Bem, ele são especialmente parvos até ao 9º ano. Depois disso eles continuam parvos, só que menos acho eu. Ou então somos nós que deixamos de reparar tanto nessa parvoíce.
- Que chatice.

I Love you 'till the end


Nunca deu certo com os outros. Nem podia dar, senão hoje não estávamos aqui. Já ambos tínhamos sofrido a nossa quota parte de desgostos e desilusões, e apesar de nos conhecermos há anos, foi num timming perfeito que fomos comer aquele gelado.
Ambos íamos sem segundas intenções, e ainda hoje não sei explicar o que aconteceu, para de repente querer ser mais do que tua amiga. Ainda hoje não consigo explicar a felicidade quase infantil, que senti na tua mensagem quando dizias que "quase que tinhas saudades minhas". Acho que foi, e tu sabe-lo bem, o facto de te teres feito de difícil que me fez querer-te ainda mais. Pela primeira vez tinha ali alguém por quem tinha de lutar, com quem não era garantido.
Hoje agradeço-te por isso. Pela luta. Se não tivesses sido assim, provavelmente terias sido só mais um capítulo do livro: 'Sofia, a solteira que desistiu dos homens'.
Contigo deixei cair todos os muros á minha volta, que demorei tanto tempo a construir.
E depois, quando pela primeira vez, vi a minha escova de dentes perto da tua pensei, 'Ok, este era para mim o passo mais difícil, o primeiro. Agora é desfrutar'
Mentira. O mais complicado foi depois. Aprender a viver a dois. Saber que ias estar sempre ali, mesmo naqueles dias em que apetecia estar sozinha. Mas isso também foi o melhor. Saber que ias estar sempre ali.
Nestes anos juntos já passámos por tanta coisa, e da maneira mais sincera possível digo-te, mesmo que seja um cliché, que não imagino mesmo a minha vida sem ti.
Não és o namorado perfeito,até porque isso não existe. És insuportável quando queres. E hiperactivo, o que me tira do sério por vezes (ok, muitas vezes) quando tocas uma bateria imaginária ou quando abanas a perna como se fosses desmontável.
Mas a maior parte das vezes és ideal para mim. Romântico q.b. (muito não, que eu enjoo), incrivelmente divertido, giro (e sem acreditar que o és, o que ainda é melhor) e tão inteligente que até assusta. E tens imensa paciência para os meus desastres, e fazes sempre aquela cara neutra enquanto dizes calmamente "Sofia, o que é que tu fizeste?"
Hoje em dia não trocava a nossa vida a dois nem por todo o dinheiro do mundo. Nada me deixa mais feliz do que ver-te todos os dias quando acordo e antes de dormir. E não há maneira melhor de adormecer do que no teu colinho.
E para não dizeres que eu não sou meiguinha, digo-te aqui e digo-te onde e quando tu quiseres:
I Love 'till the end.

sábado, 14 de novembro de 2009

Eu amo o meu cão.


Amo mesmo. Como se ama uma pessoa.
Toda a minha vida achei que era uma pessoa de gatos, talvez por nunca ter tido cães e sempre gatos. Agora sei: sou definitivamente uma pessoa de cães.
E sou a fã número Um do meu. Percebi que ia adorá-lo no primeiro dia, quando ele tremia da viagem e eu lhe peguei e ele parou de tremer.
Adoro como ele se senta (ou deita depende do sono) sempre em cima dos nosso pés para que quando sairmos dali ele saiba.
Ele é realmente um dono-dependente, e tem de estar sempre a ver-nos. Por isso mudou de poltrona habitual, porque a onde ele costumava dormir não dava para nos ver no escritório.
Quando acorda, vem sempre ter connosco e põe as patinhas em cima de nós, a pedir mimos, e fica assim a suspirar, cheio de sono enquanto os recebe.
A relação dele com o Juni é um a típica entre 'irmãos': amor/ódio. Há dias que ladram/miam um para o outro o dia inteiro, e um finge que morde, o outro arranha mesmo e no entanto há aqueles dias em que dormem um ao pé do outro, em que o gato se roça a ele, e o cão com uma lambidela lhe lava a cabeça. E depois há os ciúmes. São muitos e grandes. O Bully não pode ver o gato a receber mimos meus. Vem logo com o seu jeito bruto expulsá-lo literalmente de cima de mim.
Depois temos a faceta destruidora que eu achava que ele não ia ter porque nos tempos de cachorro era tão sossegado. Parece que afinal a ele deu-lhe mais tarde. É agora com quase um ano que destrói tudo. Que o digam os meus óculos de ver (que até as lentes comeu!), os fios da Tv Cabo e os do telefone , a nossa colecção de revistas, que agora está reduzida a cinco, os sacos do Continente, o movél do escritório e a ex-casa dele.
Mas ele não é burro nenhum. Sabe bem a porcaria que faz, tanto sabe que quando a faz e nós chegamos a casa, ele baixa as suas orelhas de morcego e cola a barriga ao chão como um soldado disfarçado. E faz aquele olhar de pena como quem pede perdão.
Quando estamos a comer a mesma história, faz aquela carinha que quem não o conhecer pensa que ele passa fome. Ah, e está comprovado, ele gosta de manteiga de amendoim tanto quanto eu.
Adoro como todos nós pensamos que ele é super maricas e de cão de guarda não tem nada mas depois surpreende-nos quando nos defende de outros cães e ladra ferozmente quando eu vou passeá-lo sozinha e alguém de aspecto duvidoso se aproxima.
Adoro como ele é tosco, e aqui aquela história de os cães serem parecidos com os donos, só pode ser verdade. É vê-lo deitado no sofá, virar-se e cair no chão. É vê-lo saltar-nos para o colo e bater com a cabeça na mesa. É vê-lo a correr pela casa e não se deviar das mesas. "É como tu diz-me o Bruno" Mas eu não percebo porquê. De desastrada não tenho nada não é verdade?
É um regalo para o coração quando adormeco no sofá e acordo com a boca dele mesmo colada á minha como quem dá um beijinho. E se acordei é porque ele estava a ressonar a alto e bom som, de certeza.
Em suma: Eu Amo o meu cão. Amo mesmo. Como se ama uma pessoa.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

