quinta-feira, 11 de agosto de 2011

760 501 015

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, agosto 11, 2011 1 comentários
Com tanta sms que enviamos durante o dia, tanta chamada, para combinar ir beber umas cervejas, perguntar se está tudo bem, até só para dizer que está um calor do caraças, de certeza que não custa um telefonema para alimentar um animal. São literalmente, 2 segundos.
E se servir de icentivo, eu agradeço do fundo do coração.

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

*1

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, agosto 10, 2011 0 comentários

Evitar os grandes planos, as expectativas, as pressões. Apreciar as pequeninas coisas. O rol enorme de pequenas coisas boas que trazes à minha vida, que acabam por fazer de ti uma grande parte dela.

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Finally, paradise!

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, agosto 08, 2011 1 comentários
Finalmente nesta 6ª feira já estarei de férias, apesar de serem só 3 noites já vai ser óptimo para descansar... principalmente porque descobrimos o sítio perfeito! Sol, lagoa, namorar, descansar, avizinha-se um bom final de semana para mim :)

Quando voltar trago fotos!

sexta-feira, 1 de abril de 2011

A durona do escritório

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, abril 01, 2011 1 comentários
Toda a gente a intitula de fria, que é uma antipática, que é um bicho de sete cabeças, uma bruxa feia e sabe-se lá mais o quê. A mim nunca me fez nada, estou aqui temporariamente e na secretária ao lado da dela. Ligou ao marido para falar com a filha ao telefone (que também se chama Sofia): - Olá meu amor, estás boa Sofia? É a mamã. Como é que estás hoje? (A menina deve ter perguntado quando é que ela voltava) - Está quase meu amor, brinca com o papá que a mamã vai só trabalhar mais um bocadinho. (Julgo que perguntou se gostava dela) - Gosto de ti sim, muito muito. És a minha filhota linda. Adeus meu amor, manda beijinho à mamã manda. Depois disto ficou com um sorriso durante uns vinte minutos.

segunda-feira, 14 de março de 2011

Living our love song...

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, março 14, 2011 0 comentários


People said it would never work out
Living our dreams has shattered all doubts
It feels good to prove 'em wrong
Living our love song

***

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Espanha procura homem que torturou até à morte cachorro de dois meses

Publicada por Sofia à(s) domingo, fevereiro 27, 2011 0 comentários
É assustador que possa existir tamanha crueldade neste mundo e mais assustador ainda é haver quem se vanglorie disso.
Com isto não vos peço que vejam o vídeo, eu própria tentei e só consegui os primeiro segundos e desatei a chorar, peço é POR FAVOR que assinem a petição, nela pede-se que o vídeo seja exibido na televisão para que alguém, algures consiga identificar o criminoso.
Por isso por favor, são apenas cinco minutos, em que colocam o vosso nome e país e talvez faça toda a diferença.
A notícia completa está aqui com o link para o vídeo, se alguém conseguir...

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

E para combinar com o dia de hoje

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, fevereiro 14, 2011 1 comentários
Os vencedores de 5 Grammy:



quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, janeiro 20, 2011 3 comentários
Depois de um dia difícil, decidi ir jantar a casa dos meus pais. Assim que vejo a minha mãe fica para a olhar para mim, 'O que foi?'
-Nada, estás linda.


Caramba mãe, obrigada. Mal tu sabias o quanto precisava de ouvir isso hoje.

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, dezembro 31, 2010 2 comentários

Adorei.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

My dogs rock.

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, novembro 09, 2010 0 comentários





segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, novembro 08, 2010 0 comentários

"Experience: that most brutal of teachers. But you learn.. oh my God do you learn..."

C.S Lewis

115º Aniversário da Descoberta do RX

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, novembro 08, 2010 0 comentários
E que falta que nos faria!

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Por favor meninas

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, novembro 03, 2010 3 comentários
As leggings não substituem as calças. Tapem-me esses cús.

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, novembro 02, 2010 2 comentários





No domingo foi à chuva ao Pingo Doce antes de eu acordar e levou-me o pequeno almoço à cama.

E acho que nem preciso de dizer mais nada...

terça-feira, 12 de outubro de 2010

O melhor dele

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, outubro 12, 2010 0 comentários

Sábado foi a festa de anos da Íris. Fez 5 anos, ou fez 'todos' como ela diz.
Como não tive tempo para lhe comprar prenda, depois de jantar , fomos (eu, Bruno e a minha mãe) ao Dolce Vita Tejo para lhe comprarmos uma prenda.
O Bruno assim que lá chegámos disse que ia à casa de banho, dava umas voltas e quando estivéssemos prontas ia ter connosco. Pensei que não lhe apetecia era andar às compras com as 'gajas'.
Lá comprámos a prenda e quando já estamos no carro para ir embora, vou à bagageira do carro buscar a minha mala e vejo um embrulho da Polly (que para quem não sabe, é uma loja de brinquedos).
- Bruno, o que é isto?
- Vá, dá à menina para ela abrir...
Passo o embrulho para as mãos da Íris, e ela rasga-o em 5 segundos, ficando nas mãos com um conjunto de 'chá' da Hello Kitty (a ídolo nº1 dela, claro). Ficou com a boca muito aberta, toda contente de ter recebido uma prenda surpresa e ainda por cima da Kitty!
Escusado será dizer que foi a olhar para aquilo, a segurá-la com as duas mãos a viagem toda até casa.

Eu adorei a atitude do meu homem, tão pequena e tão grande ao mesmo tempo. Ele limitou-se a dizer 'Tinha de comprar uma prenda para a minha sobrinha'.

É por estas e por outras que não me canso de dizer: Adoro-te do fundo do coração amor.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, outubro 06, 2010 3 comentários

Eu vou ficar assim para o mês que vem...

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Há aqueles dias...

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, setembro 02, 2010 4 comentários
Ou noites no meu caso, em que estamos tão tristes que até dói fisicamente. E parece que é de propósito, é exactamente nesse dia que ninguém está acordado, tenho zero contactos on no msn, e zero contactos on no facebook e até no gtalk.
Só me apetece sair de casa e correr até ao fim do mundo. Parar apenas quando já me tiver esquecido do que me pôs assim.

Life really sucks sometimes

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

A cegueira dos homens...

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, agosto 19, 2010 3 comentários

Eu: Amor procura-me o meu passe. Tenho quase a certeza que já o vi na casa nova, vê lá se não está na mesa de cabeceira...
Bruno: Não, o que está na mesa de cabeceira é o meu..
Eu: De certeza? Jurava que já o tinha visto aí...
Bruno: Absoluta, achas que não sei procurar? Já vi nas gavetas todas, deves ter perdido...

Sofia insatisfeita e inconformada chega a casa e procura o passe.
Segunda gaveta, lá estava ele.

domingo, 15 de agosto de 2010

Ser estúpida

Publicada por Sofia à(s) domingo, agosto 15, 2010 3 comentários
É ler uma notícia que datava o ano passado.
Fomos à Rua do Ouro e não havia luzes nenhumas, pois claro. Mas eu ainda armada em boa disse para o Bruno ' Vou enviar um e-mail ao jornal, é inadmissível publicarem uma notícia errada'.
Cheguei a casa. fui ver a notícia ao site outra vez e...era de Agosto de 2009!

Por isso não sigam os meus conselhos turísticos.

sábado, 14 de agosto de 2010

Publicada por Sofia à(s) sábado, agosto 14, 2010 1 comentários
Tenho telefone em casa à cerca de um mês e meio e já me ligaram umas 20 vezes para adquirir um produto qualquer.
Acho que só recebi aí uns 3 telefonemas pessoais! Caramba que melgas!

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, agosto 13, 2010 4 comentários
Já foram espreitar o céu estrelado na Rua do Ouro? Este ano celebra-se o ano Internacional da Astronomia e foram montadas constelações por toda a rua.

Sexta-feira levo lá o marido em surpresa.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, julho 29, 2010 2 comentários
Ganho o dia quando ele começa com uma mensagem da minha mãe a dizer 'B o m di a fo fi nha'
Sim, cheia de espaços, mas a intenção é que conta.

Não sei se já disse que tenho a melhor família do mundo? Ah já? Pronto era só para não se esquecerem.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Opa cala-te!

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, julho 21, 2010 2 comentários
Irrita-me que me perguntem porque quero um cão novo. Irrita-me primeiro que tudo a palavra 'novo'. Quando alguém tem mais um filho também se diz 'Olha aqui o meu filho novo"?
Depois irrita-me que seja preciso sequer perguntar! Eu tenho mais um cão porque sim. Porque adoro cães. Porque adorei este cão em especial e não me importei de ir ao extremo do país buscá-lo. Fui a Braga e teria ido a Praga se fosse preciso! Tenho mais um cão pela alegria de o ver abanar a cauda quando vamos à rua, pelo olhar grato quando lhe damos carinhos, pelas lambidelas constantes, e por toda a baba.
Tenho mais um cão pela felicidade que é ter um animal. Gosto de ter a casa cheia, cheia de amor e de carinho! Mesmo que isso seja sinónimo de pêlos e baba.

"Porque é que vais ter mais um cão?" Porque prefiro isso a um novo telemóvel. De longe!

domingo, 18 de julho de 2010

Meet Charlie

Publicada por Sofia à(s) domingo, julho 18, 2010 8 comentários
Apresento-vos o mais recente membro da família: o Charlie.



É lindo de morrer! E um beijoqueiro de 1ª!

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Tem sido assim...

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, junho 11, 2010 3 comentários

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Eu nem me importava

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, junho 10, 2010 4 comentários
com a merda da chuva desde que pudesse beber um copo de vinho e ficar a ouvi-la cair, lá fora.
Não podendo irrito-me.Muito.

terça-feira, 8 de junho de 2010

De noite...

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, junho 08, 2010 5 comentários
(Um ressonar altíssimo que me acorda a meio da noite)

Eu- Bruno, não ressones!
Ressonar continua...
Eu- Shiiiiiiiu não ressones!!
Ressonar continua, dou uma canelada ao Bruno.
Bruno- Não sou eu!!
Ressonar continua.
Os dois- Bully cala-te!

sábado, 5 de junho de 2010

Do filme

Publicada por Sofia à(s) sábado, junho 05, 2010 7 comentários
Qualquer pessoa que vá ver o Sexo e a Cidade não está à espera com certeza, de um filme de grande moral e valor emocional e intelectual. O título diz tudo certo? Acho absurdo certas críticas que leio a dizer que o filme não transmite nada e que não se sentiram melhores pessoas depois de o verem.
Pois deixem-me contar-vos um segredo...Não é suposto! É suposto ir com as vossas best girls (or boys, no meu caso) rirem-se muito,invejar as roupas ou não e babarem-se para as brasas masculinas que aparecem por lá (ou pelas femininas depende de cada um).
E dito isto, gostei do filme, ri-me imenso, e os rapazes portaram-se que nem rapazes e por isso ainda me ri mais.

Agora boa noite que amanhã é dia de praia.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Sex and the City 2

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, junho 04, 2010 2 comentários
Vou hoje ver. Com dois homens.

Acho que me vou arrepender.

terça-feira, 1 de junho de 2010

Sei que a educação está perdida

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, junho 01, 2010 2 comentários
Quando vejo uma professora a escrever "não lhes deiam".

Uma parte de mim morreu ali.

Did you hear about the Morgans?

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, junho 01, 2010 0 comentários

Acabámos de ver o filme e é tão parecido connosco que chega a ser assustador! (Tirando a parte dele a trair, separarem-se e essa lenga lenga toda)
As personalidades deles são como nós. Ele constantemente a dizer aquelas piadas parvas e maricas com tudo (se leres isto amor, é um maricas muito masculino sim?) e eu toda neurótica e tagarela. Temos em comum também toda aquela cumplicidade.

Adorei e recomendo.

segunda-feira, 31 de maio de 2010

Só para alegrar o facto de amanhã ser 2a...

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, maio 31, 2010 4 comentários


Impossível não se terem rido!

domingo, 30 de maio de 2010

Caro vizinho de cima,

Publicada por Sofia à(s) domingo, maio 30, 2010 2 comentários
Se a si lhe irritou tanto os meus dois (!!) furos na parede porque ' pode acordar o meu menino', a mim também me irrita (e muito, verdade seja dita) a sua criatura a arrastar sabe-se lá o quê pela casa!
Ainda acorda os MEUS meninos. Ambos já dormem, que em época de mudanças até o cão está cansado.

Agradecia que deitasse a criança que já passa mais do que da hora, cierto? Gracias.

sábado, 29 de maio de 2010

Coisas novas que já deviam ter sido contadas antes, shame on me!

Publicada por Sofia à(s) sábado, maio 29, 2010 6 comentários
- Comprámos um carro novo;
- Mudámos de casa;
- Fui promovida, logo aumentada.

Tudo para melhor portanto. 2010 está á ser até à data um ano fantástico.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Eles

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, maio 24, 2010 4 comentários
Eu- A minha colega nova é muita gira não é?
Jorge- Sim..E é arrumadinha que é uma cena que eu aprecio.
Eu- ?!?! Como é que sabes que ela é arrumadinha??
Jorge- Porque tinha as cuecas arrumadas na gaveta.

É caso para dizer: HOMENS.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Mamã

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, maio 21, 2010 7 comentários
Tu que és o oposto do pai, em tudo. E secalhar é por isso que isso resulta tão bem há tantos anos. E secalhar é por isso que a vossa educação junta é a melhor que podia ter tido. Porque ele é distraído mas tu és atenta. e não faltavas a uma reunião, a um espectáculo, e mantinhas de perto, de uma forma subtil, todos os meus amigos para saberes quem era uma 'má companhia', sem porém a mim nunca mo dizeres.
O Pai incapaz de me pôr de castigo, mas tu sempre pronto a pôr regras e a mostrares-me que as coisas têm consequências.
Nunca na vida dizias que estavas zangada comigo, ou chateada, dizias sempre que estavas 'triste' com a minha atitude. Jogada inteligente essa, porque se havia coisa que eu não me importava era que alguém se zangasse comigo, ainda hoje sou assim, tenho a mania que sou rebelde, agora, deixar alguém triste é o meu ponto fraco.
Fizeste muitos esforços, muitas horas extra, tiveste durante muito tempo uns 3 empregos para nos dares tudo. 3 filhas não é fácil mas vocês foram impecáveis.
E posso-te prometer, que enquanto eu for viva, a vocês não vos vai faltar nada. Agora posso cuidar de vocês e retribuir tudo.
Obrigada mamã linda por tudo, desde as trançinhas aos 3 estalos pela bebedeira.
Foste o amor e o castigo,em suma, foste perfeita.

