terça-feira, 29 de dezembro de 2009

O meu gatinho

Publicada por Sofia à(s) terça-feira, dezembro 29, 2009
O meu gatinho morreu ontem atropelado. Chamo-lhe gatinho mas já tinha quase 8 anos.
E estou tão triste que nem consigo explicar.
Só me apetece chorar o dia inteiro e estou sempre á espera que não seja verdade, que afinal não era ele, sei lá.
Ainda nem consegui tirar de lá a caixa de areia, e as taças de comida e água.
Vou ter tantas saudades. Estou a escrever isto e estou a deitar lágrima atrás de lágrima. Eu sei que muita gente pode achar que é demais, que é só um animal, mas como todos vocês sabem para mim não é só isso. Muito menos o Juni. Que já passou tanto comigo e até já mudou de casa comigo.
Era o gato mais inteligente e o mais meiguinho do mundo, e sinto-me grata por ter podido viver com ele todos estes anos, tenho a agradecer-lhe muitos momentos bons.
E não consigo escrever mais, que já nem vejo o ecrã, de tanto chorar. Deixo-vos com fotos dele.
O meu gatinho. Que para mim será sempre um bebé.
Um beijinho meu querido, espero que sejas feliz no céu dos gatinhos e que saibas o quanto eu te amava.


10 comentários on "O meu gatinho"

Everybody´s Changing on 30 de dezembro de 2009 às 01:02 disse...

Lamento...
Força...

L!NGU@$ on 30 de dezembro de 2009 às 01:58 disse...

:( toda a gente que já teve um animal de estimação vai entender.

on 30 de dezembro de 2009 às 12:14 disse...

Oh minha querida...agora tb eu fiquei com os olhos cheios de lágrimas, porque tenho três gatos que amo do fundo do coração, que são parte de mim e não me imagino a ficar sem um deles. Apenas te posso desejar muita força e enviar um abraço apertado...

Alexandre on 30 de dezembro de 2009 às 14:32 disse...

Já tive animais de estimação, neste momento não devido a isso mesmo. Os meus pais não querem, pois haverá a morte do animal e a morte é sempre estúpida e não merecida. =/
Beijinhos e força.

P.S- O teu gatinho era muito giro, mesmo. ;)

Marlene on 30 de dezembro de 2009 às 17:20 disse...

Oh meu amor... Nem acredito que isso aconteceu :(

Força... Beijinho meu anjo*

Breaking on 30 de dezembro de 2009 às 20:51 disse...

:(

Forca!

Saga on 31 de dezembro de 2009 às 13:12 disse...

Sinto que devo dizer qualquer coisa, embora não saiba o quê...
Compreendo-te, perfeitamente, e sinto um pouco da tristeza que guardas nesta altura. Há-de passar, mas é muito doloroso quando se enfrenta uma situação dessas.
Força.

**

Ana on 11 de janeiro de 2010 às 00:36 disse...

Lamento muito! Também tenho uma gata e se lhe acontecesse isso ficaria destroçada. Força! Beijinhos e coragem

Maria Papoila on 4 de fevereiro de 2010 às 13:58 disse...

Sei bem o que isso é...perdi a minha gatinha em Abril do ano passado.
E ainda hoje me custa...
Também ela mudou-se comigo 2 vezes, era ela quem me fazia companhia, quando passava serões a estudar, e que se aquecia na caixa do computador,...era ela por ciúme que mordia os pés do meu companheiro, era ela que me recebia em casa sempre com amor, era ela que nos chamava quando o meu filho recém nascido chorava...
Não foram 8, mas foram 7 anos...
Todos os dias o meu filho fala nela..."mamã a Nina está na Lua" E é assim que penso nela...numa gatinha a miar na lua...
Não devo ter ajudado nada, mas olha...estou contigo...

Sophie on 4 de fevereiro de 2010 às 23:50 disse...

Oh Maria Papoila, obrigada pelas palavras de carinho =)

um beijinho

Enviar um comentário

Se não gostares do que provaste, podes sempre pôr á borda do prato. De qualquer maneira, deixa a tua dentada!

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

O meu gatinho

O meu gatinho morreu ontem atropelado. Chamo-lhe gatinho mas já tinha quase 8 anos.
E estou tão triste que nem consigo explicar.
Só me apetece chorar o dia inteiro e estou sempre á espera que não seja verdade, que afinal não era ele, sei lá.
Ainda nem consegui tirar de lá a caixa de areia, e as taças de comida e água.
Vou ter tantas saudades. Estou a escrever isto e estou a deitar lágrima atrás de lágrima. Eu sei que muita gente pode achar que é demais, que é só um animal, mas como todos vocês sabem para mim não é só isso. Muito menos o Juni. Que já passou tanto comigo e até já mudou de casa comigo.
Era o gato mais inteligente e o mais meiguinho do mundo, e sinto-me grata por ter podido viver com ele todos estes anos, tenho a agradecer-lhe muitos momentos bons.
E não consigo escrever mais, que já nem vejo o ecrã, de tanto chorar. Deixo-vos com fotos dele.
O meu gatinho. Que para mim será sempre um bebé.
Um beijinho meu querido, espero que sejas feliz no céu dos gatinhos e que saibas o quanto eu te amava.


10 comentários:

  1. :( toda a gente que já teve um animal de estimação vai entender.

    ResponderEliminar
  2. Oh minha querida...agora tb eu fiquei com os olhos cheios de lágrimas, porque tenho três gatos que amo do fundo do coração, que são parte de mim e não me imagino a ficar sem um deles. Apenas te posso desejar muita força e enviar um abraço apertado...

    ResponderEliminar
  3. Já tive animais de estimação, neste momento não devido a isso mesmo. Os meus pais não querem, pois haverá a morte do animal e a morte é sempre estúpida e não merecida. =/
    Beijinhos e força.

    P.S- O teu gatinho era muito giro, mesmo. ;)

    ResponderEliminar
  4. Oh meu amor... Nem acredito que isso aconteceu :(

    Força... Beijinho meu anjo*

    ResponderEliminar
  5. Sinto que devo dizer qualquer coisa, embora não saiba o quê...
    Compreendo-te, perfeitamente, e sinto um pouco da tristeza que guardas nesta altura. Há-de passar, mas é muito doloroso quando se enfrenta uma situação dessas.
    Força.

    **

    ResponderEliminar
  6. Lamento muito! Também tenho uma gata e se lhe acontecesse isso ficaria destroçada. Força! Beijinhos e coragem

    ResponderEliminar
  7. Sei bem o que isso é...perdi a minha gatinha em Abril do ano passado.
    E ainda hoje me custa...
    Também ela mudou-se comigo 2 vezes, era ela quem me fazia companhia, quando passava serões a estudar, e que se aquecia na caixa do computador,...era ela por ciúme que mordia os pés do meu companheiro, era ela que me recebia em casa sempre com amor, era ela que nos chamava quando o meu filho recém nascido chorava...
    Não foram 8, mas foram 7 anos...
    Todos os dias o meu filho fala nela..."mamã a Nina está na Lua" E é assim que penso nela...numa gatinha a miar na lua...
    Não devo ter ajudado nada, mas olha...estou contigo...

    ResponderEliminar
  8. Oh Maria Papoila, obrigada pelas palavras de carinho =)

    um beijinho

    ResponderEliminar

Se não gostares do que provaste, podes sempre pôr á borda do prato. De qualquer maneira, deixa a tua dentada!

 

Light Cupcakes Copyright 2009 Sweet Cupcake Designed by Ipiet Templates Image by Tadpole's Notez