P.s

Fez ontem 4 anos.
Não fui lá. Se foi o certo ou não, não sei. Acho que no que toca a estes assuntos não há certo nem errado.
Não consigo dormir. Mas isso já era de esperar.

Coisas que eu quero para os anos #2

Quero uns sapatos pretos, salto alto. De preferência peep toe.

E um casaco assim como o da foto:

domingo, 1 de novembro de 2009

Coisas que eu quero para os anos

O meu eterno perfume:
Hugo Boss for Woman

O livro que procuro há seculos:
'Correspondência Amorosa' de Rainer Maria Rilke e Lou Andreas Salomé

E claro, o meu vício:

X-Box 360 Elite

domingo, 25 de outubro de 2009

Íris, do alto dos seus 4 recentes anos

- 'Tamus entendidas? (Imaginem-na a implorar por rebuçados, nós dizemos que não e ela diz "Sim, puque quem manda sou eu! 'Tamus entendidas? - de certeza que aprendeu com a minha irmã)
- Okeeeeeeeeey (Um ok muito arrastado, quando nós a mandamos fazer qualquer coisa)
- Baby nem penses (deve ter ouvido nos Morangos com Açúcar)
- Tia vou-te ler o Noddy tá bem? (e começa a saga das histórias do Noddy com as bolinhas saltitonas, com o arco íris mágico, a a gaita-de-foles, etc)
- Oh puto, não chores! ( quando o mano está a choramingar)
- 'Tá na hora de ir pa cama não acham? (Literalmente a expulsar-nos de casa)
- Manda beijinhos ao tio Muno.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Friends

O Quintino goza comigo (já nem me lembro sobre o quê) e eu digo uma piada sobre ele (mas daquelas mais más) ao que ele diz:
- Tu és tramada, não se pode gozar contigo que tu arranjas logo maneira de gozar também! E és sempre pior, caramba! Porque é que fazes isso?
- Mecanismos de defesa. Ou era isso ou dar-te uma pêra.

domingo, 18 de outubro de 2009

Socorro, estou a ficar gaja...

No Dolce Vita:
Bruno- Olha a Tatiana! (Sorriso) (Sorriso largo de mais para o meu gosto)
Eu- Temos mesmo de lhe ir lá falar?
Bruno- Não sejas parva!
Eu- Estavas sempre a falar mal dela, afinal 'tás aí cheio de sorrisos!
Tatiana lá do fundo: Bruno! Oláaaaaa (Para mim um Olá demasiado satisfeito)
Eu- Pronto, badalhoquinha da merda...
Estamos a chegar perto dela, eu faço o meu ar de enjoo e digo:
-Espero por ti na New Yorker, quando acabares de socializar sim?
À Tatiana lancei-lhe um rosnar em pensamento e acenei só com a cabeça. Mas de trombas, claro.
Assim que entrei na New Yorker pensei "Merda, estou a ficar ciumenta!"

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Sofia, a desastrada II

Hoje fui ao Sam Pedro perto de minha casa comprar azeitonas e caí no corredor dos iogurtes.
Escorreguei num bago de uva e tentei(atenção: tentei) agarrar-me aos iogurtes para não cair. Mandei sem exagero umas 20 embalagens ao chão, caí de pernas abertas (e eu estava de vestido) e ficou-me a doer o pé que ainda nem sequer recuperou a 200% da última queda.

Sou a pior do mundo eu sei.

Bully vai á praia II plus Sofia, a desastrosa

Ficam as fotos:
Destino: Ericeira


A primeira coisa que ele faz quando chegamos á praia? Encher os olhos de areia, pois claro



Em seguida sujar o corpo todo, como não podia deixar de ser!



Um pôr-de-sol lindíssimo!


E ainda fomos molhar os pézinhos!

A água estava morna, uma delícia, só dava vontade de dar um mergulhinho, mas o vento já se fazia sentir, e não me está muito a apetecer uma constipação.
Estava um casal de noivos+fotografo a tirarem fotos na praia. Devem ter ficado lindas!

Depois de jantar fomos ao Alegro e eu parti uma caneca do Starbucks, daquelas que estão para vender. Que custam 8 euros estão a ver? Perguntem-me lá "Como é que tu fizeste isso ?" Pois, também não sei, num momento a caneca estava na prateleira, noutro momento estava no chão e fazer cortes.
Essa é outra! A caneca podia só cair, mas não! Caiu, e um dos pedaços cortou a perna do Fred, outro pedaço cortou o meu dedo. E ainda teve o efeito secundário de pôr toda a gente a olhar para mim. A senhora foi um amor e disse que eu não precisava de a pagar, porque são coisas que acontecem. Eu reservo-lhe um cantinho no céu sim?
Nada disto me incomodaria se fosse raro acontecer-me, mas isso já é história para outro dia. Um dia em que eu perca a vergonha e vos conte os meus desastres/trapalhices.

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Com tanta coisa não pus as fotos das férias!