Amo-te.

terça-feira, 4 de maio de 2010

O concerto

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, maio 04, 2010 6 comentários
Não tenho fotos! A minha máquina não tinha bateria (nunca mais acreditar no Bruno para verificar alguma coisa) e a do meu amigo não tirava fotos decentes (Se me estás a ler, compra uma nova :P).
Mas não precisei de fotos porque fiquei a uns 80cm do palco, mais perto só mesmo ao colo dela. E estive o concerto todo embasbacada a olhar para ela, porque é MUITO mais bonita ao vivo! E a voz é muito mais poderosa ao vivo.
Fiquei muito surpreendida pela positiva.
Adorei a humildade dela quando disse 'É por vocês que estou onde estou, e estou-vos eternamente grata pelo vosso carinho, pelo vosso apoio, e como não há uma palavra exacta que defina ao certo o que sinto por vocês, está é dedicada a vós' e tocou o 'If i ain't got you'.
Dancei o concerto todo, levei muiiiiiitas cotoveladas nas maminhas, e tive de ouvir o rapaz atrás de mim, com uma voz esganiçada a cantar TODAS as músicas, e tive de lhe fazer o meu ar de mete nojo, e um 'Cala-te' com os lábios. Não é proibido cantar nos concertos, até é bom ouvir a multidão cantar toda junta, mas quando se tem uma voz daquelas é proibido. E se não é passou a ser.

Aqui fica um obrigado ao meu amigo (que também se chama Bruno) pela companhia, pela cumplicidade, pelas sandes de frango, pela água, e pelas gargalhadas. E só por isso tudo, estás perdoado pelas DUAS horas de atraso.

quinta-feira, 29 de abril de 2010

É hoje, é hoje!

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, abril 29, 2010 8 comentários

Estou a adivinhar que vou adorar!
Se conseguir, ponho fotos.

domingo, 25 de abril de 2010

Alerta - Pessoas por todo o Portugal!

Publicada por Sofia à(s) domingo, abril 25, 2010 5 comentários
Se tiverem carta de condução, não façam nenhuma destas coisas: ultrapassar só para estar um carro á frente no trânsito, não respeitar a prioridade nas rotundas e cruzamentos, fingir que vão bater só para andarmos mais depressa e por amor de deus nosso senhor jesus cristo que está no céu, se fizerem alguma destas coisas NÃO buzinem e resmunguem como se ainda estivessem rodeados de razão.
Eu digo isto para vosso bem,porque ainda não conduzo, portanto por mim façam o que vos apetecer, mas o Bruno...Oh senhores, o Bruno tem mau feitio. E depois ele acredita que a violência resolve as coisas, e eu não. E depois minha gente má condutora, quem safa esse cú peludo de umas açoitadas sou eu. Não sem, claro, ele ir no caminho todo a dizer que não tenho nada que o agarrar e lá lá lá.
Portanto, se se importam com a minha vida amorosa, não hão-de querer que eu discuta, por isso limitem-se ás regras ok?

É que das cuspidelas eu não vos safo. E acho NOJENTO Bruno! Os homens são a coisinha mais primitiva á face da terra. Até o meu cão é mais educado.

P.s- Senhor taxista, se nos está a ler, peço desculpa por ele. Às vezes não toma os comprimidos e deixa sair o psicopata que há nele.

domingo, 18 de abril de 2010

Happy B-day

Publicada por Sofia à(s) domingo, abril 18, 2010 6 comentários
O meu querido faz hoje 27 anos. Faltam 3 anos para os 30 e eu perguntei-lhe se ele não queria uma bengala, mas daquelas à lá House, com chamas na ponta.
Fora de brincadeiras, quis só deixar registado que este ano vai ser um ano cheio de mudanças para nós e que espero que a única coisa que não mude seja o nosso amor e amizade um pelo outro.
Irritas-me com essa bateria imaginária que tocas incessantemente, mas ao mesmo tempo fazes-me rir com isso.
Enerva-me solenemente que abanes os teus pés,até quando dormes! Mas é da maneira que te sinto sempre ali.
Fico possessa que estejas sempre a proteger-me de tudo, como se eu fosse uma criança! Por outro lado, adoro que me protejas...
Odeio essa mania que tens de me agarrar quando estou chateada, e de nunca me deixares dormir zangada contigo! Mas também adoro essa mania, porque tenho sempre uma noite descansada, no teu colinho.
E principalmente, coisa que eu detestava ver os outros fazer, eram os constantes beijinhos e risinhos.
Agora adoro, adoro isso que fazes, de me dares beijos pela cara toda, em que nem os olhos escapam,e ficares a sorrir a olhar para mim e saíres-te com 'És tão linda sua palerma.'
Adoro esse romantismo q.b. mesmo feito á minha medida.
Muitos parabéns pela pessoa que és. Pelo filho que és, pelo irmão que és. E agora pelo genro, cunhado e tio que és. Tudo família 'nova' que tu encantaste.
Estás mesmo de Parabéns por conseguires fazer sorrir toda a gente á tua volta.

Amo-te.

P.s- Ele é a minha pessoa favorita no mundo por um milhão de razões. E não digo isto só porque o amo de coração.

E vocês só não dizem o mesmo porque não o conhecem.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Para alegrar!

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, abril 15, 2010 9 comentários
Ficam aqui as fotos do fim-de-semana passado.

(Clicar nas fotos para aumentar)

Começa sempre da mesma maneira, com ele a sujar-se TODO!


O gordo a fazer peito.


Já sem forças, encosta a cabeça ás nossas pernas.


E no caminho para casa, vai literalmente a dormir em pé.

Vês S.Pedro? Quando está sol somos todos muito mais felizes!

domingo, 11 de abril de 2010

Oh bolas.

Publicada por Sofia à(s) domingo, abril 11, 2010 9 comentários
Amanhã é segunda-feira.
Já nos dá preguiça só de pensar nisso...

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Eu nem gosto de futebol

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, abril 08, 2010 12 comentários
Mas adoro ver o Benfica a perder. Só porque sim. É só bartolos.

Pode ser que o outro puto chore outra vez.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

É xixe?

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, abril 07, 2010 7 comentários
Hoje ouvi um pai a dizer ao filho "é xixe tinzinho? é xixe o teu neco novo? gotas? é xixe?"
Aquilo enervou-me de uma maneira! Mas o miúdo é chinês por sinal?? É por estas e por outras que depois os miúdos não falam como deve ser. Pois claro, quando se tem um pai que fala tudo menos português com a criança, é difícil aprender a dizer bem as coisas!

Tradução "É fixe Martim? É fixe o teu boneco novo? Gostas? É fixe?"

domingo, 4 de abril de 2010

Amanhã

Publicada por Sofia à(s) domingo, abril 04, 2010 9 comentários
vou fazer franja.




P.s- Consigo prever o futuro e saber que vou ADORAR ver, e sei que depois vou detestar ter de esticar a franja todos os dias, e vou-me arrepender. E mesmo assim vou fazê-la á mesma. Estúpida ou teimosa? Fica a questão.

Não é por ser meu...

Publicada por Sofia à(s) domingo, abril 04, 2010 8 comentários

mas o meu cão é o mais lindo do mundo inteiro e arredores.

sábado, 3 de abril de 2010

Note to Self

Publicada por Sofia à(s) sábado, abril 03, 2010 8 comentários
Nunca mais pregar uma peta ao Bruno. Não me fala há mais de um dia. Não me dirige MESMO a palavra.

Comprar-lhe um pacotinho de sentido de humor.

E a carinha da Carla Bruni?

Publicada por Sofia à(s) sábado, abril 03, 2010 14 comentários
É o que dá ter dinheiro a mais. Antes ter rugas do que não ter expressões decentes.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Chega sim?

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, março 26, 2010 15 comentários
Esta chuvinha paneleira já acabava.

quinta-feira, 25 de março de 2010

Hick

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, março 25, 2010 2 comentários
O meu homem esta com soluços desde hoje de manhã.

quarta-feira, 24 de março de 2010

Tenho tanto jeito

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, março 24, 2010 8 comentários
Para pintar as unhas como tenho para mijar de pé.
Aliás, corrijo: Tenho até mais jeito para mijar de pé do que para pintar as unhas.

Ah, que falta me fizeram as amigas raparigas no crescimento. Pintar as unhas, fazer as sobrancelhas, poupava uma pipa de massa se soubesse fazer isso!

Mas sei arrotar de propósito!


Não é tão bonito pois não?

Eu tenho mesmo sorte

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, março 24, 2010 3 comentários
Com o meu homem!
Não é para toda a gente, ter o melhor amigo, o melhor namorado e o melhor 'divertimento' todos numa pessoa só. Encontrar alguém assim já é uma sorte, ter uma pessoa assim que esteja perdidamente apaixonada por nós é quase bom demais para ser verdade.

Eu cheia de insónias, o meu homem já no 5º sono. No entanto estou há horas só a olhá-lo. Ele de vez em quando abre os olhos, só para ver que eu estou aqui e diz qualquer coisa 'mariquinhas'.
E como eu adoro estas mariquices que provavelmente amanhã ele nem se vai lembrar que disse por estar tão ferrado no sono.

domingo, 21 de março de 2010

Pai,

Publicada por Sofia à(s) domingo, março 21, 2010 5 comentários
Não podia deixar passar o teu dia sem escrever nada.
Feliz dia do Pai.

Que fiques sempre aqui para dar os nossos beijinhos. Adoro ouvir-te chamar-me o teu amor.

Amo-te papá.

segunda-feira, 8 de março de 2010

Não compreendo as mulheres

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, março 08, 2010 8 comentários
que não gostam do dia da Mulher. Não compreendo os argumentos. A história do "é parvo, machista e fútil".
Machista não pode ser de certeza, porque também existe o dia Internacional do Homem, que é a dia 19 de Novembro, para também eles festejarem os feitos deles, e os seus direitos, se eles não o festejam é um problema deles e não nosso. Também há muita gente que não festeja o Halloween e não é por isso que eu deixo de o festejar.
O dia Internacional da Mulher, como (quase) toda a gente sabe foi criado em prol dos nossos direitos, foi quando conseguimos que deixássemos de trabalhar 16 horas por dia, para passar a trabalhar apenas 10. Foi criado por conseguirmos seguir carreiras como os homens, e profissões de 'homem'. E é um dia para nos lembrarmos do que ainda temos de conseguir, das metas que ainda não foram ultrapassadas. Lembrar-mo-nos que assim como a liberdade, infelizmente a igualdade também não é garantida. Por isso este dia não é só uma homenagem às nossas antepassadas, é também um valorizar do que temos e do que poderemos ter.
Assim como tantos outros dias que celebramos!
Por isso é que eu não percebo quem antipatiza com este dia. Se me disserem que ao invés de não gostarem do dia, o que não gostam é da forma como o se celebra, aí eu já compreendo!
Compreendo que a celebração do dia seja fútil, mas isso já é uma atitude que parte de cada um!
Se não quer receber prendas neste dia, não as receba! Eu também não faço questão de receber um cravo no 25 de Abril, e não é por isso que não celebro a minha liberdade.

sábado, 6 de março de 2010

Parabéns meu gordinho!!

Publicada por Sofia à(s) sábado, março 06, 2010 16 comentários

O meu belíssimo cão faz hoje um ano!
O seu primeiro ano de vida! E espero acima de tudo que ele tenha sido feliz e goste de nós, porque nós adoramos este orelhudo que entrou na nossa vida e veio dar vida á nossa casa.
Cresceu muito desde que veio para nós, já faz chichi de perna levantada (ah macho!), já tenta montar tudo quanto é do sexo oposto, até a mim (já não há respeito pelas mães!), já tem brinquedos favoritos, sítios favoritos e expressões típicas. Já ressona que se farta!
Levanta a patinha quando lhe damos festas,e põe na em cima do nosso braço enquanto nos lambe as mãos, que é como quem diz "Eu sei que não percebem o meu ladrar, mas é assim que eu mostro que vos amo de forma a que vocês (burrinhos) percebam"
Já percebe quando eu mando vir pizza e pula que se farta quando chega o distribuidor porque sabe que lhe calham os rebordos (ele deve ser o único que adora que eu não saiba cozinhar).
Ele é um protector de primeira, e quando vamos só os dois, e é de noite, tudo quanto ele ache que pode ser uma ameaça para mim é corrido a rosnares. Incha o peito e rosna que se farta, até a 'ameaça' sair do seu campo de visão. O Bruno diz que ele nunca fez isto com ele portanto ele para além de protector é machista.
Quando estamos muito tempo dentro do quarto ele gane, e arranha a porta, que é a sua maneira simpática de nos avisar que se não formos para perto dele, ele destrói qualquer coisa.
Acima de tudo, ele está MUITO maior,o meu gordinho lindo. E se está gordinho é por mea culpa que não resisto àqueles olhos meigos a pedirem qualquer coisinha para o estômago.


Amo-te muito seu beijoqueiro meiguinho, meu companheiro de insónias, (ele sempre com sono e eu sem nenhum), obrigado por nos aceitares como teus pais, amigos, o que lhe queiras chamar. É uma honra poder coçar-te a barriguinha todos os dias e ter-te a ver-me tomar banho (depravado!)
Espero que esteja seja o primeiro de MILHÕES de anos!

sexta-feira, 5 de março de 2010

Os brugessos!

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, março 05, 2010 8 comentários
Há gente muito brugessa a conduzir, não haja dúvida!
Eu explico, eu tenho lombas ao pé da minha casa, é tipo uma moda aqui por Loures. Então uma dessas lombas é muita alta (e nota-se perfeitamente que é alta), mas mesmo assim há quem faça a lomba a acelerar. Assim sendo, ouve-se 'n' vezes os pára-choques a raspar no chão tal é a velocidade com que sobem (e descem) a lomba.
Então hoje, depois de jantar, fomos nós e um amigo para perto da lomba, só assim armados em mete-nojo, a bater palmas e a rir de quem raspava com os para-choques.
Mas depois desistimos, mais looser que estragar o carro é estar ao frio a rir-se disso mesmo.

quarta-feira, 3 de março de 2010

Coisas a aprender...

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, março 03, 2010 6 comentários
- Cozinhar.

Por uma simples razão, quando o nosso namorado está doente, vamos mesmo ter de encomendar pizza.

(Não, a menina da imagem não sou eu, infelizmente..)

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

I (L) my family

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, fevereiro 23, 2010 3 comentários

Adorei o fim-de-semana. A minha sobrinha mais velha veio passar o fim-de-semana comigo e no domingo fomos almoçar a casa da minha prima e a casa estava cheia! Primos, primas, tia, tio e as crianças! E o meu homem, claro.
A família é mesmo a minha base, e sinto-me logo mais feliz depois de um dia com eles!

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Serei a única

Publicada por Sofia à(s) sábado, fevereiro 20, 2010 12 comentários
mulher por este Portugal a gostar de jogos online?

Mesmo a propósito!

Publicada por Sofia à(s) sábado, fevereiro 20, 2010 4 comentários
Dou de caras com esta parvoeira pegada!! Nem sei por onde começar!
Vejam aqui a tacanhice deste país!