Portanto hoje vou-me redimir:

Estes foram os meus dois gatinhos favoritos que conheci por lá, eram uns amores!




Fotos do parque, a vista de Sesimbra
O tal bikine aos corações

Lamento a 'exposição' não ser mais vasta mas a maioria das fotos foram tiradas com a FisheEye ou com a máquina aquática.

domingo, 11 de outubro de 2009

E não seres do contra hum?

Tenho um amigo que gosto muito, mas que é tão do contra que chega a enervar!
Eu, há uns dois anos disse:
"Eish ando a sacar uma série que tens de ver, vais adorar, chama-se How I Met Your Mother" e é com uma das tuas futuras esposas, a Alyson Hannigan".
Mostro-lhe um ou dois episódis e ele diz, sem tirar nem pôr "Dude, it sucks"
Tudo bem, gostos não se discutem.
Há mais ou menos duas semanas diz-me
"Bem, conheci uma série! Tens de ver, é espectacular! Chama-se 'How I met you Mother'. Já saquei as temporadas todas, se quiseres eu empresto-te!"
Ao que eu com o meu ar espantado digo "Tu és doido? Eu 'apresentei-te' a série há uns dois anos e tu disses-te que não prestava!!"
Ele: "Eu? Impossível, se tivesse visto tinha adorado!"

Não sei se já referi que só me dou com gente doida!

sábado, 26 de setembro de 2009

Pode ser só aos 35?

Á conversa com a minha sobrinha mais velha em relação á escola nova, ela diz:
"Ah, tenho um rapaz que gosta de mim, chama-se Luís."
(Eu a panicar por dentro) Calmamente pergunto:
"Fixe, e tu gostas dele?"
Patrícia- Ah ainda não sei, ele é um bocado convencido, mas é giro.

Ai que eu tenho tanto medo desta pré-adolescência. Uns cintos de castidade para venda ninguém me arranja?

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

E pumba!

Sábado. Dia de sol lindo. Eu, Bruno e Fred fomos á Expo passear o Bully.
Sofia corre com o Bully na relva. Sofia escorrega. Pé esquerdo fica para trás. Craaac.

Resultado: Entorce no tornozelo, uma semana de baixa. Muletas.

Digam todos comigo: merda!

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Back!

Voltei hoje mas por mim tinha ficado mais umas semanas. Mas um post sobre as férias só vem depois de eu descarregar as fotos da máquina.
Hoje quero agradecer á Anne (que é uma pessoa linda e uma mãe ainda mais linda) pelos miminhos que ela me deu enquanto estive de férias.
Vou começar pelo único que inclui perguntas, que é este:
Quem mais gostas de abraçar, no presente?
- Sobrinhos

Quem nunca abraçarias?
-Alguém mau (lol)

Quem davas tudo para poder abraçar?
- Ao Carlos

A quem davas o teu melhor abraço?
-Ao Carlos

Os outros selinhos vêm sem preguntas, e são:


A todos os blogues que sigo, que leio, que comento levem estes selos daqui :P

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Vou de férias !

Ah pois é, julgavam que eram só vocês?
Vou de férias dia 10, quinta feira e não levo computador. Férias são férias!
Portanto tentem não escrever muito para depois quando eu voltar não ter assim mil coisas para ler sim? Sejam meiguinhos.
Se virem uma miúda por Sesimbra de bikini aos corações brancos digam-me Olá e paguem-me um geladinho, já agora.
A Stroyteller está Obrigada por lei a ir ter comigo assim que lhe passe as doenças todas portanto vocês avisem-me quando ela publicar o post a dizer que melhorou sim?
Pronto, agora vou dormir. Que hoje foi dia de praia com as miúdas e noutra altura conto as preciosidades que elas disseram/fizeram.
Um beijinho grande, portem-se bem na minha ausência.
Rosa Negra, deita-te cedo sim? Com a saúde não se brinca!
Caranguejo quando chegar quero esse logo pronto :P

Saudadinhas vou ter muitas saudadinhas... hã? o quê? não fui eu que escrevi isso, foi uma mariquinhas qualquer...

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Taroca...

Eu e a Joana a falar das férias:
Joana- Olha, já que vamos a Sesimbra podíamos aproveitar e ir ao tal parque aquático.
(Nota: O parque aquático a que ela se refere fica no Algarve, chama-se Slide&Splash)
Eu- Hã? Não estou a perceber... Se estamos em Sesimbra o que é que vamos fazer ao Algarve?
Joana- Então, já que fica lá ao pé, tirávamos um dia e íamos lá.
Eu- Joana estás doida da cabeça?Desde quando é que Sesimbra é ao pé do Algarve??
Joana- Então para ir para Sesimbra não se atravessa a ponte?
Eu- Sim, é óbvio!
Joana- Então, eu sei que aí tem uma placa que se virares vais para o Algarve...

Oh pela minha rica saúde!

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Praia no Domingo

Eu, mãe, Patrícia (sobrinha de 11 anos) Íris (a de 3) Joana e o namorado dela.
Sofia tira as cuecas á Íris, põe-nas na cabeça enquanto, a fugir diz "tens o pipi ao léu, tens o pipi ao léu". Sim, ficou toda a gente a olhar, a pensar que eu tinha um desvio no cérebro. Ela desiste de andar atrás de mim e senta-se na areia, eu "Então? Assim toda a gente vê o teu pipi.", ela tapou-o com areia e eu dei-lhe as cuecas de volta.
Meia hora depois estou eu descontraída da vida e a Íris tenta tirar-me as minhas cuecas, não consegue mas destapou-me o rabo, disse " Tens o cú ao léu" Eu aprendi que não se deve fazer aos outros o que não se gosta que nos façam a nós.

Íris a brincar com a Patrícia: "Ficas aqui quietinha que eu vou buscar água tá bem? Não, melhor vai lá tu!"

Íris ao meu colo (que tem medo das ondas) diz, muito alto, repito MUITO alto: "Tens umas mamas fofinhas!"

A minha sobrinha Patrícia é, e sempre foi o oposto da Íris: em pequena era super sossegada, nunca deu trabalho nenhum, é super tímida. Ou seja,de tudo o que a prima fazia ela ficava num misto de emoções, não sabia se havia de ralhar, se havia de rir. Mas decidiu-se sempre pelo rir.

A minha irmã (mãe da Íris) telefona, desligou sem falar com ela. Obrigou-me a ligar para a mãe, alto choradeira, que a mãe não quis falar comigo. "Oh mãe, tu desligaste! Que falta de educação desculpa lá!"

E muitas mais tiradas do género. É super cansativa a miúda, chegamos ao final do dia só nos apetece dormir, mas esta fase descaradona dela é tão engraçada, que é impossível não rir.

sábado, 29 de agosto de 2009

Inglorious Basterds



Ontem fui ver os Inglorious Bastards, ou Sacanas sem Lei como queiram, e eu como fã incurável do Quentin Tarantino, adorei o filme.
A banda sonora está fantástica, peculiar e cativante como já é comum com o realizador.
É um pouco longo (2h30) mas pelo menos nós (eu e o Bruno) achámos que nem se notou o tempo a passar.
Adorei o sotaque Texano de Brad Pitt e a suástica que ele fazia em todos os nazis que não matava, para toda a gente ver o que eles já foram.
Aconselho avidamente a quem é fã do estilo.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Ora vamos lá a ver se a gente se entende...

Uma mulher de cabelo curto, é moderna. Um homem de cabelo comprido é uma mulher.
É injusto? Nós depilamos o pipi a cera portanto caladinhos.

domingo, 16 de agosto de 2009

Untitled

Posso perder horas só a olhá-lo. Sei de cor cada feição. Olho para ele e penso em como seria bom conseguirmos o 'para sempre'. Ou o 'até que a morte nos separe'.
Tu és o Amor. E tanta gente se esforça por definir o amor, com grandes poemas e palavras caras e afinal é tão simples.
O Amor és tu.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Ela é tolinha, e eu gosto.

Hoje telefonei á minha irmã e a minha sobrinha Íris (a de 3 anos)pôs-se logo aos berros "Qué falá ca tia".
Ela passa-lhe o telefone e a conversa foi mais ou menos isto (atenção, ler com sotaque de pirralha):
Íris- Tô?Tia?
Eu- Sim querida diz.
Íris- Nada, tô aqui.
Eu- Estás onde?
Íris- Não sei. Tô na rua. (Ela para a minha irmã - "Oh mãe onde é que eu tô?" Ao que a minha irmã responde, "Estás no Rossio)
Íris- A mãe diz que eu tô no cio.
Aqui eu desato a rir e ela diz para a minha irmã "Oh mãe a tia tá-se a ri-se!"
Eu lá me acalmo e pergunto:
-Então e o teu mano? (Aquele que nasceu em Maio lembram-se?)
Íris- Tá bom. Já fala.
Eu- Já fala?!?! Tás tolinha??
Íris- Não tô não! O mano já fala! Ai já já!
Eu- Íris, tás a mentir...
Íris- Adeus, até manã, beijinhos
Pensei mesmo que ela ia desligar, mas depois lá mudou o assunto:
Íris- Onde tás?
Eu- Estou a trabalhar.
Íris- Puquê? (Maldita fase dos porquês!)
Eu- Para comprar coisas bonitas a ti e ao mano...
Íris- Tu és mentioxa...

O melhor do mundo são mesmo, mesmo as crianças :)

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

E eu gostei TANTO

mas tanto, que fiz 4 horas de código seguidas.

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

E amanhã começo as aulas de código.
Aproveitem agora que está tudo em saldos e comecem já a comprar capacetes e joelheiras.
Depois não digam que eu não sou amiga.

sábado, 1 de agosto de 2009

"I can't play on broken strings. "

Concordo com isto na teórica porque na prática não páro de tentar tocar estas cordas partidas.

sexta-feira, 31 de julho de 2009

Feel free to ask....

Roubei da minha Storyteller um desafio que achei muito giro, consiste em vocês perguntarem o que quiserem.
Que eu Prometo que respondo com sinceridade!