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

O tema tabu

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, fevereiro 19, 2010 12 comentários

Adopção entre casais homossexuais. A minha opinião é muito simples - totalmente a favor.
Há 50 anos, se uma mulher fosse mãe solteira, era olhada de lado, muitas mulheres sofriam de violência doméstica, ou simplesmente já não eram felizes nas relações mas mantinham-se nelas com vergonha do divórcio. Uma criança que tivesse pais divorciados era gozada. Felizmente, hoje em dia já não é assim. Quem não está bem separa-se e é até bastante comum ter pais separados.
Eu penso o mesmo acerca do facto de ter pais gays. Ao início vai fazer confusão e comichão a muita gente, os miúdos vão ser olhados e gozados. Mas com o passar do tempo as coisas vão evoluir, ter pais hetero ou homossexuais vai ser indiferente.
E, last face it, as crianças vão sempre ser más e gozar seja por que razão for!

E vá lá, nem me venham com o argumento de que crescendo com gays as crianças são gays. Porque por essa ordem de ideias, pais hetero só tinham crianças hetero e todos sabemos que as coisas não funcionam assim!

Por mim fazia-se já um brinde a um país livre de preconceitos.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Meet Sofia

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, fevereiro 18, 2010 9 comentários
Aviso: Para quem não gosta de ler desafios clicar na cruz que se encontra na direita.

O Saga desafiou-me para responder a este inquérito, e eu como não ando a escrever nada de jeito, vou-me redimir revelando um pouco mais de mim.

Questão 1: Tens medo de quê?
Que morra alguém que amo muito (outra vez).

Questão 2: Tens algum guilty pleasure?
Gelado. Sinto-me guilty quando me peso.

Questão 3: Farias alguma loucura por amor/amizade?
Faria. Sem dúvida nenhuma.

Questão 4: Qual o teu maior sonho?
Conseguir ser o que sempre quis quando me perguntavam o que queria ser 'quando fosse grande'.

Questão 5: Nos momentos de tristeza/abatimento, isolas-te ou preferes colo?
Isolo-me quase sempre. Se bem que com o tempo aprendi a pedir colo ao Bruno.

Questão 6: Entre uma pessoa extrovertida e uma introvertida, qual seria a escolha abstracta?
Introvertida. Há qualquer coisa de atraente na timidez.

Questão 7: Sentes-te bem na vida, ou há insatisfação além do desejável?
Há alguma insatisafação, mas é normal, somos portugueses! Estamos sempre insatisfeitos com alguma coisa

Questão 8: Consideras-te mais crítico ou ponderado?
Crítica. Principalmente auto-crítica.

Questão 9: Julgas-te impulsivo, de fazer filmes, paciente...? Define-te, de uma forma geral.
Fervo em pouca água, arrefeço em pouca água também.

Questão 10: Consegues desejar mal a alguém e, normalmente, concretizar? Sê sincero.
Desejar consigo sim, mas nunca muito, depois arrependo-me, tenho medo que aconteça (que ridícula,eu sei lol).

Questão 11: Contens-te publicamente em manifestações de afecto (abraçar, beijar, rir alto...)?
Nada.

Questão 12: Qual o teu lado mais acentuado? Orgulho ou teimosia?
Teimosia.

Questão 13: Casamentos homossexuais e direito à adopção?
Claro que sim!

Questão 14: O que te faz continuar o blogue?
Antes de mais, o facto de ter um cantinho onde posso ir relembrando e contando a minha vida, até para mim mesma e para a minha memória miserável e depois tenho o grande bónus de ter pessoas fantásticas a lê-lo e a dar-me também as suas opiniões e pontos de vista.

Questão 15: O número de visitas e comentários influencia o teu blogue?
Eu gosto muito que me visitem, e comentem, mas fico feliz por não ser muita gente(daí também não ter o blog a aparecer em motores de pesquisa) por isso sim influencia. Se tivesse mais gente a ler-me provavelmente seria mais contida no que escrevo. E isso levar-me-ia a fechar o blog, de certeza.

Questão 16: Na tua blogosfera pessoal e ideal, como seria?
Seria proibido ofensas sem eira nem beira. Acho ridículo.

Questão 17: Devia haver encontros de bloguistas? Caso sim, em que moldes? Caso não, porquê?
Sim. Aliás, já me encontrei com uns quantos.

Questão 18: Sabes brincar contigo e rir com quem brinca contigo? Sem ironias.
Não sei eu outra coisa!

Questão 19: Quais são os teus maiores defeitos?
A teimosia. A frontalidade. A sinceridade é uma virtude mas eu acho que o sou em demasia.

Questão 20: Em que aspectos te elogiam e/ou achas ter potencialidades e mesmo orgulho nisso?
Elogiam-me a escrita e a fala. LOL

Questão 21: Entre uma televisão, um computador e um telemóvel, o que escolherias?
O computador.

Questão 22: Elogias ou guardas para ti?
Guardo para mim. Quase sempre. Dou poucos elogios, mas o que dou são sempre sentidos.

Questão 23: Tens humildade suficiente para te desculpar, sem ser indirectamente?
Tenho, mas custa-me. O orgulho é forte.

Questão 24: Consideras-te, de grosso modo, uma pessoa sensível ou pragmática?
Sensível.

Questão 25: Perdoas com facilidade?
Não. Mas também raramente me chateio ao ponto de ser necessário 'perdão'.

Questão 26: Qual o teu maior pesadelo ou o que mais te preocupa?
Ler a resposta á questão 1.

sábado, 13 de fevereiro de 2010

A prenda dele para mim

Publicada por Sofia à(s) sábado, fevereiro 13, 2010 10 comentários

O bilhete para o concerto dela.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

A bacuradas da minha irmã

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, fevereiro 12, 2010 9 comentários
Enquanto eu falava com a minha tia no msn, ela diz-me que a cadela dela faleceu.
Eu estava a contar isto ao Bruno e queria dizer-lhe a idade da Fofinha, mas não me lembrava ao certo, o que eu sabia era que a minha irmã tinha-lhe pisado a pata quando ela era cachorrinha (e a pata ficou sempre um bocadinho torta, desgraçada da cadela).
Então mandei mensagem á minha irmã "Olha lá, que idade é que tu tinhas quando pisaste a fofinha?"
Ela "Não sei, era pequena mas tu já eras nascida, mas porquê?"
Eu "Só para saber, a tia disse que ela morreu..!"
Ela "Ah! Mas não foi disso pois não?"

Foi! 20 e tal anos depois, ela lembrou-se que lhe tinhas pisado a pata e morreu.. Oh valha-me a paciência!

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

O meu namorado

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, fevereiro 11, 2010 9 comentários
É do contra! Todos este anos, NUNCA quis fazer nada no dia dos namorados, fazíamos a troca habitual de postais e nada mais.
Este ano, como sabia que não ia fazer nada, fiz planos com outras pessoas, ficou todo ofendido porque "é o dia dos namorados e estava a contar fazermos qualquer coisa os dois".

E depois as mulheres é que são complicadas??

Ando sem paciência

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, fevereiro 11, 2010 6 comentários
para o telemóvel.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

É que só me apetece gritar

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, fevereiro 03, 2010 8 comentários
de nervos. Simplesmente porque não consegui ir ao concerto dos Artic Monkeys!

sábado, 30 de janeiro de 2010

Prometi a mim mesma

Publicada por Sofia à(s) sábado, janeiro 30, 2010 10 comentários
Passar a responder aos comentários.

E muitos parabéns.

Publicada por Sofia à(s) sábado, janeiro 30, 2010 15 comentários
Faz um ano esta coisinha. Este diário semi-secreto que eu guardo. Já conheci muita gente boa e ainda me falta conhecer pessoalmente umas quantas.
Um obrigado a todos os que partilharam comigo sorrisos e a lagrimita no canto do olho.


P.s- Tenho de lhe dar um jeito á imagem que eu estou farta destas cores.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

O defeito da minha colega nova

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, janeiro 28, 2010 8 comentários
Ela- Ah e vives com o teu namorado não é?
Eu- Sim...
- Há quanto tempo?
- Há mais ou menos...
-E como é que ele se chama?
-Chama-se...
-Têm uma diferença de idade grande? Ou ele é da tua idade?
- Não, temos uma diferença de...
- Moras aqui perto não é?
- Sim moro ali no...
- Já viste que o frio voltou?
-(...)
-Então não respondes??

Não, a sério.

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, janeiro 28, 2010 4 comentários
Não podíamos passar sem a vaga de frio?

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Love has made you beautiful

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, janeiro 19, 2010 5 comentários
Não que antes de eu te amar não o fosses, mas depois ficaste ainda mais bonito.
Depois pude ver - tive o prazer e a honra- digo antes assim, de ver o teu interior. O homem em que tu te tornas quando estás apaixonado. E que sorte a minha, apaixonado por mim.
Sabes que eu quero umas botas, rondas as lojas, perguntas ás tuas amigas onde é que há botas giras, em que lojas, levas-me para os shoppings dias seguidos até encontrarmos umas botas para mim. Até que ligas e me dizes "Amor, encontrei umas botas que acho que vais gostar" E pronto, missão cumprida. E quem diz botas diz outra coisa qualquer. Não deixas que me falte nada, e és incansável a dar-me o que eu quero ou preciso. Sou mimada por ti, sou sim. Admito-o com todo o orgulho de quem tem o homem ideal, aquele com que se sonha, com que se imagina o nosso futuro e o dos nossos filhos.
Adoro que me vás buscar ao trabalho e digas "Hoje a noite é para nós", e fazes de mim uma princesa.
Gosto de acordar e ver o teu sorriso e sentir o calor do teu abraço, e é nesse momento que sei, mais uma vez, que fiz a escolha certa, e relembro a mim mesma que isto é mesmo a realidade, e não apenas um sonho bom. Relembro-me que estes braços que me acolhem e este sorriso que me dá os 'bons dias meu amor' é mesmo o homem da minha vida.
Sei que estou sempre a agradecer, e que me ralhas por isso, mas é a única coisa que consigo dizer quando existe alguém neste mundo que me faz sentir assim. Só consigo dizer Obrigada, por tudo o que me fazes ser quando estou contigo, Obrigada por me encheres o coração, a mente e a alma.
Obrigada por dizeres 'a minha mulher' em frente a quem quer que seja, a dares-me sempre a mão, a todos os carinhos que fazes inconscientemente, mas que só provam que até na linguagem corporal não consegues esconder o teu amor por mim.
Obrigada meu querido. Por tudo.

Não me canso de o dizer - amo-te com todas as minhas forças e com todo o meu coração.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

É só para te dizer

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, janeiro 15, 2010 6 comentários
Que ninguém te esqueceu e todos os dias penso em ti.
Beijinho grande e muitos ronrons para ti.

domingo, 10 de janeiro de 2010

Loving Sundays

Publicada por Sofia à(s) domingo, janeiro 10, 2010 8 comentários
Adorei o meu dia de hoje. Eu e o Bé passámos o dia quase todo na cama, só nos levantámos para comer. E quando ele foi trabalhar fiquei a ver um filme, e depois a ler um livro.
Agora desci para o escritório só mesmo porque convém jantar e fazer companhia ao cão.
Nem acredito que amanhã já é segunda-feira.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Playboy

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, janeiro 04, 2010 8 comentários
Eu li em muitos blogs comentários acerca das fotos das irmãs, aparentemente gémeas de mamas e pipis (palavra de honra que trabalho tão mal feito) mas a mim o que mais me chocou foram duas frases. Uma delas foi: «Jessica tem de momento o disco "Perdoa Amor" a rodar em todas as discotecas» ; não vou a discotecas todas as semanas, mas saio com frequência e NUNCA em discoteca nenhuma ouvi a irmã da Ruth Marlene!
E a outra foi «(...) ensaio carregado de erotismo, com duas irmãs que deixam qualquer mortal a suspirar por mais.»
E foi aqui que eu percebi! Eu não sou mortal meus amigos.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Juni

Publicada por Sofia à(s) quarta-feira, dezembro 30, 2009 4 comentários
Todos temos saudades tuas. O Bully gane para a porta,e raspa com a patinha, não deve perceber porque é que ainda não voltaste para casa.
Os teus amigos gatinhos vêm miar aqui para a porta, deve ser para te chamar para brincar ou então para chorar por ti, visto que dois deles estavam a cheirar o teu corpo ontem á noite.
Eu continuo sem conseguir falar/pensar em ti sem chorar. Isto com o tempo vai lá, não é o que se costuma dizer?
Beijinho

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

O meu gatinho

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, dezembro 29, 2009 10 comentários
O meu gatinho morreu ontem atropelado. Chamo-lhe gatinho mas já tinha quase 8 anos.
E estou tão triste que nem consigo explicar.
Só me apetece chorar o dia inteiro e estou sempre á espera que não seja verdade, que afinal não era ele, sei lá.
Ainda nem consegui tirar de lá a caixa de areia, e as taças de comida e água.
Vou ter tantas saudades. Estou a escrever isto e estou a deitar lágrima atrás de lágrima. Eu sei que muita gente pode achar que é demais, que é só um animal, mas como todos vocês sabem para mim não é só isso. Muito menos o Juni. Que já passou tanto comigo e até já mudou de casa comigo.
Era o gato mais inteligente e o mais meiguinho do mundo, e sinto-me grata por ter podido viver com ele todos estes anos, tenho a agradecer-lhe muitos momentos bons.
E não consigo escrever mais, que já nem vejo o ecrã, de tanto chorar. Deixo-vos com fotos dele.
O meu gatinho. Que para mim será sempre um bebé.
Um beijinho meu querido, espero que sejas feliz no céu dos gatinhos e que saibas o quanto eu te amava.


domingo, 27 de dezembro de 2009

Classificados

Publicada por Sofia à(s) domingo, dezembro 27, 2009 11 comentários
Oferece-se:
Tosse, expectoração,dores de garganta e febre. Sem qualquer tipo de sorteio ou concurso.



Quase quase que ficava o ano de 2009 todo sem ficar doente. Mas ei-la a minha primeira constipação do ano.

sábado, 19 de dezembro de 2009

Do Sismo

Publicada por Sofia à(s) sábado, dezembro 19, 2009 15 comentários
No escritório, cada um no seu computador.
Eu sinto tudo a tremer, imenso barulho e digo-lhe:
-Amor isto é um terramoto!
-Oh Sofia não sejas parva é o vento!

(???)

domingo, 13 de dezembro de 2009

Do google analytics...

Publicada por Sofia à(s) domingo, dezembro 13, 2009 11 comentários
O meu blog não aparece nas pesquisas, por várias razões. Mas durante uns tempos deixei-o aparecer para ver como é que as pessoas viriam cá parar.

Algumas das melhores:
- "nesse rabo" - Neste rabo não se passa grande coisa e no teu?
- "ao fim de quantas aulas de codigo começo a condução" - 8. Mas se perguntasses na escola de condução eles diziam-te.
- "bumbum rijo como fazer?" - exercício filha. Sobe e desce escadas. Há quem diga que o sexo anal ajuda, mas olha que é mito. De qualquer maneira podes tentar. Se resultar vem aqui contar-me
- "caiu e ficou-me a doer o pescoço" - o que é que caiu? A cabeça?
- "casa de praia no bully" - Onde é o bully??
- "bruno fehr + storyteller" - garanto-te que nesses dois não há nada. Ela é minha amiga e acho que nem lhe conhece o blog.
- "como conversar com um amigo no msn que falar" - Podes começar por dizer Olá. Que bronco.
- "cortei as unhas do gato mas deitou sangue isso é bom ou mau" - Deixa-me contar-te um segredo. Mas não digas a ninguém. Quando deita sangue é mau. É sempre mau.
- "cães com perdigee" - o que é perdigee?? Pedigree pa!!!
- "depilar os testiculos" - Muiiiiito devagarinho. E se deitar sangue já sabes, é mau sinal.
- "ele disse-me" - Ah disse? olha que bom!
- "gatos a deitar sange da pata"- sádicos porra. Deixa lá as patas do gato em paz!
- "medo de casas de banho" e "medo de ir à casa de banho" - se for medo de ir a uma casa-de-banho pública eu ainda percebo, agora medo de ir á casa-de-banho no geral é capaz de te trazer problemas
- "minha expressão" - se é a tua expressão para que é que a pesquisas no google??
- "peabutbutter.blogspot.com" - haja alguém que saiba onde vem parar LOL
- "piada ouvir conversa de dois doidos conversando" - Nem sei o que dizer sobre isto.
- "sofia a desastrada,resumo" - Lê o livro todo, não sejas preguiçoso!
- "translation mas vou ter saudades" - but i will miss you!
- "é verdade que criança não mente?" - É mentira pa! Claro que algumas mentem e algumas dizem a verdade. Como os adultos. São crianças não são santos!

E o resultado foi que não perco nada em não ter o blog a aparecer nas pesquisas do google.

sábado, 12 de dezembro de 2009

Dos meus anos...

Publicada por Sofia à(s) sábado, dezembro 12, 2009 9 comentários
Houve tanto de bom como de mau. Eu explico: este ano decidi (ao contrário dos anos anteriores) fazer uma festinha mais restrita, e decidi também fazê-la só para raparigas. Girls party uh-uh.
Nada disto seria problema se as minha amigas não falhassem como as notas de 500 (pelo menos a mim falham-me essas notas).
Restringi portanto a lista a 12 pessoas. Só 8 me deram a confirmação que iam ao jantar, fiz a reserva e até aqui tudo bem.
No meu dia de anos envio mensagem para toda a gente a confirmar a hora e o local de encontro.
Sem sequer me darem os parabéns dizem-me que não podem vir porque: "tal e coiso, morreu-me o cagalhão", "ai que hoje estou mal disposta", epa hoje era aquele dia que tinha o exame à próstata", "esqueci-me de te avisar que me caiu um testículo e estou no hospital" etc.
Ora sabem quantas pessoas foram? UMA. The one and only: Joana. É verdade, a única que não me deixou agarrada.
Desmarcámos a reserva no restaurante, fomos a um italiano, o namorado dela foi lá ter e o meu também e a partir daí foi só rir!
Diverti-me imenso mesmo com os meus saltos novos, que me MATARAM os pés.
Fomos para o Plateau, que para quem não conhece é só música dos 70's e dos 80's. Muito bom.
A mãe da Joana estava lá e temos o vídeo dela a curtir a noite. Só visto! (Desculpa Jô vou-me rir disto enquanto me lembrar!)

A modos que foi isto, um Obrigado a quem se lembrou.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Nala*

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, novembro 23, 2009 10 comentários
A castanhinha aqui da frente é a Nala, a branca lá atrás é a Lucky


Apesar de nunca teres escrito exclusivamente sobre elas, já lhes fiz algumas referências aqui e aqui.
A Nala é a mais velha, depois veio a Lucky e tornaram-se inseparáveis, assumindo a Nala sempre a posição de chefe. De dominante. Tem um porte esguio e um andar elegante. Nunca ladra,mas quando o faz chega a ser assustadora.
A Lucky é o oposto. Gorducha e com um andar desleixado ladra imenso mas um ladrar muito de 'cadela'.
O que têm em comum é que são ambas uns amores, meigas e obedientes. Deitam-se logo de barriga para o ar, à primeira festa que se lhes dá.

Hoje a Nala faleceu. Andava há uns dias doente, afastada, escondida e hoje morreu. E não tenho nada para dizer sobre isto a não ser que é profundamente injusto e triste.
E como disse a tia do Bruno "Os animais conquistam-nos o coração. A mim mais do que as pessoas." E eu sou muito assim, e quem me conhece sabe disso.
Por isso agora o meu coração está um bocadinho despedaçado.


Nala

sábado, 21 de novembro de 2009

Minha Linda Joana

Publicada por Sofia à(s) sábado, novembro 21, 2009 15 comentários
Eu gosto muito de ti, mas da próxima vez que tiver de jantar com o raio da tua amiga vai haver luta de lama.
Tu viste, eu controlei-me, ignorei as bocas baixas dela, quando ela discutiu comigo eu cessei por ali a conversa e tudo e tudo e tudo. Mas isso foi hoje. Mais um dia assim e o nariz dela vai ser apresentado á minha esquerda.

Isto foi só um aparte, desculpem lá.

E a pergunta mais burra do mundo "Então e a Sofia não pode mudar de dia de anos?" Claro que sim, ó camela, este ano, só porque tu queres, faço anos a dia 10. Mas é só por ser p'ra ti ok? Preço de amiga.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Messenger

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, novembro 17, 2009 8 comentários
Estava a falar com a minha sobrinha (a de 11 anos) e eu pergunto outra vez, se ela tem namorado (gosto de andar em cima do acontecimento), ao que ela diz:
- Não, eles andam todos com gripe A.
E eu:
- Ahahah é por isso que não tens namorado? Porque eles têm gripe A?
-Claro, não quero ficar doente. E eles também são parvos.
-Pois lá isso são.
- Tia os rapazes são parvos até que idade?
- Bem, ele são especialmente parvos até ao 9º ano. Depois disso eles continuam parvos, só que menos acho eu. Ou então somos nós que deixamos de reparar tanto nessa parvoíce.
- Que chatice.

I Love you 'till the end

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, novembro 17, 2009 8 comentários

Nunca deu certo com os outros. Nem podia dar, senão hoje não estávamos aqui. Já ambos tínhamos sofrido a nossa quota parte de desgostos e desilusões, e apesar de nos conhecermos há anos, foi num timming perfeito que fomos comer aquele gelado.
Ambos íamos sem segundas intenções, e ainda hoje não sei explicar o que aconteceu, para de repente querer ser mais do que tua amiga. Ainda hoje não consigo explicar a felicidade quase infantil, que senti na tua mensagem quando dizias que "quase que tinhas saudades minhas". Acho que foi, e tu sabe-lo bem, o facto de te teres feito de difícil que me fez querer-te ainda mais. Pela primeira vez tinha ali alguém por quem tinha de lutar, com quem não era garantido.
Hoje agradeço-te por isso. Pela luta. Se não tivesses sido assim, provavelmente terias sido só mais um capítulo do livro: 'Sofia, a solteira que desistiu dos homens'.
Contigo deixei cair todos os muros á minha volta, que demorei tanto tempo a construir.
E depois, quando pela primeira vez, vi a minha escova de dentes perto da tua pensei, 'Ok, este era para mim o passo mais difícil, o primeiro. Agora é desfrutar'
Mentira. O mais complicado foi depois. Aprender a viver a dois. Saber que ias estar sempre ali, mesmo naqueles dias em que apetecia estar sozinha. Mas isso também foi o melhor. Saber que ias estar sempre ali.
Nestes anos juntos já passámos por tanta coisa, e da maneira mais sincera possível digo-te, mesmo que seja um cliché, que não imagino mesmo a minha vida sem ti.
Não és o namorado perfeito,até porque isso não existe. És insuportável quando queres. E hiperactivo, o que me tira do sério por vezes (ok, muitas vezes) quando tocas uma bateria imaginária ou quando abanas a perna como se fosses desmontável.
Mas a maior parte das vezes és ideal para mim. Romântico q.b. (muito não, que eu enjoo), incrivelmente divertido, giro (e sem acreditar que o és, o que ainda é melhor) e tão inteligente que até assusta. E tens imensa paciência para os meus desastres, e fazes sempre aquela cara neutra enquanto dizes calmamente "Sofia, o que é que tu fizeste?"
Hoje em dia não trocava a nossa vida a dois nem por todo o dinheiro do mundo. Nada me deixa mais feliz do que ver-te todos os dias quando acordo e antes de dormir. E não há maneira melhor de adormecer do que no teu colinho.
E para não dizeres que eu não sou meiguinha, digo-te aqui e digo-te onde e quando tu quiseres:
I Love 'till the end.

sábado, 14 de novembro de 2009

Eu amo o meu cão.

Publicada por Sofia à(s) sábado, novembro 14, 2009 9 comentários

Amo mesmo. Como se ama uma pessoa.
Toda a minha vida achei que era uma pessoa de gatos, talvez por nunca ter tido cães e sempre gatos. Agora sei: sou definitivamente uma pessoa de cães.
E sou a fã número Um do meu. Percebi que ia adorá-lo no primeiro dia, quando ele tremia da viagem e eu lhe peguei e ele parou de tremer.
Adoro como ele se senta (ou deita depende do sono) sempre em cima dos nosso pés para que quando sairmos dali ele saiba.
Ele é realmente um dono-dependente, e tem de estar sempre a ver-nos. Por isso mudou de poltrona habitual, porque a onde ele costumava dormir não dava para nos ver no escritório.
Quando acorda, vem sempre ter connosco e põe as patinhas em cima de nós, a pedir mimos, e fica assim a suspirar, cheio de sono enquanto os recebe.
A relação dele com o Juni é um a típica entre 'irmãos': amor/ódio. Há dias que ladram/miam um para o outro o dia inteiro, e um finge que morde, o outro arranha mesmo e no entanto há aqueles dias em que dormem um ao pé do outro, em que o gato se roça a ele, e o cão com uma lambidela lhe lava a cabeça. E depois há os ciúmes. São muitos e grandes. O Bully não pode ver o gato a receber mimos meus. Vem logo com o seu jeito bruto expulsá-lo literalmente de cima de mim.
Depois temos a faceta destruidora que eu achava que ele não ia ter porque nos tempos de cachorro era tão sossegado. Parece que afinal a ele deu-lhe mais tarde. É agora com quase um ano que destrói tudo. Que o digam os meus óculos de ver (que até as lentes comeu!), os fios da Tv Cabo e os do telefone , a nossa colecção de revistas, que agora está reduzida a cinco, os sacos do Continente, o movél do escritório e a ex-casa dele.
Mas ele não é burro nenhum. Sabe bem a porcaria que faz, tanto sabe que quando a faz e nós chegamos a casa, ele baixa as suas orelhas de morcego e cola a barriga ao chão como um soldado disfarçado. E faz aquele olhar de pena como quem pede perdão.
Quando estamos a comer a mesma história, faz aquela carinha que quem não o conhecer pensa que ele passa fome. Ah, e está comprovado, ele gosta de manteiga de amendoim tanto quanto eu.
Adoro como todos nós pensamos que ele é super maricas e de cão de guarda não tem nada mas depois surpreende-nos quando nos defende de outros cães e ladra ferozmente quando eu vou passeá-lo sozinha e alguém de aspecto duvidoso se aproxima.
Adoro como ele é tosco, e aqui aquela história de os cães serem parecidos com os donos, só pode ser verdade. É vê-lo deitado no sofá, virar-se e cair no chão. É vê-lo saltar-nos para o colo e bater com a cabeça na mesa. É vê-lo a correr pela casa e não se deviar das mesas. "É como tu diz-me o Bruno" Mas eu não percebo porquê. De desastrada não tenho nada não é verdade?
É um regalo para o coração quando adormeco no sofá e acordo com a boca dele mesmo colada á minha como quem dá um beijinho. E se acordei é porque ele estava a ressonar a alto e bom som, de certeza.
Em suma: Eu Amo o meu cão. Amo mesmo. Como se ama uma pessoa.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

P.s

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, novembro 05, 2009 7 comentários
Fez ontem 4 anos.
Não fui lá. Se foi o certo ou não, não sei. Acho que no que toca a estes assuntos não há certo nem errado.
Não consigo dormir. Mas isso já era de esperar.

Coisas que eu quero para os anos #2

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, novembro 05, 2009 7 comentários
Quero uns sapatos pretos, salto alto. De preferência peep toe.

E um casaco assim como o da foto:

domingo, 1 de novembro de 2009

Coisas que eu quero para os anos

Publicada por Sofia à(s) domingo, novembro 01, 2009 6 comentários
O meu eterno perfume:
Hugo Boss for Woman

O livro que procuro há seculos:
'Correspondência Amorosa' de Rainer Maria Rilke e Lou Andreas Salomé

E claro, o meu vício:

X-Box 360 Elite

domingo, 25 de outubro de 2009

Íris, do alto dos seus 4 recentes anos

Publicada por Sofia à(s) domingo, outubro 25, 2009 10 comentários
- 'Tamus entendidas? (Imaginem-na a implorar por rebuçados, nós dizemos que não e ela diz "Sim, puque quem manda sou eu! 'Tamus entendidas? - de certeza que aprendeu com a minha irmã)
- Okeeeeeeeeey (Um ok muito arrastado, quando nós a mandamos fazer qualquer coisa)
- Baby nem penses (deve ter ouvido nos Morangos com Açúcar)
- Tia vou-te ler o Noddy tá bem? (e começa a saga das histórias do Noddy com as bolinhas saltitonas, com o arco íris mágico, a a gaita-de-foles, etc)
- Oh puto, não chores! ( quando o mano está a choramingar)
- 'Tá na hora de ir pa cama não acham? (Literalmente a expulsar-nos de casa)
- Manda beijinhos ao tio Muno.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Friends

Publicada por Sofia à(s) segunda-feira, outubro 19, 2009 13 comentários
O Quintino goza comigo (já nem me lembro sobre o quê) e eu digo uma piada sobre ele (mas daquelas mais más) ao que ele diz:
- Tu és tramada, não se pode gozar contigo que tu arranjas logo maneira de gozar também! E és sempre pior, caramba! Porque é que fazes isso?
- Mecanismos de defesa. Ou era isso ou dar-te uma pêra.

domingo, 18 de outubro de 2009

Socorro, estou a ficar gaja...