Portanto, feel free to ask.. que isto não é todos os dias :P

sexta-feira, 24 de julho de 2009

O meu pai

Nunca foi perfeito. E se tudo correr bem, nunca o há-de ser. Nunca foi ver as minhas peças de teatro, as minhas exibições e competições de ginástica. Nunca foi às reuniões de pais ou ver as minhas notas. Eu acho que às tantas ele nem sabia em que ano é que eu andava.
Mas sempre que eu estava triste, era o meu pai que me amparava. Eu nunca fui de dizer que estava em baixo, mas com ele, nem precisava.
Ele dizia para eu deitar a cabeça nas pernas dele e fazia-me festas no cabelo até eu adormecer.
O meu pai até eu sair de casa todas as noites me ia dar um beijinho à noite, e perguntava-me sempre se eu queria um copinho de água.
Antes de viajar, abraçava-me sempre com tanta força, tanta que quase me esmagava, e dizia-me "Amo-te muito minha pequenina". E depois chegava a casa, e tivesse ido à China, trazia-me sempre gomas, porque era a única coisa que eu realmente gostava. Vinha sempre com aquele cheiro dele, que é uma mistura de tabaco com o cheiro do frio. E o meu pai, que é um bruto para toda a gente, que é arrogante até dizer chega, em casa é um coração de manteiga que só visto.
O meu querido pai, sempre que faz anos, e alguém lhe diz para ele pedir um desejo, ele pede sempre saúde e felicidade para todas nós. E eu desde pequena que me lembro de me perguntar porque é que ele não pedia felicidade para ele. Agora sei, porque a ele só lhe interessa como nós estamos.
Sempre me disse que as mulheres se distinguiam pela dignidade que tinham. Que isso se notava até na maneira de falar delas. E para eu ser sempre digna de mim. Que nunca fizesse nada de que não me orgulhasse mais tarde.
Uma vez fomos passear à beira do rio Tejo,numa noite de verão porque estava demasiado calor para estar em casa, eu ia caindo, o meu pai desviou-me mas acabou por escorregar ele, e ficou todo arranhado e com vidros nas pernas. Chorei muito, e dizia que a culpa tinha sido minha, mas o meu pai tinha um ar muito aliviado e só dizia "Antes o pai que tu,querida".
Quando vim viver com o Bruno ele chorou muito. Ainda hoje, telefono-lhe e ele chora com saudades. E faz questão que eu tenha uma chave da casa deles, mesmo que nunca a use, porque posso sempre precisar.
Agora raramente o vejo. E se me perguntarem do que mais sinto saudades de viver em casa dos pais, era de adormecer no colinho dele quando o dia corria mal.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Voltou tudo!
Tens cá umas piadas ó blogger...

Que cagaço...
Acabei de perder a lista dos blogues que sigo.
Apetece-me mesmo dizer muitas asneiras.
Foda-se, merda!!!!

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Bully vai á praia

Fomos á praia com ele pela primeira vez:



Sujou-se todo!
Adorou a água ! E nós adorámos vê-lo todo contente!

sábado, 18 de julho de 2009

Miminhos

A minha querida Anne ofereceu-me um miminho:

Antes de mais, muito obrigado :)
E gosto deste, porque só tenho que responder a duas perguntas (fantástico!):
1- Qual o doce favorito? Muffins de mirtillo e chocolate branco
2- Qual a música favorita? Não tenho só uma, portanto, entre outras, Dustin Kensrue "Blood&Wine"

E deixá-lo a 4 pessoas... Eu por norma, não faço preferências mas desde que aconteceu aquilo, faço questão de dizer a quem gosto o quanto gosto portanto:
Fada Por todo o apoio desde o dia em que te conheci, por todos os conselhos e preocupação que tens por mim! Adoro-te :)
Caranguejo Por tooooodas aquelas noite de boa conversa infinita e só porque tens sotaque eu já gosto de ti :)
Storyteller Pelas (recentes) conversas mas que eu já tanto aprecio, obrigado!
Bluguo(L)ico Pelas gargalhadas! Pela constante parvoeira que eu adoro!
Ninja Idem idem o que disse ao menino de cima, mas com mais respeito, porque também gosto muito da sua senhora!
Estreliña Por seres como és. Um bocadinho de todos os meninos de cima e descrevo-te a ti. E apesar de preferir que não tivessemos de passar por aquela dor, isso uniu-nos e adoro-te mais ainda!

Não, não sei contar, lamento imenso...

Se algum de vocês me chama lamechas leva uma cabeçada!


sexta-feira, 17 de julho de 2009

Eu sabia, eu não sou maluca!

Quer dizer, sou só um bocadinho.
Lembram-se disto? Pois é, achei-o. Corrijo - acharam-no.
Antes de nós irmos acampar, ficámos a tomar conta do cão da tia do Bruno e andávamos com o carro dela para trás e para a frente.
Deixei o Motorola lá!!
E não é que aquela asquerosa só me disse a semana passada?? Este é um dos membros da família do Bruno com os quais eu não me dou bem, (a outra é a avó) mas isso eu conto-vos depois...
Agora que tenho um telemovél novo faço o quê ao Motorola?
Eu até tinha uma resposta bem ordinária á minha própria pergunta. Mas envolvia buracos escuros e muitos de vocês poderão estar a almoçar.

sábado, 11 de julho de 2009

Welcome Home sweetheart <3

Alguns de vós já sabem, mas fica aqui a informação oficial. O meu cão chegou dia 23 de Junho.
Chama-se Bully mas não faz jus ao nome que lhe demos, porque é uma doçura de cachorro e de arruaceiro definitivamente não tem nada.
E eu, que nunca tive um cão, sinto-me como uma mãe com o seu primeiro filho, preocupo-me com tudo e com mais alguma coisa. E na primeira consulta ao veterinário eu não pude ir, mas obriguei o Bruno a levar uma lista com umas 12 ou 13 perguntas para fazer ao doutor. (Pa-ra-nói-a)
A primeira coisa que faço de manhã, é dar-lhe um beijinho, porque estou sempre a pensar que ele passou a noite sozinho e deve estar cheio de saudades e a sentir-se abandonado.
Tenho imenso medo que ele não se sinta feliz ou que se sinta só.
Podem gozar, mas eu sou assim, tenho uma carapaça que me faz parecer rude e fria mas quando gosto, gosto.
E adoro este cãozinho,e ele é tão bem comportado que merece tudo.
E pronto, dito isto deixo-vos com umas fotos do dito cujo:
Gostam da tenda? eheheh
Ele gosta de dormir com a 'Jurema'
O "grandalhão"
É lindo :)

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Fica aqui prometido. Antes do ano acabar, eu e o Bruno vamos estar a morar em Lisboa.