Publicada por Sofia à(s) domingo, outubro 18, 2009 18 comentários
No Dolce Vita:
Bruno- Olha a Tatiana! (Sorriso) (Sorriso largo de mais para o meu gosto)
Eu- Temos mesmo de lhe ir lá falar?
Bruno- Não sejas parva!
Eu- Estavas sempre a falar mal dela, afinal 'tás aí cheio de sorrisos!
Tatiana lá do fundo: Bruno! Oláaaaaa (Para mim um Olá demasiado satisfeito)
Eu- Pronto, badalhoquinha da merda...
Estamos a chegar perto dela, eu faço o meu ar de enjoo e digo:
-Espero por ti na New Yorker, quando acabares de socializar sim?
À Tatiana lancei-lhe um rosnar em pensamento e acenei só com a cabeça. Mas de trombas, claro.
Assim que entrei na New Yorker pensei "Merda, estou a ficar ciumenta!"

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Sofia, a desastrada II

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, outubro 16, 2009 13 comentários
Hoje fui ao Sam Pedro perto de minha casa comprar azeitonas e caí no corredor dos iogurtes.
Escorreguei num bago de uva e tentei(atenção: tentei) agarrar-me aos iogurtes para não cair. Mandei sem exagero umas 20 embalagens ao chão, caí de pernas abertas (e eu estava de vestido) e ficou-me a doer o pé que ainda nem sequer recuperou a 200% da última queda.

Sou a pior do mundo eu sei.

Bully vai á praia II plus Sofia, a desastrosa

Publicada por Sofia à(s) sexta-feira, outubro 16, 2009 17 comentários
Ficam as fotos:
Destino: Ericeira


A primeira coisa que ele faz quando chegamos á praia? Encher os olhos de areia, pois claro



Em seguida sujar o corpo todo, como não podia deixar de ser!



Um pôr-de-sol lindíssimo!


E ainda fomos molhar os pézinhos!

A água estava morna, uma delícia, só dava vontade de dar um mergulhinho, mas o vento já se fazia sentir, e não me está muito a apetecer uma constipação.
Estava um casal de noivos+fotografo a tirarem fotos na praia. Devem ter ficado lindas!

Depois de jantar fomos ao Alegro e eu parti uma caneca do Starbucks, daquelas que estão para vender. Que custam 8 euros estão a ver? Perguntem-me lá "Como é que tu fizeste isso ?" Pois, também não sei, num momento a caneca estava na prateleira, noutro momento estava no chão e fazer cortes.
Essa é outra! A caneca podia só cair, mas não! Caiu, e um dos pedaços cortou a perna do Fred, outro pedaço cortou o meu dedo. E ainda teve o efeito secundário de pôr toda a gente a olhar para mim. A senhora foi um amor e disse que eu não precisava de a pagar, porque são coisas que acontecem. Eu reservo-lhe um cantinho no céu sim?
Nada disto me incomodaria se fosse raro acontecer-me, mas isso já é história para outro dia. Um dia em que eu perca a vergonha e vos conte os meus desastres/trapalhices.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

760 501 015

Com tanta sms que enviamos durante o dia, tanta chamada, para combinar ir beber umas cervejas, perguntar se está tudo bem, até só para dizer que está um calor do caraças, de certeza que não custa um telefonema para alimentar um animal. São literalmente, 2 segundos.
E se servir de icentivo, eu agradeço do fundo do coração.

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

*1


Evitar os grandes planos, as expectativas, as pressões. Apreciar as pequeninas coisas. O rol enorme de pequenas coisas boas que trazes à minha vida, que acabam por fazer de ti uma grande parte dela.

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Finally, paradise!

Finalmente nesta 6ª feira já estarei de férias, apesar de serem só 3 noites já vai ser óptimo para descansar... principalmente porque descobrimos o sítio perfeito! Sol, lagoa, namorar, descansar, avizinha-se um bom final de semana para mim :)

Quando voltar trago fotos!

sexta-feira, 1 de abril de 2011

A durona do escritório

Toda a gente a intitula de fria, que é uma antipática, que é um bicho de sete cabeças, uma bruxa feia e sabe-se lá mais o quê. A mim nunca me fez nada, estou aqui temporariamente e na secretária ao lado da dela. Ligou ao marido para falar com a filha ao telefone (que também se chama Sofia): - Olá meu amor, estás boa Sofia? É a mamã. Como é que estás hoje? (A menina deve ter perguntado quando é que ela voltava) - Está quase meu amor, brinca com o papá que a mamã vai só trabalhar mais um bocadinho. (Julgo que perguntou se gostava dela) - Gosto de ti sim, muito muito. És a minha filhota linda. Adeus meu amor, manda beijinho à mamã manda. Depois disto ficou com um sorriso durante uns vinte minutos.

segunda-feira, 14 de março de 2011

Living our love song...



People said it would never work out
Living our dreams has shattered all doubts
It feels good to prove 'em wrong
Living our love song

***

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Espanha procura homem que torturou até à morte cachorro de dois meses

É assustador que possa existir tamanha crueldade neste mundo e mais assustador ainda é haver quem se vanglorie disso.
Com isto não vos peço que vejam o vídeo, eu própria tentei e só consegui os primeiro segundos e desatei a chorar, peço é POR FAVOR que assinem a petição, nela pede-se que o vídeo seja exibido na televisão para que alguém, algures consiga identificar o criminoso.
Por isso por favor, são apenas cinco minutos, em que colocam o vosso nome e país e talvez faça toda a diferença.
A notícia completa está aqui com o link para o vídeo, se alguém conseguir...

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Depois de um dia difícil, decidi ir jantar a casa dos meus pais. Assim que vejo a minha mãe fica para a olhar para mim, 'O que foi?'
-Nada, estás linda.


Caramba mãe, obrigada. Mal tu sabias o quanto precisava de ouvir isso hoje.

sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

terça-feira, 9 de novembro de 2010

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

"Experience: that most brutal of teachers. But you learn.. oh my God do you learn..."

C.S Lewis

115º Aniversário da Descoberta do RX

E que falta que nos faria!

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Por favor meninas

As leggings não substituem as calças. Tapem-me esses cús.

terça-feira, 2 de novembro de 2010






No domingo foi à chuva ao Pingo Doce antes de eu acordar e levou-me o pequeno almoço à cama.

E acho que nem preciso de dizer mais nada...

terça-feira, 12 de outubro de 2010

O melhor dele


Sábado foi a festa de anos da Íris. Fez 5 anos, ou fez 'todos' como ela diz.
Como não tive tempo para lhe comprar prenda, depois de jantar , fomos (eu, Bruno e a minha mãe) ao Dolce Vita Tejo para lhe comprarmos uma prenda.
O Bruno assim que lá chegámos disse que ia à casa de banho, dava umas voltas e quando estivéssemos prontas ia ter connosco. Pensei que não lhe apetecia era andar às compras com as 'gajas'.
Lá comprámos a prenda e quando já estamos no carro para ir embora, vou à bagageira do carro buscar a minha mala e vejo um embrulho da Polly (que para quem não sabe, é uma loja de brinquedos).
- Bruno, o que é isto?
- Vá, dá à menina para ela abrir...
Passo o embrulho para as mãos da Íris, e ela rasga-o em 5 segundos, ficando nas mãos com um conjunto de 'chá' da Hello Kitty (a ídolo nº1 dela, claro). Ficou com a boca muito aberta, toda contente de ter recebido uma prenda surpresa e ainda por cima da Kitty!
Escusado será dizer que foi a olhar para aquilo, a segurá-la com as duas mãos a viagem toda até casa.

Eu adorei a atitude do meu homem, tão pequena e tão grande ao mesmo tempo. Ele limitou-se a dizer 'Tinha de comprar uma prenda para a minha sobrinha'.

É por estas e por outras que não me canso de dizer: Adoro-te do fundo do coração amor.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010


Eu vou ficar assim para o mês que vem...

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Há aqueles dias...

Ou noites no meu caso, em que estamos tão tristes que até dói fisicamente. E parece que é de propósito, é exactamente nesse dia que ninguém está acordado, tenho zero contactos on no msn, e zero contactos on no facebook e até no gtalk.
Só me apetece sair de casa e correr até ao fim do mundo. Parar apenas quando já me tiver esquecido do que me pôs assim.

Life really sucks sometimes

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

A cegueira dos homens...


Eu: Amor procura-me o meu passe. Tenho quase a certeza que já o vi na casa nova, vê lá se não está na mesa de cabeceira...
Bruno: Não, o que está na mesa de cabeceira é o meu..
Eu: De certeza? Jurava que já o tinha visto aí...
Bruno: Absoluta, achas que não sei procurar? Já vi nas gavetas todas, deves ter perdido...

Sofia insatisfeita e inconformada chega a casa e procura o passe.
Segunda gaveta, lá estava ele.

domingo, 15 de agosto de 2010

Ser estúpida

É ler uma notícia que datava o ano passado.
Fomos à Rua do Ouro e não havia luzes nenhumas, pois claro. Mas eu ainda armada em boa disse para o Bruno ' Vou enviar um e-mail ao jornal, é inadmissível publicarem uma notícia errada'.
Cheguei a casa. fui ver a notícia ao site outra vez e...era de Agosto de 2009!

Por isso não sigam os meus conselhos turísticos.

sábado, 14 de agosto de 2010

Tenho telefone em casa à cerca de um mês e meio e já me ligaram umas 20 vezes para adquirir um produto qualquer.
Acho que só recebi aí uns 3 telefonemas pessoais! Caramba que melgas!

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Já foram espreitar o céu estrelado na Rua do Ouro? Este ano celebra-se o ano Internacional da Astronomia e foram montadas constelações por toda a rua.

Sexta-feira levo lá o marido em surpresa.

quinta-feira, 29 de julho de 2010

Ganho o dia quando ele começa com uma mensagem da minha mãe a dizer 'B o m di a fo fi nha'
Sim, cheia de espaços, mas a intenção é que conta.

Não sei se já disse que tenho a melhor família do mundo? Ah já? Pronto era só para não se esquecerem.

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Opa cala-te!

Irrita-me que me perguntem porque quero um cão novo. Irrita-me primeiro que tudo a palavra 'novo'. Quando alguém tem mais um filho também se diz 'Olha aqui o meu filho novo"?
Depois irrita-me que seja preciso sequer perguntar! Eu tenho mais um cão porque sim. Porque adoro cães. Porque adorei este cão em especial e não me importei de ir ao extremo do país buscá-lo. Fui a Braga e teria ido a Praga se fosse preciso! Tenho mais um cão pela alegria de o ver abanar a cauda quando vamos à rua, pelo olhar grato quando lhe damos carinhos, pelas lambidelas constantes, e por toda a baba.
Tenho mais um cão pela felicidade que é ter um animal. Gosto de ter a casa cheia, cheia de amor e de carinho! Mesmo que isso seja sinónimo de pêlos e baba.

"Porque é que vais ter mais um cão?" Porque prefiro isso a um novo telemóvel. De longe!

domingo, 18 de julho de 2010

Meet Charlie

Apresento-vos o mais recente membro da família: o Charlie.



É lindo de morrer! E um beijoqueiro de 1ª!

sexta-feira, 11 de junho de 2010

quinta-feira, 10 de junho de 2010

Eu nem me importava

com a merda da chuva desde que pudesse beber um copo de vinho e ficar a ouvi-la cair, lá fora.
Não podendo irrito-me.Muito.

terça-feira, 8 de junho de 2010

De noite...

(Um ressonar altíssimo que me acorda a meio da noite)

Eu- Bruno, não ressones!
Ressonar continua...
Eu- Shiiiiiiiu não ressones!!
Ressonar continua, dou uma canelada ao Bruno.
Bruno- Não sou eu!!
Ressonar continua.
Os dois- Bully cala-te!

sábado, 5 de junho de 2010

Do filme

Qualquer pessoa que vá ver o Sexo e a Cidade não está à espera com certeza, de um filme de grande moral e valor emocional e intelectual. O título diz tudo certo? Acho absurdo certas críticas que leio a dizer que o filme não transmite nada e que não se sentiram melhores pessoas depois de o verem.
Pois deixem-me contar-vos um segredo...Não é suposto! É suposto ir com as vossas best girls (or boys, no meu caso) rirem-se muito,invejar as roupas ou não e babarem-se para as brasas masculinas que aparecem por lá (ou pelas femininas depende de cada um).
E dito isto, gostei do filme, ri-me imenso, e os rapazes portaram-se que nem rapazes e por isso ainda me ri mais.

Agora boa noite que amanhã é dia de praia.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Sex and the City 2

Vou hoje ver. Com dois homens.

Acho que me vou arrepender.

terça-feira, 1 de junho de 2010

Sei que a educação está perdida

Quando vejo uma professora a escrever "não lhes deiam".

Uma parte de mim morreu ali.

Did you hear about the Morgans?


Acabámos de ver o filme e é tão parecido connosco que chega a ser assustador! (Tirando a parte dele a trair, separarem-se e essa lenga lenga toda)
As personalidades deles são como nós. Ele constantemente a dizer aquelas piadas parvas e maricas com tudo (se leres isto amor, é um maricas muito masculino sim?) e eu toda neurótica e tagarela. Temos em comum também toda aquela cumplicidade.

Adorei e recomendo.

segunda-feira, 31 de maio de 2010

domingo, 30 de maio de 2010

Caro vizinho de cima,

Se a si lhe irritou tanto os meus dois (!!) furos na parede porque ' pode acordar o meu menino', a mim também me irrita (e muito, verdade seja dita) a sua criatura a arrastar sabe-se lá o quê pela casa!
Ainda acorda os MEUS meninos. Ambos já dormem, que em época de mudanças até o cão está cansado.

Agradecia que deitasse a criança que já passa mais do que da hora, cierto? Gracias.

sábado, 29 de maio de 2010

Coisas novas que já deviam ter sido contadas antes, shame on me!

- Comprámos um carro novo;
- Mudámos de casa;
- Fui promovida, logo aumentada.

Tudo para melhor portanto. 2010 está á ser até à data um ano fantástico.

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Eles

Eu- A minha colega nova é muita gira não é?
Jorge- Sim..E é arrumadinha que é uma cena que eu aprecio.
Eu- ?!?! Como é que sabes que ela é arrumadinha??
Jorge- Porque tinha as cuecas arrumadas na gaveta.

É caso para dizer: HOMENS.

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Mamã

Tu que és o oposto do pai, em tudo. E secalhar é por isso que isso resulta tão bem há tantos anos. E secalhar é por isso que a vossa educação junta é a melhor que podia ter tido. Porque ele é distraído mas tu és atenta. e não faltavas a uma reunião, a um espectáculo, e mantinhas de perto, de uma forma subtil, todos os meus amigos para saberes quem era uma 'má companhia', sem porém a mim nunca mo dizeres.
O Pai incapaz de me pôr de castigo, mas tu sempre pronto a pôr regras e a mostrares-me que as coisas têm consequências.
Nunca na vida dizias que estavas zangada comigo, ou chateada, dizias sempre que estavas 'triste' com a minha atitude. Jogada inteligente essa, porque se havia coisa que eu não me importava era que alguém se zangasse comigo, ainda hoje sou assim, tenho a mania que sou rebelde, agora, deixar alguém triste é o meu ponto fraco.
Fizeste muitos esforços, muitas horas extra, tiveste durante muito tempo uns 3 empregos para nos dares tudo. 3 filhas não é fácil mas vocês foram impecáveis.
E posso-te prometer, que enquanto eu for viva, a vocês não vos vai faltar nada. Agora posso cuidar de vocês e retribuir tudo.
Obrigada mamã linda por tudo, desde as trançinhas aos 3 estalos pela bebedeira.
Foste o amor e o castigo,em suma, foste perfeita.

Amo-te.

terça-feira, 4 de maio de 2010

O concerto

Não tenho fotos! A minha máquina não tinha bateria (nunca mais acreditar no Bruno para verificar alguma coisa) e a do meu amigo não tirava fotos decentes (Se me estás a ler, compra uma nova :P).
Mas não precisei de fotos porque fiquei a uns 80cm do palco, mais perto só mesmo ao colo dela. E estive o concerto todo embasbacada a olhar para ela, porque é MUITO mais bonita ao vivo! E a voz é muito mais poderosa ao vivo.
Fiquei muito surpreendida pela positiva.
Adorei a humildade dela quando disse 'É por vocês que estou onde estou, e estou-vos eternamente grata pelo vosso carinho, pelo vosso apoio, e como não há uma palavra exacta que defina ao certo o que sinto por vocês, está é dedicada a vós' e tocou o 'If i ain't got you'.
Dancei o concerto todo, levei muiiiiiitas cotoveladas nas maminhas, e tive de ouvir o rapaz atrás de mim, com uma voz esganiçada a cantar TODAS as músicas, e tive de lhe fazer o meu ar de mete nojo, e um 'Cala-te' com os lábios. Não é proibido cantar nos concertos, até é bom ouvir a multidão cantar toda junta, mas quando se tem uma voz daquelas é proibido. E se não é passou a ser.

Aqui fica um obrigado ao meu amigo (que também se chama Bruno) pela companhia, pela cumplicidade, pelas sandes de frango, pela água, e pelas gargalhadas. E só por isso tudo, estás perdoado pelas DUAS horas de atraso.

quinta-feira, 29 de abril de 2010

É hoje, é hoje!


Estou a adivinhar que vou adorar!
Se conseguir, ponho fotos.

domingo, 25 de abril de 2010

Alerta - Pessoas por todo o Portugal!

Se tiverem carta de condução, não façam nenhuma destas coisas: ultrapassar só para estar um carro á frente no trânsito, não respeitar a prioridade nas rotundas e cruzamentos, fingir que vão bater só para andarmos mais depressa e por amor de deus nosso senhor jesus cristo que está no céu, se fizerem alguma destas coisas NÃO buzinem e resmunguem como se ainda estivessem rodeados de razão.
Eu digo isto para vosso bem,porque ainda não conduzo, portanto por mim façam o que vos apetecer, mas o Bruno...Oh senhores, o Bruno tem mau feitio. E depois ele acredita que a violência resolve as coisas, e eu não. E depois minha gente má condutora, quem safa esse cú peludo de umas açoitadas sou eu. Não sem, claro, ele ir no caminho todo a dizer que não tenho nada que o agarrar e lá lá lá.
Portanto, se se importam com a minha vida amorosa, não hão-de querer que eu discuta, por isso limitem-se ás regras ok?

É que das cuspidelas eu não vos safo. E acho NOJENTO Bruno! Os homens são a coisinha mais primitiva á face da terra. Até o meu cão é mais educado.

P.s- Senhor taxista, se nos está a ler, peço desculpa por ele. Às vezes não toma os comprimidos e deixa sair o psicopata que há nele.

domingo, 18 de abril de 2010

Happy B-day

O meu querido faz hoje 27 anos. Faltam 3 anos para os 30 e eu perguntei-lhe se ele não queria uma bengala, mas daquelas à lá House, com chamas na ponta.
Fora de brincadeiras, quis só deixar registado que este ano vai ser um ano cheio de mudanças para nós e que espero que a única coisa que não mude seja o nosso amor e amizade um pelo outro.
Irritas-me com essa bateria imaginária que tocas incessantemente, mas ao mesmo tempo fazes-me rir com isso.
Enerva-me solenemente que abanes os teus pés,até quando dormes! Mas é da maneira que te sinto sempre ali.
Fico possessa que estejas sempre a proteger-me de tudo, como se eu fosse uma criança! Por outro lado, adoro que me protejas...
Odeio essa mania que tens de me agarrar quando estou chateada, e de nunca me deixares dormir zangada contigo! Mas também adoro essa mania, porque tenho sempre uma noite descansada, no teu colinho.
E principalmente, coisa que eu detestava ver os outros fazer, eram os constantes beijinhos e risinhos.
Agora adoro, adoro isso que fazes, de me dares beijos pela cara toda, em que nem os olhos escapam,e ficares a sorrir a olhar para mim e saíres-te com 'És tão linda sua palerma.'
Adoro esse romantismo q.b. mesmo feito á minha medida.
Muitos parabéns pela pessoa que és. Pelo filho que és, pelo irmão que és. E agora pelo genro, cunhado e tio que és. Tudo família 'nova' que tu encantaste.
Estás mesmo de Parabéns por conseguires fazer sorrir toda a gente á tua volta.

Amo-te.

P.s- Ele é a minha pessoa favorita no mundo por um milhão de razões. E não digo isto só porque o amo de coração.

E vocês só não dizem o mesmo porque não o conhecem.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Para alegrar!

Ficam aqui as fotos do fim-de-semana passado.

(Clicar nas fotos para aumentar)

Começa sempre da mesma maneira, com ele a sujar-se TODO!


O gordo a fazer peito.


Já sem forças, encosta a cabeça ás nossas pernas.


E no caminho para casa, vai literalmente a dormir em pé.

Vês S.Pedro? Quando está sol somos todos muito mais felizes!

domingo, 11 de abril de 2010

Oh bolas.

Amanhã é segunda-feira.
Já nos dá preguiça só de pensar nisso...

quinta-feira, 8 de abril de 2010

Eu nem gosto de futebol

Mas adoro ver o Benfica a perder. Só porque sim. É só bartolos.

Pode ser que o outro puto chore outra vez.

quarta-feira, 7 de abril de 2010

É xixe?

Hoje ouvi um pai a dizer ao filho "é xixe tinzinho? é xixe o teu neco novo? gotas? é xixe?"
Aquilo enervou-me de uma maneira! Mas o miúdo é chinês por sinal?? É por estas e por outras que depois os miúdos não falam como deve ser. Pois claro, quando se tem um pai que fala tudo menos português com a criança, é difícil aprender a dizer bem as coisas!

Tradução "É fixe Martim? É fixe o teu boneco novo? Gostas? É fixe?"

domingo, 4 de abril de 2010

Amanhã

vou fazer franja.




P.s- Consigo prever o futuro e saber que vou ADORAR ver, e sei que depois vou detestar ter de esticar a franja todos os dias, e vou-me arrepender. E mesmo assim vou fazê-la á mesma. Estúpida ou teimosa? Fica a questão.

Não é por ser meu...


mas o meu cão é o mais lindo do mundo inteiro e arredores.

sábado, 3 de abril de 2010

Note to Self

Nunca mais pregar uma peta ao Bruno. Não me fala há mais de um dia. Não me dirige MESMO a palavra.

Comprar-lhe um pacotinho de sentido de humor.

E a carinha da Carla Bruni?

É o que dá ter dinheiro a mais. Antes ter rugas do que não ter expressões decentes.

sexta-feira, 26 de março de 2010

Chega sim?

Esta chuvinha paneleira já acabava.

quinta-feira, 25 de março de 2010

Hick

O meu homem esta com soluços desde hoje de manhã.

quarta-feira, 24 de março de 2010

Tenho tanto jeito

Para pintar as unhas como tenho para mijar de pé.
Aliás, corrijo: Tenho até mais jeito para mijar de pé do que para pintar as unhas.

Ah, que falta me fizeram as amigas raparigas no crescimento. Pintar as unhas, fazer as sobrancelhas, poupava uma pipa de massa se soubesse fazer isso!

Mas sei arrotar de propósito!


Não é tão bonito pois não?

Eu tenho mesmo sorte

Com o meu homem!
Não é para toda a gente, ter o melhor amigo, o melhor namorado e o melhor 'divertimento' todos numa pessoa só. Encontrar alguém assim já é uma sorte, ter uma pessoa assim que esteja perdidamente apaixonada por nós é quase bom demais para ser verdade.

Eu cheia de insónias, o meu homem já no 5º sono. No entanto estou há horas só a olhá-lo. Ele de vez em quando abre os olhos, só para ver que eu estou aqui e diz qualquer coisa 'mariquinhas'.
E como eu adoro estas mariquices que provavelmente amanhã ele nem se vai lembrar que disse por estar tão ferrado no sono.

domingo, 21 de março de 2010

Pai,

Não podia deixar passar o teu dia sem escrever nada.
Feliz dia do Pai.

Que fiques sempre aqui para dar os nossos beijinhos. Adoro ouvir-te chamar-me o teu amor.

Amo-te papá.

segunda-feira, 8 de março de 2010

Não compreendo as mulheres

que não gostam do dia da Mulher. Não compreendo os argumentos. A história do "é parvo, machista e fútil".
Machista não pode ser de certeza, porque também existe o dia Internacional do Homem, que é a dia 19 de Novembro, para também eles festejarem os feitos deles, e os seus direitos, se eles não o festejam é um problema deles e não nosso. Também há muita gente que não festeja o Halloween e não é por isso que eu deixo de o festejar.
O dia Internacional da Mulher, como (quase) toda a gente sabe foi criado em prol dos nossos direitos, foi quando conseguimos que deixássemos de trabalhar 16 horas por dia, para passar a trabalhar apenas 10. Foi criado por conseguirmos seguir carreiras como os homens, e profissões de 'homem'. E é um dia para nos lembrarmos do que ainda temos de conseguir, das metas que ainda não foram ultrapassadas. Lembrar-mo-nos que assim como a liberdade, infelizmente a igualdade também não é garantida. Por isso este dia não é só uma homenagem às nossas antepassadas, é também um valorizar do que temos e do que poderemos ter.
Assim como tantos outros dias que celebramos!
Por isso é que eu não percebo quem antipatiza com este dia. Se me disserem que ao invés de não gostarem do dia, o que não gostam é da forma como o se celebra, aí eu já compreendo!
Compreendo que a celebração do dia seja fútil, mas isso já é uma atitude que parte de cada um!
Se não quer receber prendas neste dia, não as receba! Eu também não faço questão de receber um cravo no 25 de Abril, e não é por isso que não celebro a minha liberdade.

sábado, 6 de março de 2010

Parabéns meu gordinho!!


O meu belíssimo cão faz hoje um ano!
O seu primeiro ano de vida! E espero acima de tudo que ele tenha sido feliz e goste de nós, porque nós adoramos este orelhudo que entrou na nossa vida e veio dar vida á nossa casa.
Cresceu muito desde que veio para nós, já faz chichi de perna levantada (ah macho!), já tenta montar tudo quanto é do sexo oposto, até a mim (já não há respeito pelas mães!), já tem brinquedos favoritos, sítios favoritos e expressões típicas. Já ressona que se farta!
Levanta a patinha quando lhe damos festas,e põe na em cima do nosso braço enquanto nos lambe as mãos, que é como quem diz "Eu sei que não percebem o meu ladrar, mas é assim que eu mostro que vos amo de forma a que vocês (burrinhos) percebam"
Já percebe quando eu mando vir pizza e pula que se farta quando chega o distribuidor porque sabe que lhe calham os rebordos (ele deve ser o único que adora que eu não saiba cozinhar).
Ele é um protector de primeira, e quando vamos só os dois, e é de noite, tudo quanto ele ache que pode ser uma ameaça para mim é corrido a rosnares. Incha o peito e rosna que se farta, até a 'ameaça' sair do seu campo de visão. O Bruno diz que ele nunca fez isto com ele portanto ele para além de protector é machista.
Quando estamos muito tempo dentro do quarto ele gane, e arranha a porta, que é a sua maneira simpática de nos avisar que se não formos para perto dele, ele destrói qualquer coisa.
Acima de tudo, ele está MUITO maior,o meu gordinho lindo. E se está gordinho é por mea culpa que não resisto àqueles olhos meigos a pedirem qualquer coisinha para o estômago.


Amo-te muito seu beijoqueiro meiguinho, meu companheiro de insónias, (ele sempre com sono e eu sem nenhum), obrigado por nos aceitares como teus pais, amigos, o que lhe queiras chamar. É uma honra poder coçar-te a barriguinha todos os dias e ter-te a ver-me tomar banho (depravado!)
Espero que esteja seja o primeiro de MILHÕES de anos!

sexta-feira, 5 de março de 2010

Os brugessos!

Há gente muito brugessa a conduzir, não haja dúvida!
Eu explico, eu tenho lombas ao pé da minha casa, é tipo uma moda aqui por Loures. Então uma dessas lombas é muita alta (e nota-se perfeitamente que é alta), mas mesmo assim há quem faça a lomba a acelerar. Assim sendo, ouve-se 'n' vezes os pára-choques a raspar no chão tal é a velocidade com que sobem (e descem) a lomba.
Então hoje, depois de jantar, fomos nós e um amigo para perto da lomba, só assim armados em mete-nojo, a bater palmas e a rir de quem raspava com os para-choques.
Mas depois desistimos, mais looser que estragar o carro é estar ao frio a rir-se disso mesmo.

quarta-feira, 3 de março de 2010

Coisas a aprender...

- Cozinhar.

Por uma simples razão, quando o nosso namorado está doente, vamos mesmo ter de encomendar pizza.

(Não, a menina da imagem não sou eu, infelizmente..)

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

I (L) my family


Adorei o fim-de-semana. A minha sobrinha mais velha veio passar o fim-de-semana comigo e no domingo fomos almoçar a casa da minha prima e a casa estava cheia! Primos, primas, tia, tio e as crianças! E o meu homem, claro.
A família é mesmo a minha base, e sinto-me logo mais feliz depois de um dia com eles!

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Serei a única

mulher por este Portugal a gostar de jogos online?

Mesmo a propósito!

Dou de caras com esta parvoeira pegada!! Nem sei por onde começar!
Vejam aqui a tacanhice deste país!

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

O tema tabu


Adopção entre casais homossexuais. A minha opinião é muito simples - totalmente a favor.
Há 50 anos, se uma mulher fosse mãe solteira, era olhada de lado, muitas mulheres sofriam de violência doméstica, ou simplesmente já não eram felizes nas relações mas mantinham-se nelas com vergonha do divórcio. Uma criança que tivesse pais divorciados era gozada. Felizmente, hoje em dia já não é assim. Quem não está bem separa-se e é até bastante comum ter pais separados.
Eu penso o mesmo acerca do facto de ter pais gays. Ao início vai fazer confusão e comichão a muita gente, os miúdos vão ser olhados e gozados. Mas com o passar do tempo as coisas vão evoluir, ter pais hetero ou homossexuais vai ser indiferente.
E, last face it, as crianças vão sempre ser más e gozar seja por que razão for!