Estou farta de morar aqui. Este sítio é a parvoeira, e vocês experimentem crescer em pleno bairro alto, e depois vir morar para a terra da parolice.
É uma diferença do caraças, mesmo que Loures fique a 20 minutos de Lisboa.
A ver se a gente se entende, NÃO É LISBOA.
Em Loures as pessoas usam as leggings como se fossem calças. Exibem as leggings com um top e ali andam elas de cú practicamente do léu. Em Loures é tãaaaao fashion usar unhas de gel pintadas de amarelo ás bolinhas e rosa ás riscas. Pintá-las em chamas e com o padrão de tigressa.
Em Loures é super hiper mega fashion ir "sair á noite" (discotecas aqui é coisa que não existe, mas enfim, eles lá acham que aquilo é alguma coisa) com decotes que só não mostram o umbigo porque este está preenchido com um piercing brilhante em forma de serpente ou de dragão.
Os homens querem é ter um xunguissímo Seat Léon ou um Saxo Cup, com meias pretas nos faróis e néon.
Aqui as pessoas tatuam tribais, borboletas, sóis e golfinhos. É o festival da bimbice.


Portanto meus amigos, ou eu saio daqui ou eu dou em maluca.
Chiça, até dói.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

O B. chama-se Bruno. Não que houvesse muitas hipóteses, se bem que podia ser Basílio.
A Ximini chama-se Joana. Jô para os amigos. Ximini ou Ximinas para mim. Joannez quando estou a mandar vir com ela.

E se me perguntarem porque revelei isto, eu digo-vos: era a única coisa que me ocorria para quebrar o gelo.

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Não levam a mal a escassez de postagens.
É que qualquer coisa a seguir ao post da Diana parece sempre uma estupidez.
O que é que se diz depois daquilo?

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Nem sei bem que dizer...


Ontem foram os anos da minha sobrinha mais velha...Celebrou-se a vida. Celebrou-se mais um ano de uma bela menina.
E hoje sei que ontem foi também um dia sombrio. Perdeu-se uma outra bela menina.
A Diana partiu. E não sei bem o que dizer.
Eu não a conhecia pessoalmente. A bem dizer, eu só fui ao blog dela porque a Cris me contou toda a sua história e me disse para eu lhe deixar uma palavra amiga, se quisesse, se conseguisse.
A verdade é que assim que começo a ler o blog dela fico completamente espantada com a força que aquela rapariga tinha! A luta imensa dela contra aquele maldito cancro!
Apartir daí trocávamos email. Eu dava-lhe (mais) força e ela a mim ensinava-me o quão especial é a vida. Uma lição de coragem!
Fico muito triste...o que é estranho tendo em conta que nunca a vi... Mas... Não me consigo explicar, era como se toda aquela luta que a via ter fizesse com que já fossemos amigas...Não vos sei mesmo explicar...
E como disse a Cris.. perdemos uma pérola :(

Portanto não quero saber de brigas triviais. Não quero saber de coisas fúteis e sem importância.
Perdemos uma lutadora! E é tudo isso que interessa! :(
Que pelo menos agora, não precises de lutar mais... que tenhas descanso minha querida...
Um beijo enorme..!


*No cimo foi uma foto que lhe enviei...Repararam como os raios de sol ultrapassam as nuvens? Eu disse-lhe que ela era os raios, que ultrapassavam tudo para continuar a brilhar :(

Conversa com o B.

Chego á conclusão que ele mal sabe o meu nome completo e surge a pergunta:
(Eu)-E quando é que eu nasci??
(B.)-Bem, o ano não sei de cor, mas sei a tua idade, posso fazer as contas...
-Não é preciso! Diz lá o dia e o mês...
- Foi em Dezembro...
-Sim e o dia?
-Foi num dia mau...Fez sol mas depois choveu...
- O dia....
-A tua mãe começou com dores...
-B. não me digas que não sabes o meu aniversário!!
-Claro que sei! É dia 3!
-Não, não é...
-Pois não, é dia 5!
-Não...
-É dia 11, ah que estúpido. É dia 11 não é?

A resposta correcta é dia 7. Dia 7 de Dezembro, e não, não choveu. A única coisa em que ele acertou é que a minha mãe teve realmente muitas dores (e eu tive de ser puxada a ventosas)
Agora, que raio de namorado é este?? Ainda por cima já celebrámos 'n' aniversários meus!
Estupidinho...Memória de minhoca.

domingo, 21 de junho de 2009

O Dia D

Já foi e correu tudo bem e um obrigado pela força e pela preocupação :)

Um beijinho grande

terça-feira, 16 de junho de 2009

Minha expressão favorita no últimos tempos:

"Oh, dá-me cá um abalo ao pífaro.."

(Copiei da M. A recente mas tão apreciada M.)

Pirralha !

Eu ao telefone com a minha mãe e a Ìris (a sobrinha de 3 anos)do outro lado "Qué fala com a Tia!!"
A minha mãe passa-lhe o telefone e ela:
"Tia, o B?"
"O B 'tá em casa querida"
"Oh, vô passar á avó.."
Descartou-me completamente! Continuo a falar com a minha mãe e ela insiste outra vez que quer falar comigo e eu toda contente já a pensar "Arrependeu-se, vai dizer que gosta muito de mim"
-Já tás com o B, tia?
-Não...
-Vô passar á avó então...