E vá lá, nem me venham com o argumento de que crescendo com gays as crianças são gays. Porque por essa ordem de ideias, pais hetero só tinham crianças hetero e todos sabemos que as coisas não funcionam assim!

Por mim fazia-se já um brinde a um país livre de preconceitos.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Meet Sofia

Aviso: Para quem não gosta de ler desafios clicar na cruz que se encontra na direita.

O Saga desafiou-me para responder a este inquérito, e eu como não ando a escrever nada de jeito, vou-me redimir revelando um pouco mais de mim.

Questão 1: Tens medo de quê?
Que morra alguém que amo muito (outra vez).

Questão 2: Tens algum guilty pleasure?
Gelado. Sinto-me guilty quando me peso.

Questão 3: Farias alguma loucura por amor/amizade?
Faria. Sem dúvida nenhuma.

Questão 4: Qual o teu maior sonho?
Conseguir ser o que sempre quis quando me perguntavam o que queria ser 'quando fosse grande'.

Questão 5: Nos momentos de tristeza/abatimento, isolas-te ou preferes colo?
Isolo-me quase sempre. Se bem que com o tempo aprendi a pedir colo ao Bruno.

Questão 6: Entre uma pessoa extrovertida e uma introvertida, qual seria a escolha abstracta?
Introvertida. Há qualquer coisa de atraente na timidez.

Questão 7: Sentes-te bem na vida, ou há insatisfação além do desejável?
Há alguma insatisafação, mas é normal, somos portugueses! Estamos sempre insatisfeitos com alguma coisa

Questão 8: Consideras-te mais crítico ou ponderado?
Crítica. Principalmente auto-crítica.

Questão 9: Julgas-te impulsivo, de fazer filmes, paciente...? Define-te, de uma forma geral.
Fervo em pouca água, arrefeço em pouca água também.

Questão 10: Consegues desejar mal a alguém e, normalmente, concretizar? Sê sincero.
Desejar consigo sim, mas nunca muito, depois arrependo-me, tenho medo que aconteça (que ridícula,eu sei lol).

Questão 11: Contens-te publicamente em manifestações de afecto (abraçar, beijar, rir alto...)?
Nada.

Questão 12: Qual o teu lado mais acentuado? Orgulho ou teimosia?
Teimosia.

Questão 13: Casamentos homossexuais e direito à adopção?
Claro que sim!

Questão 14: O que te faz continuar o blogue?
Antes de mais, o facto de ter um cantinho onde posso ir relembrando e contando a minha vida, até para mim mesma e para a minha memória miserável e depois tenho o grande bónus de ter pessoas fantásticas a lê-lo e a dar-me também as suas opiniões e pontos de vista.

Questão 15: O número de visitas e comentários influencia o teu blogue?
Eu gosto muito que me visitem, e comentem, mas fico feliz por não ser muita gente(daí também não ter o blog a aparecer em motores de pesquisa) por isso sim influencia. Se tivesse mais gente a ler-me provavelmente seria mais contida no que escrevo. E isso levar-me-ia a fechar o blog, de certeza.

Questão 16: Na tua blogosfera pessoal e ideal, como seria?
Seria proibido ofensas sem eira nem beira. Acho ridículo.

Questão 17: Devia haver encontros de bloguistas? Caso sim, em que moldes? Caso não, porquê?
Sim. Aliás, já me encontrei com uns quantos.

Questão 18: Sabes brincar contigo e rir com quem brinca contigo? Sem ironias.
Não sei eu outra coisa!

Questão 19: Quais são os teus maiores defeitos?
A teimosia. A frontalidade. A sinceridade é uma virtude mas eu acho que o sou em demasia.

Questão 20: Em que aspectos te elogiam e/ou achas ter potencialidades e mesmo orgulho nisso?
Elogiam-me a escrita e a fala. LOL

Questão 21: Entre uma televisão, um computador e um telemóvel, o que escolherias?
O computador.

Questão 22: Elogias ou guardas para ti?
Guardo para mim. Quase sempre. Dou poucos elogios, mas o que dou são sempre sentidos.

Questão 23: Tens humildade suficiente para te desculpar, sem ser indirectamente?
Tenho, mas custa-me. O orgulho é forte.

Questão 24: Consideras-te, de grosso modo, uma pessoa sensível ou pragmática?
Sensível.

Questão 25: Perdoas com facilidade?
Não. Mas também raramente me chateio ao ponto de ser necessário 'perdão'.

Questão 26: Qual o teu maior pesadelo ou o que mais te preocupa?
Ler a resposta á questão 1.

sábado, 13 de fevereiro de 2010

A prenda dele para mim


O bilhete para o concerto dela.

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

A bacuradas da minha irmã

Enquanto eu falava com a minha tia no msn, ela diz-me que a cadela dela faleceu.
Eu estava a contar isto ao Bruno e queria dizer-lhe a idade da Fofinha, mas não me lembrava ao certo, o que eu sabia era que a minha irmã tinha-lhe pisado a pata quando ela era cachorrinha (e a pata ficou sempre um bocadinho torta, desgraçada da cadela).
Então mandei mensagem á minha irmã "Olha lá, que idade é que tu tinhas quando pisaste a fofinha?"
Ela "Não sei, era pequena mas tu já eras nascida, mas porquê?"
Eu "Só para saber, a tia disse que ela morreu..!"
Ela "Ah! Mas não foi disso pois não?"

Foi! 20 e tal anos depois, ela lembrou-se que lhe tinhas pisado a pata e morreu.. Oh valha-me a paciência!

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

O meu namorado

É do contra! Todos este anos, NUNCA quis fazer nada no dia dos namorados, fazíamos a troca habitual de postais e nada mais.
Este ano, como sabia que não ia fazer nada, fiz planos com outras pessoas, ficou todo ofendido porque "é o dia dos namorados e estava a contar fazermos qualquer coisa os dois".

E depois as mulheres é que são complicadas??

Ando sem paciência

para o telemóvel.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

É que só me apetece gritar

de nervos. Simplesmente porque não consegui ir ao concerto dos Artic Monkeys!

sábado, 30 de janeiro de 2010

Prometi a mim mesma

Passar a responder aos comentários.

E muitos parabéns.

Faz um ano esta coisinha. Este diário semi-secreto que eu guardo. Já conheci muita gente boa e ainda me falta conhecer pessoalmente umas quantas.
Um obrigado a todos os que partilharam comigo sorrisos e a lagrimita no canto do olho.


P.s- Tenho de lhe dar um jeito á imagem que eu estou farta destas cores.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

O defeito da minha colega nova

Ela- Ah e vives com o teu namorado não é?
Eu- Sim...
- Há quanto tempo?
- Há mais ou menos...
-E como é que ele se chama?
-Chama-se...
-Têm uma diferença de idade grande? Ou ele é da tua idade?
- Não, temos uma diferença de...
- Moras aqui perto não é?
- Sim moro ali no...
- Já viste que o frio voltou?
-(...)
-Então não respondes??

Não, a sério.

Não podíamos passar sem a vaga de frio?

terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Love has made you beautiful

Não que antes de eu te amar não o fosses, mas depois ficaste ainda mais bonito.
Depois pude ver - tive o prazer e a honra- digo antes assim, de ver o teu interior. O homem em que tu te tornas quando estás apaixonado. E que sorte a minha, apaixonado por mim.
Sabes que eu quero umas botas, rondas as lojas, perguntas ás tuas amigas onde é que há botas giras, em que lojas, levas-me para os shoppings dias seguidos até encontrarmos umas botas para mim. Até que ligas e me dizes "Amor, encontrei umas botas que acho que vais gostar" E pronto, missão cumprida. E quem diz botas diz outra coisa qualquer. Não deixas que me falte nada, e és incansável a dar-me o que eu quero ou preciso. Sou mimada por ti, sou sim. Admito-o com todo o orgulho de quem tem o homem ideal, aquele com que se sonha, com que se imagina o nosso futuro e o dos nossos filhos.
Adoro que me vás buscar ao trabalho e digas "Hoje a noite é para nós", e fazes de mim uma princesa.
Gosto de acordar e ver o teu sorriso e sentir o calor do teu abraço, e é nesse momento que sei, mais uma vez, que fiz a escolha certa, e relembro a mim mesma que isto é mesmo a realidade, e não apenas um sonho bom. Relembro-me que estes braços que me acolhem e este sorriso que me dá os 'bons dias meu amor' é mesmo o homem da minha vida.
Sei que estou sempre a agradecer, e que me ralhas por isso, mas é a única coisa que consigo dizer quando existe alguém neste mundo que me faz sentir assim. Só consigo dizer Obrigada, por tudo o que me fazes ser quando estou contigo, Obrigada por me encheres o coração, a mente e a alma.
Obrigada por dizeres 'a minha mulher' em frente a quem quer que seja, a dares-me sempre a mão, a todos os carinhos que fazes inconscientemente, mas que só provam que até na linguagem corporal não consegues esconder o teu amor por mim.
Obrigada meu querido. Por tudo.

Não me canso de o dizer - amo-te com todas as minhas forças e com todo o meu coração.

sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

É só para te dizer

Que ninguém te esqueceu e todos os dias penso em ti.
Beijinho grande e muitos ronrons para ti.

domingo, 10 de janeiro de 2010

Loving Sundays

Adorei o meu dia de hoje. Eu e o Bé passámos o dia quase todo na cama, só nos levantámos para comer. E quando ele foi trabalhar fiquei a ver um filme, e depois a ler um livro.
Agora desci para o escritório só mesmo porque convém jantar e fazer companhia ao cão.
Nem acredito que amanhã já é segunda-feira.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Playboy

Eu li em muitos blogs comentários acerca das fotos das irmãs, aparentemente gémeas de mamas e pipis (palavra de honra que trabalho tão mal feito) mas a mim o que mais me chocou foram duas frases. Uma delas foi: «Jessica tem de momento o disco "Perdoa Amor" a rodar em todas as discotecas» ; não vou a discotecas todas as semanas, mas saio com frequência e NUNCA em discoteca nenhuma ouvi a irmã da Ruth Marlene!
E a outra foi «(...) ensaio carregado de erotismo, com duas irmãs que deixam qualquer mortal a suspirar por mais.»
E foi aqui que eu percebi! Eu não sou mortal meus amigos.

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Juni

Todos temos saudades tuas. O Bully gane para a porta,e raspa com a patinha, não deve perceber porque é que ainda não voltaste para casa.
Os teus amigos gatinhos vêm miar aqui para a porta, deve ser para te chamar para brincar ou então para chorar por ti, visto que dois deles estavam a cheirar o teu corpo ontem á noite.
Eu continuo sem conseguir falar/pensar em ti sem chorar. Isto com o tempo vai lá, não é o que se costuma dizer?
Beijinho

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

O meu gatinho

O meu gatinho morreu ontem atropelado. Chamo-lhe gatinho mas já tinha quase 8 anos.
E estou tão triste que nem consigo explicar.
Só me apetece chorar o dia inteiro e estou sempre á espera que não seja verdade, que afinal não era ele, sei lá.
Ainda nem consegui tirar de lá a caixa de areia, e as taças de comida e água.
Vou ter tantas saudades. Estou a escrever isto e estou a deitar lágrima atrás de lágrima. Eu sei que muita gente pode achar que é demais, que é só um animal, mas como todos vocês sabem para mim não é só isso. Muito menos o Juni. Que já passou tanto comigo e até já mudou de casa comigo.
Era o gato mais inteligente e o mais meiguinho do mundo, e sinto-me grata por ter podido viver com ele todos estes anos, tenho a agradecer-lhe muitos momentos bons.
E não consigo escrever mais, que já nem vejo o ecrã, de tanto chorar. Deixo-vos com fotos dele.
O meu gatinho. Que para mim será sempre um bebé.
Um beijinho meu querido, espero que sejas feliz no céu dos gatinhos e que saibas o quanto eu te amava.


domingo, 27 de dezembro de 2009

Classificados

Oferece-se:
Tosse, expectoração,dores de garganta e febre. Sem qualquer tipo de sorteio ou concurso.



Quase quase que ficava o ano de 2009 todo sem ficar doente. Mas ei-la a minha primeira constipação do ano.

sábado, 19 de dezembro de 2009

Do Sismo

No escritório, cada um no seu computador.
Eu sinto tudo a tremer, imenso barulho e digo-lhe:
-Amor isto é um terramoto!
-Oh Sofia não sejas parva é o vento!

(???)

domingo, 13 de dezembro de 2009

Do google analytics...

O meu blog não aparece nas pesquisas, por várias razões. Mas durante uns tempos deixei-o aparecer para ver como é que as pessoas viriam cá parar.

Algumas das melhores:
- "nesse rabo" - Neste rabo não se passa grande coisa e no teu?
- "ao fim de quantas aulas de codigo começo a condução" - 8. Mas se perguntasses na escola de condução eles diziam-te.
- "bumbum rijo como fazer?" - exercício filha. Sobe e desce escadas. Há quem diga que o sexo anal ajuda, mas olha que é mito. De qualquer maneira podes tentar. Se resultar vem aqui contar-me
- "caiu e ficou-me a doer o pescoço" - o que é que caiu? A cabeça?
- "casa de praia no bully" - Onde é o bully??
- "bruno fehr + storyteller" - garanto-te que nesses dois não há nada. Ela é minha amiga e acho que nem lhe conhece o blog.
- "como conversar com um amigo no msn que falar" - Podes começar por dizer Olá. Que bronco.
- "cortei as unhas do gato mas deitou sangue isso é bom ou mau" - Deixa-me contar-te um segredo. Mas não digas a ninguém. Quando deita sangue é mau. É sempre mau.
- "cães com perdigee" - o que é perdigee?? Pedigree pa!!!
- "depilar os testiculos" - Muiiiiito devagarinho. E se deitar sangue já sabes, é mau sinal.
- "ele disse-me" - Ah disse? olha que bom!
- "gatos a deitar sange da pata"- sádicos porra. Deixa lá as patas do gato em paz!
- "medo de casas de banho" e "medo de ir à casa de banho" - se for medo de ir a uma casa-de-banho pública eu ainda percebo, agora medo de ir á casa-de-banho no geral é capaz de te trazer problemas
- "minha expressão" - se é a tua expressão para que é que a pesquisas no google??
- "peabutbutter.blogspot.com" - haja alguém que saiba onde vem parar LOL
- "piada ouvir conversa de dois doidos conversando" - Nem sei o que dizer sobre isto.
- "sofia a desastrada,resumo" - Lê o livro todo, não sejas preguiçoso!
- "translation mas vou ter saudades" - but i will miss you!
- "é verdade que criança não mente?" - É mentira pa! Claro que algumas mentem e algumas dizem a verdade. Como os adultos. São crianças não são santos!

E o resultado foi que não perco nada em não ter o blog a aparecer nas pesquisas do google.

sábado, 12 de dezembro de 2009

Dos meus anos...

Houve tanto de bom como de mau. Eu explico: este ano decidi (ao contrário dos anos anteriores) fazer uma festinha mais restrita, e decidi também fazê-la só para raparigas. Girls party uh-uh.
Nada disto seria problema se as minha amigas não falhassem como as notas de 500 (pelo menos a mim falham-me essas notas).
Restringi portanto a lista a 12 pessoas. Só 8 me deram a confirmação que iam ao jantar, fiz a reserva e até aqui tudo bem.
No meu dia de anos envio mensagem para toda a gente a confirmar a hora e o local de encontro.
Sem sequer me darem os parabéns dizem-me que não podem vir porque: "tal e coiso, morreu-me o cagalhão", "ai que hoje estou mal disposta", epa hoje era aquele dia que tinha o exame à próstata", "esqueci-me de te avisar que me caiu um testículo e estou no hospital" etc.
Ora sabem quantas pessoas foram? UMA. The one and only: Joana. É verdade, a única que não me deixou agarrada.
Desmarcámos a reserva no restaurante, fomos a um italiano, o namorado dela foi lá ter e o meu também e a partir daí foi só rir!
Diverti-me imenso mesmo com os meus saltos novos, que me MATARAM os pés.
Fomos para o Plateau, que para quem não conhece é só música dos 70's e dos 80's. Muito bom.
A mãe da Joana estava lá e temos o vídeo dela a curtir a noite. Só visto! (Desculpa Jô vou-me rir disto enquanto me lembrar!)

A modos que foi isto, um Obrigado a quem se lembrou.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Nala*

A castanhinha aqui da frente é a Nala, a branca lá atrás é a Lucky


Apesar de nunca teres escrito exclusivamente sobre elas, já lhes fiz algumas referências aqui e aqui.
A Nala é a mais velha, depois veio a Lucky e tornaram-se inseparáveis, assumindo a Nala sempre a posição de chefe. De dominante. Tem um porte esguio e um andar elegante. Nunca ladra,mas quando o faz chega a ser assustadora.
A Lucky é o oposto. Gorducha e com um andar desleixado ladra imenso mas um ladrar muito de 'cadela'.
O que têm em comum é que são ambas uns amores, meigas e obedientes. Deitam-se logo de barriga para o ar, à primeira festa que se lhes dá.

Hoje a Nala faleceu. Andava há uns dias doente, afastada, escondida e hoje morreu. E não tenho nada para dizer sobre isto a não ser que é profundamente injusto e triste.
E como disse a tia do Bruno "Os animais conquistam-nos o coração. A mim mais do que as pessoas." E eu sou muito assim, e quem me conhece sabe disso.
Por isso agora o meu coração está um bocadinho despedaçado.


Nala

sábado, 21 de novembro de 2009

Minha Linda Joana

Eu gosto muito de ti, mas da próxima vez que tiver de jantar com o raio da tua amiga vai haver luta de lama.
Tu viste, eu controlei-me, ignorei as bocas baixas dela, quando ela discutiu comigo eu cessei por ali a conversa e tudo e tudo e tudo. Mas isso foi hoje. Mais um dia assim e o nariz dela vai ser apresentado á minha esquerda.

Isto foi só um aparte, desculpem lá.

E a pergunta mais burra do mundo "Então e a Sofia não pode mudar de dia de anos?" Claro que sim, ó camela, este ano, só porque tu queres, faço anos a dia 10. Mas é só por ser p'ra ti ok? Preço de amiga.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Messenger

Estava a falar com a minha sobrinha (a de 11 anos) e eu pergunto outra vez, se ela tem namorado (gosto de andar em cima do acontecimento), ao que ela diz:
- Não, eles andam todos com gripe A.
E eu:
- Ahahah é por isso que não tens namorado? Porque eles têm gripe A?
-Claro, não quero ficar doente. E eles também são parvos.
-Pois lá isso são.
- Tia os rapazes são parvos até que idade?
- Bem, ele são especialmente parvos até ao 9º ano. Depois disso eles continuam parvos, só que menos acho eu. Ou então somos nós que deixamos de reparar tanto nessa parvoíce.
- Que chatice.

I Love you 'till the end


Nunca deu certo com os outros. Nem podia dar, senão hoje não estávamos aqui. Já ambos tínhamos sofrido a nossa quota parte de desgostos e desilusões, e apesar de nos conhecermos há anos, foi num timming perfeito que fomos comer aquele gelado.
Ambos íamos sem segundas intenções, e ainda hoje não sei explicar o que aconteceu, para de repente querer ser mais do que tua amiga. Ainda hoje não consigo explicar a felicidade quase infantil, que senti na tua mensagem quando dizias que "quase que tinhas saudades minhas". Acho que foi, e tu sabe-lo bem, o facto de te teres feito de difícil que me fez querer-te ainda mais. Pela primeira vez tinha ali alguém por quem tinha de lutar, com quem não era garantido.
Hoje agradeço-te por isso. Pela luta. Se não tivesses sido assim, provavelmente terias sido só mais um capítulo do livro: 'Sofia, a solteira que desistiu dos homens'.
Contigo deixei cair todos os muros á minha volta, que demorei tanto tempo a construir.
E depois, quando pela primeira vez, vi a minha escova de dentes perto da tua pensei, 'Ok, este era para mim o passo mais difícil, o primeiro. Agora é desfrutar'
Mentira. O mais complicado foi depois. Aprender a viver a dois. Saber que ias estar sempre ali, mesmo naqueles dias em que apetecia estar sozinha. Mas isso também foi o melhor. Saber que ias estar sempre ali.
Nestes anos juntos já passámos por tanta coisa, e da maneira mais sincera possível digo-te, mesmo que seja um cliché, que não imagino mesmo a minha vida sem ti.
Não és o namorado perfeito,até porque isso não existe. És insuportável quando queres. E hiperactivo, o que me tira do sério por vezes (ok, muitas vezes) quando tocas uma bateria imaginária ou quando abanas a perna como se fosses desmontável.
Mas a maior parte das vezes és ideal para mim. Romântico q.b. (muito não, que eu enjoo), incrivelmente divertido, giro (e sem acreditar que o és, o que ainda é melhor) e tão inteligente que até assusta. E tens imensa paciência para os meus desastres, e fazes sempre aquela cara neutra enquanto dizes calmamente "Sofia, o que é que tu fizeste?"
Hoje em dia não trocava a nossa vida a dois nem por todo o dinheiro do mundo. Nada me deixa mais feliz do que ver-te todos os dias quando acordo e antes de dormir. E não há maneira melhor de adormecer do que no teu colinho.
E para não dizeres que eu não sou meiguinha, digo-te aqui e digo-te onde e quando tu quiseres:
I Love 'till the end.

sábado, 14 de novembro de 2009

Eu amo o meu cão.


Amo mesmo. Como se ama uma pessoa.
Toda a minha vida achei que era uma pessoa de gatos, talvez por nunca ter tido cães e sempre gatos. Agora sei: sou definitivamente uma pessoa de cães.
E sou a fã número Um do meu. Percebi que ia adorá-lo no primeiro dia, quando ele tremia da viagem e eu lhe peguei e ele parou de tremer.
Adoro como ele se senta (ou deita depende do sono) sempre em cima dos nosso pés para que quando sairmos dali ele saiba.
Ele é realmente um dono-dependente, e tem de estar sempre a ver-nos. Por isso mudou de poltrona habitual, porque a onde ele costumava dormir não dava para nos ver no escritório.
Quando acorda, vem sempre ter connosco e põe as patinhas em cima de nós, a pedir mimos, e fica assim a suspirar, cheio de sono enquanto os recebe.
A relação dele com o Juni é um a típica entre 'irmãos': amor/ódio. Há dias que ladram/miam um para o outro o dia inteiro, e um finge que morde, o outro arranha mesmo e no entanto há aqueles dias em que dormem um ao pé do outro, em que o gato se roça a ele, e o cão com uma lambidela lhe lava a cabeça. E depois há os ciúmes. São muitos e grandes. O Bully não pode ver o gato a receber mimos meus. Vem logo com o seu jeito bruto expulsá-lo literalmente de cima de mim.
Depois temos a faceta destruidora que eu achava que ele não ia ter porque nos tempos de cachorro era tão sossegado. Parece que afinal a ele deu-lhe mais tarde. É agora com quase um ano que destrói tudo. Que o digam os meus óculos de ver (que até as lentes comeu!), os fios da Tv Cabo e os do telefone , a nossa colecção de revistas, que agora está reduzida a cinco, os sacos do Continente, o movél do escritório e a ex-casa dele.
Mas ele não é burro nenhum. Sabe bem a porcaria que faz, tanto sabe que quando a faz e nós chegamos a casa, ele baixa as suas orelhas de morcego e cola a barriga ao chão como um soldado disfarçado. E faz aquele olhar de pena como quem pede perdão.
Quando estamos a comer a mesma história, faz aquela carinha que quem não o conhecer pensa que ele passa fome. Ah, e está comprovado, ele gosta de manteiga de amendoim tanto quanto eu.
Adoro como todos nós pensamos que ele é super maricas e de cão de guarda não tem nada mas depois surpreende-nos quando nos defende de outros cães e ladra ferozmente quando eu vou passeá-lo sozinha e alguém de aspecto duvidoso se aproxima.
Adoro como ele é tosco, e aqui aquela história de os cães serem parecidos com os donos, só pode ser verdade. É vê-lo deitado no sofá, virar-se e cair no chão. É vê-lo saltar-nos para o colo e bater com a cabeça na mesa. É vê-lo a correr pela casa e não se deviar das mesas. "É como tu diz-me o Bruno" Mas eu não percebo porquê. De desastrada não tenho nada não é verdade?
É um regalo para o coração quando adormeco no sofá e acordo com a boca dele mesmo colada á minha como quem dá um beijinho. E se acordei é porque ele estava a ressonar a alto e bom som, de certeza.
Em suma: Eu Amo o meu cão. Amo mesmo. Como se ama uma pessoa.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

P.s

Fez ontem 4 anos.
Não fui lá. Se foi o certo ou não, não sei. Acho que no que toca a estes assuntos não há certo nem errado.
Não consigo dormir. Mas isso já era de esperar.

Coisas que eu quero para os anos #2

Quero uns sapatos pretos, salto alto. De preferência peep toe.

E um casaco assim como o da foto:

domingo, 1 de novembro de 2009

Coisas que eu quero para os anos

O meu eterno perfume:
Hugo Boss for Woman

O livro que procuro há seculos:
'Correspondência Amorosa' de Rainer Maria Rilke e Lou Andreas Salomé

E claro, o meu vício:

X-Box 360 Elite

domingo, 25 de outubro de 2009

Íris, do alto dos seus 4 recentes anos

- 'Tamus entendidas? (Imaginem-na a implorar por rebuçados, nós dizemos que não e ela diz "Sim, puque quem manda sou eu! 'Tamus entendidas? - de certeza que aprendeu com a minha irmã)
- Okeeeeeeeeey (Um ok muito arrastado, quando nós a mandamos fazer qualquer coisa)
- Baby nem penses (deve ter ouvido nos Morangos com Açúcar)
- Tia vou-te ler o Noddy tá bem? (e começa a saga das histórias do Noddy com as bolinhas saltitonas, com o arco íris mágico, a a gaita-de-foles, etc)
- Oh puto, não chores! ( quando o mano está a choramingar)
- 'Tá na hora de ir pa cama não acham? (Literalmente a expulsar-nos de casa)
- Manda beijinhos ao tio Muno.

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Friends

O Quintino goza comigo (já nem me lembro sobre o quê) e eu digo uma piada sobre ele (mas daquelas mais más) ao que ele diz:
- Tu és tramada, não se pode gozar contigo que tu arranjas logo maneira de gozar também! E és sempre pior, caramba! Porque é que fazes isso?
- Mecanismos de defesa. Ou era isso ou dar-te uma pêra.

domingo, 18 de outubro de 2009

Socorro, estou a ficar gaja...

No Dolce Vita:
Bruno- Olha a Tatiana! (Sorriso) (Sorriso largo de mais para o meu gosto)
Eu- Temos mesmo de lhe ir lá falar?
Bruno- Não sejas parva!
Eu- Estavas sempre a falar mal dela, afinal 'tás aí cheio de sorrisos!
Tatiana lá do fundo: Bruno! Oláaaaaa (Para mim um Olá demasiado satisfeito)
Eu- Pronto, badalhoquinha da merda...
Estamos a chegar perto dela, eu faço o meu ar de enjoo e digo:
-Espero por ti na New Yorker, quando acabares de socializar sim?
À Tatiana lancei-lhe um rosnar em pensamento e acenei só com a cabeça. Mas de trombas, claro.
Assim que entrei na New Yorker pensei "Merda, estou a ficar ciumenta!"

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Sofia, a desastrada II

Hoje fui ao Sam Pedro perto de minha casa comprar azeitonas e caí no corredor dos iogurtes.
Escorreguei num bago de uva e tentei(atenção: tentei) agarrar-me aos iogurtes para não cair. Mandei sem exagero umas 20 embalagens ao chão, caí de pernas abertas (e eu estava de vestido) e ficou-me a doer o pé que ainda nem sequer recuperou a 200% da última queda.

Sou a pior do mundo eu sei.

Bully vai á praia II plus Sofia, a desastrosa

Ficam as fotos:
Destino: Ericeira


A primeira coisa que ele faz quando chegamos á praia? Encher os olhos de areia, pois claro



Em seguida sujar o corpo todo, como não podia deixar de ser!



Um pôr-de-sol lindíssimo!


E ainda fomos molhar os pézinhos!

A água estava morna, uma delícia, só dava vontade de dar um mergulhinho, mas o vento já se fazia sentir, e não me está muito a apetecer uma constipação.
Estava um casal de noivos+fotografo a tirarem fotos na praia. Devem ter ficado lindas!

Depois de jantar fomos ao Alegro e eu parti uma caneca do Starbucks, daquelas que estão para vender. Que custam 8 euros estão a ver? Perguntem-me lá "Como é que tu fizeste isso ?" Pois, também não sei, num momento a caneca estava na prateleira, noutro momento estava no chão e fazer cortes.
Essa é outra! A caneca podia só cair, mas não! Caiu, e um dos pedaços cortou a perna do Fred, outro pedaço cortou o meu dedo. E ainda teve o efeito secundário de pôr toda a gente a olhar para mim. A senhora foi um amor e disse que eu não precisava de a pagar, porque são coisas que acontecem. Eu reservo-lhe um cantinho no céu sim?
Nada disto me incomodaria se fosse raro acontecer-me, mas isso já é história para outro dia. Um dia em que eu perca a vergonha e vos conte os meus desastres/trapalhices.
 

Light Cupcakes Copyright 2009 Sweet Cupcake Designed by Ipiet Templates Image by Tadpole's Notez