Ó Íris, obrigadinha!

P.s- ÓBVIO que agora o B. não se cala. "Eisssh a tua própria sobrinha prefere-me" GRRR

D Day

6ª feira é o dia D.
Se eu não acordar da anestesia geral é porque pifei, puff, acabou-se a pilha.

Vá lá, contem-me testemunhos felizes, digam-me que toda a gente acorda e que não há nem um caso de mortes por causa da anestesia geral...
Mintam-me :)

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Acreditem, ás vezes tenho medo...

Estou eu para entrar na casa de banho do Shopping, quando vejo que está em limpezas.
A senhora da limpeza estava á porta e eu perguntei se ia demorar muito a secar, porque se não fosse eu escusava de andar até á outra casa de banho (preguiça).
Ao que ela me responde:
- 'Tá tudo cheio de cócó!! Há cócó por todo o lado, nas sanitas, no chão!! E a outra teimosa, quis ir, não acreditou em mim, entupiu ainda mais, saiu cócó por todos os lados! Só tem água e cócó aquele chão!!

:O Passou-me logo a vontade de ir a casa-de-banho. Para a próxima não perguntas.

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Trabalhar? Alergias, e muitas!

A mim irrita-me a história de "há tanta gente a querer trabalhar e não consegue" é verdade sim, senhor..em alguns casos! Porque também acontece o "queríamos tanto alguém para trabalhar e não conseguimos".
Ontem estive a marcar entrevistas e deparei-me com tanta gente doida.

Telefonema número um:
-Tô?
- Estou sim, boa tarde, daqui Sofia Blá Blá da empresa Blá, era para falar com Diogo Miguel Something.
- Sim sim, pode-me tratar por Daniel. (what?? Claro, eu sou a Sofia, mas os meus amigos chamam-me Joana!!)

Telefonema número dois:
-Tô?
Eu digo a frase do costume e ela diz:
-Susana? És tu??
-Não, daqui fala Sofia Blá Blá
- Oh Susana!!
-Já lhe disse que daqui não fala nenhuma Susana
-Ai desculpa, mas é que a sua voz.. pipipipi
Desligou-me o telefone na cara!

Entre outros. Sem falar com as pessoas do centro de emprego que me aparecem com o maior ar de frete e dizem "Carimbe-me aí" GRRR

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Tenho cá uma sorte...

Eu não tenho um fim-de-semana há imenso tempo. E quando lerem isto carreguem no imenso!
Este fim-de-semana, eu não vou trabalhar, até porque é o baptizado da minha sobrinha mais velha no domingo.
E logo agora tinha de chover?
Vou vestida como expliquem-me lá? Um vestidinho lindo e galochas??
Oh S.Pedro, vá lá, facilita!

quinta-feira, 4 de junho de 2009

Welcome Home

Lembram-se disto?
Pois é, adivinhem quem é que chega a casa para a semana? :D
Claro que estou feliz, e é mais uma estreia na minha vida. É o meu primeiro cão. Nunca tive nenhum. As cadelas que temos em casa, são dos tios do B. porque são grandes e eles vivem num apartamento. Sempre tive gatos, porque a minha mãe não me deixava ter cães. Mas estou ansiosa, nervosa, expectante.
Já lhe comprei tudo, já lhe escolhi um nome, só falta ele.
Tenho medo que o gato não goste dele, medo que o cãozinho não goste de mim.
Conselhos ninguém tem? Ou um comprimidinhos para a ansiedade não?

segunda-feira, 25 de maio de 2009

A minha Ximini

A Ximini é a minha melhor amiga. Evidente que ela tem um nome de pessoa normal, mas que para aqui não interessa nada.
É a minha melhor amiga por mais infantil ou piroso que isso possa soar.
Mas espero que ela saiba, que mesmo sem o dizer, ou até mesmo sem o mostrar, saiba á partida, como um dado adquirido que a amo muito.
Amo-a sem vergonha de o dizer. Não a amo como uma irmã nem dessas maneiras todas que se diz por aí sem sentir. Amo-a como melhor amiga.Amo-a sempre. Quando está chata. Quando estás lamechas. Amei todos os seus defeitos. Até mesmo os que foi perdendo.
E Estou feliz por ela. Orgulhosa mesmo. Por tudo o que conseguiu e em tudo o que se tornou.

Desejo-lhe o melhor do mundo. E no que puder, ajudo-te a consegui-lo.

domingo, 17 de maio de 2009

Na boa...

Eu gosto dos amigos do B. A sério que gosto. Mas há o "á vontade" e o "á vontadinha".
E um deles fez anos e disse:
"Olha para os meus anos vou fazer um jantar"
B.- "Porreiro. Onde?
O amigo- "Em tua casa"

EXCUSE ME?.. E o que é que o B. diz? "É na boa..."
E eu chocada: "Eu no dia a seguir tenho de me levantar cedíssimo para ir trabalhar! Olha que raio ele que faça na casa dele!"
O B. todo muito ofendido porque eu estava a ser intolerante e eram os anos dele, e eu sabia bem que ele não vivia sozinho!
E eu com isso!! Fez 29 anos! Não tem casa própria vá jantar fora olha o raio! Não se cola á casa dos outros!!!

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Seja bem vindo o 5º!

O meu 5º sobrinho nasceu dia 7. :)
Eu fui vê-lo hoje (não sou desnaturada, estive a trabalhar!!!) e ele é lindo!!
Tão pequenino, tão cutchi cutchi.
A minha 4º sobrinha (irmã dele) está cheia de ciúmes. E agora todos os bebés que vê ela diz "Tia, óia o mano".
Estavamos a ver tv e apareceu um leão com os filhotes e ela diz "Mãe óia o mano".
Mas agora o facto de ela ter um mano mais novo é uma desculpa para dizer "O mano é que é bebé, eu sou crescida". Espertalhona.
E quando ela quer fazer qualquer coisa que ainda não pode eu argumento "Amor ainda és muito pequenina para fazer isso" e ela "Pequenino é o mano. Eu sou gandi, gandi como tu".
Ou seja, a noção dela de grande é ter 1,60.
Detesto uma coisa quando nasce um bebé: toda a gente se põe a dizer com quem ele é parecido.
Atenção, a criança tem tipo 5 dias, tem três pintelhos como sobrancelhas e mal tem pestanas. Ele ainda não é parecido com ninguém, deixem o rapaz dormir!
Outra coisa que eu detesto é tirar-lhes a fralda e gabar-lhe os tomates!! Damn! O miúdo vai demorar no mínimo uns 15 anos a usar os tomates, não o chateiem já com 5 dias de vida! "Olha vez? Tão graaaandes!"
E o comentário (infeliz) da minha irmã:
- "Sai ao pai!"
Boa. Agora sempre que olhar para o meu cunhado vou imaginar os tomates gigantescos que ele há-de ter. E inevitavelmente olhar-lhe para a berguilha. GRRR

Isto tudo para dizer: Bem vindo ao mundo L. Começas bem, és lindo e não resmungas, tudo o que se quer num homem!

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Motorola continua desaparecido.
Pedi uma segunda via do meu cartão e ando com o meu telemóvel antigo.
Só comigo.

terça-feira, 5 de maio de 2009

Motorola psst psst psst pssst

Fui acampar desde 5ª feira até domingo. Sou a distracção em formato de gente e pensei " Bem, é melhor nem sequer levar o telemóvel porque já estou a ver que no meio da confusão ainda o perco".
Quando chego a casa onde está o telemóvel? Pois é, em lado nenhum. O pior é que o deixei desligado portanto não posso telefonar e tentar seguir o som.
Se tem asas? Se veio cá um ladrão que tem uma panca única e exclusiva por Motorolas?
Se o meu gato, raivoso de ter ido sem ele o comeu? Se as cadelas o confundiram com o guaxini?
Não sei. Mas quero o meu telemóvel de volta. Alguém se oferece para virar a minha casa do avesso e encontrá-lo? Prometo um aperto de mão. Se forem rápidos na busca, um abraçinho!

Vá lá, é que uma pessoa habitua-se!

sábado, 25 de abril de 2009

Handyman Cap. II


Errrr pois.
É que ele arranjou mesmo os estores e eu fiquei com um cabeção daqueles...
Sim sim, és o rei do universo and beyond.

Handyman Cap. I

Pior do que um "homem dos 7 ofícios" é um homem que TEM A MANIA que é dos 7 ofícios.
O B. está a tentar arranjar os estores da cozinha, reforço: tentar!
Sim porque a mim cheira-me que ele não percebe nada daquilo.
Aguardamos cena dos próximos episódios....

quinta-feira, 23 de abril de 2009

No domingo de páscoa, fui a casa dos meus pais e estava lá a minha sobrinha de três anos.
Fomos passear até ao chiado e o B. levou a menina ao colo enquanto subíamos uma rua íngreme.
A meio dessa rua o meu pai diz:
-Então puto não 'tás cansado? Se fosse eu já estava estafado!
Ao que o B. diz:
-Mas eu sou um homem!

sábado, 18 de abril de 2009

Tenho saudades de ter um melhor amigo. Um só. Aquele que é especial. Aquele a quem eu ligo para falar do B. Para falar da crise ou da chuva. Do que for.

Em suma, tenho saudades tuas.
Queria mostrar-te o B. e que me dissesses "He's a keeper".

Dizias que eu ficava feia a chorar. Portanto não devias ter ido para onde quer que tenhas ido porque nunca chorei tanto na vida.
Eu quero ser uma menina bonita, portanto aparece, como te apetecer. Numa brisa, num arrepio, preciso de te sentir perto.
Ok?
Pronto, até já então.

Adoro-te.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

A mascote :)

Já que estamos na onda das fotos vou mostrar o meu gatinho :)


O rei :)



O B. diz que a coleira do gato é gay...!!! Não é pois não??

domingo, 12 de abril de 2009

Fotos :)


A paisagem é arrebatadora!




Tanta neve e tanto frio!! Brrrr


Enterrei-me até aos joelhos! Eheh


Pus-me logo a mexer, claro :D


E fiz um amiguinho novo! Só queria era mimos o cachorro :)


O pôr do sol :)


E pronto, resumidamente foi isso, o B. sofreu vários ataques (eu também mas shhh, não digam a ninguém) e a minha amiga J. espalhou-se em frente a um senhor!AHAH Foi lindo!
A J. foi armada em Lisboeta e levou roupa de ir "p'rá festa" ou seja, rapou um frio do caneco. Eu pareço um boneco de neve com tanta roupa, mas pelo menos estive sempre quente e seca (exceptuando as minhas bochechas que até ficaram coradas do frio, um bronze á maneira :P)
Adorei tudo, e claro, que como era de esperar eu andava a pular pela neve e a rir como se fosse maluquinha!
Espero que o vosso fim-de-semana tenha sido bom!
Um beijo
 

Light Cupcakes Copyright 2009 Sweet Cupcake Designed by Ipiet Templates Image by Tadpole's Notez