quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Gritos é que não...

Publicada por Sofia à(s) quinta-feira, fevereiro 12, 2009
Hoje tive uma discussão no trabalho. Quem me conhece sabe a raridade que é eu discutir com quem quer que seja. Mas hoje passei-me!
Não me vou pôr com grandes pormenores até porque era uma situação muito específica mas basta-me dizer que é um procedimento que só começámos a fazer á 3 dias e eu em particular nunca tinha feito, pois eu sou part-time porque de dia estudo. Ora sendo que a mim ninguém me explicou como se fazia, eu pedi ajuda a uma colega que é full-time e também mais antiga na empresa.
Eu até me dou bem com a colega em questão, até já socializámos uma ou duas vezes fora da empresa, mas ela em geral tem tendência para os gritos, as asneiras e a arrogância. Nunca tinha feito nada dessas coisas comigo (e eu já lá estou á um ano e pouco) portanto nunca nos chateámos.
Hoje, quando lhe peço ajuda, explica em meia dúzia de palavras e eu que me desenrrascasse.
Fiz o melhor que pude - e soube- quando subitamente vem ela ter comigo com um berro e diz:
- Então essa merda ainda não está feita???
Ao que eu lhe explico que não, e que ela me ajudasse pois eu nunca fiz e tinha dúvidas.
Ela tapa os olhos com as mãos e diz:
- Fo*a**e eu não acredito que tens dúvidas nisso.
E eu, continuando sem perder a calma digo que é normal ter dúvidas numa coisa que nunca fiz e que me foi muito mal explicada.
Ela desata para lá aos gritos. Que explicou bem, que não percebe qual é o meu problema se é burrice ou preguiça. Blá blá.
Isto foi o meu limite. Disse que agora fazia ela, que ela fosse falar assim com o raio que a parta, que comigo ninguém grita, que se ela não sabe explicar ou não tem paciência que não me culpasse a mim, etc. Virei-lhe as costas e deixei-a a fazer aquilo sozinha!!

Mas que raio hã?? Mas será que eu sou surda e ainda não me dei conta? Será que só oiço aos berros?
E parva como sou ainda vim para casa a pensar se não teria sido demasiado bruta...

5 comentários on "Gritos é que não..."

Pjsoueu on 12 de fevereiro de 2009 às 11:00 disse...

Shophie

Ora aqui está uma maneira que jamais admito que façam comigo: Gritar-me aos ouvidos?

Normalmente, sou como tu; calmo, gosto de respeitar e ser respeitado, não importa a Hierarquia". Mas gritos nã ná.....


beijos e fizes te muito bem...ela que grite a ela mesma...se está com o TPM, tu não tens culpa...rss

beijos e muita paciencia :) um dia lindo para ti

Pj

diariodeumcaranguejo on 12 de fevereiro de 2009 às 15:32 disse...

Dessas já tive algumas se estás com a razão não a percas ficas sempre a ganhar e não te stress que o mais certo é amanha quando a voltares a ver nem se lembra e voltam a trabalhar na boa....ou não


Beijo

Estreliña on 12 de fevereiro de 2009 às 16:27 disse...

Pois, ha sempre uns com falta de cha. Esses, sim, serao pobres para o resto da vida! Gentinha sem espirito!

Ps: Ja podes consultar o teu dia no meu blog, o problema foi do link mal colocado. Desculpa.

Bjinho

Nuno on 13 de fevereiro de 2009 às 18:25 disse...

Branda, foste demasiado branda. Uma pessoa que se chega ao pé de nós a dizer asneiras e a chamar-nos burras e estúpidas... Puta que as pariu (desculpa).

Respira fundo e conta até 10, para ver se a calma regressa. :)

Beijitos,
Nuno.

SONHADOR on 18 de março de 2009 às 00:29 disse...

Posso dar-te um conselho?
Já mo disseram várias vezes...

Nunca discutas com um(a) idiota.
Ele(a) arrasta-te até ao nível dele(a) e, ainda, ganha-te aos pontos.

Beijos.

Enviar um comentário

Se não gostares do que provaste, podes sempre pôr á borda do prato. De qualquer maneira, deixa a tua dentada!

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Gritos é que não...

Hoje tive uma discussão no trabalho. Quem me conhece sabe a raridade que é eu discutir com quem quer que seja. Mas hoje passei-me!
Não me vou pôr com grandes pormenores até porque era uma situação muito específica mas basta-me dizer que é um procedimento que só começámos a fazer á 3 dias e eu em particular nunca tinha feito, pois eu sou part-time porque de dia estudo. Ora sendo que a mim ninguém me explicou como se fazia, eu pedi ajuda a uma colega que é full-time e também mais antiga na empresa.
Eu até me dou bem com a colega em questão, até já socializámos uma ou duas vezes fora da empresa, mas ela em geral tem tendência para os gritos, as asneiras e a arrogância. Nunca tinha feito nada dessas coisas comigo (e eu já lá estou á um ano e pouco) portanto nunca nos chateámos.
Hoje, quando lhe peço ajuda, explica em meia dúzia de palavras e eu que me desenrrascasse.
Fiz o melhor que pude - e soube- quando subitamente vem ela ter comigo com um berro e diz:
- Então essa merda ainda não está feita???
Ao que eu lhe explico que não, e que ela me ajudasse pois eu nunca fiz e tinha dúvidas.
Ela tapa os olhos com as mãos e diz:
- Fo*a**e eu não acredito que tens dúvidas nisso.
E eu, continuando sem perder a calma digo que é normal ter dúvidas numa coisa que nunca fiz e que me foi muito mal explicada.
Ela desata para lá aos gritos. Que explicou bem, que não percebe qual é o meu problema se é burrice ou preguiça. Blá blá.
Isto foi o meu limite. Disse que agora fazia ela, que ela fosse falar assim com o raio que a parta, que comigo ninguém grita, que se ela não sabe explicar ou não tem paciência que não me culpasse a mim, etc. Virei-lhe as costas e deixei-a a fazer aquilo sozinha!!

Mas que raio hã?? Mas será que eu sou surda e ainda não me dei conta? Será que só oiço aos berros?
E parva como sou ainda vim para casa a pensar se não teria sido demasiado bruta...

5 comentários:

  1. Shophie

    Ora aqui está uma maneira que jamais admito que façam comigo: Gritar-me aos ouvidos?

    Normalmente, sou como tu; calmo, gosto de respeitar e ser respeitado, não importa a Hierarquia". Mas gritos nã ná.....


    beijos e fizes te muito bem...ela que grite a ela mesma...se está com o TPM, tu não tens culpa...rss

    beijos e muita paciencia :) um dia lindo para ti

    Pj

    ResponderEliminar
  2. Dessas já tive algumas se estás com a razão não a percas ficas sempre a ganhar e não te stress que o mais certo é amanha quando a voltares a ver nem se lembra e voltam a trabalhar na boa....ou não


    Beijo

    ResponderEliminar
  3. Pois, ha sempre uns com falta de cha. Esses, sim, serao pobres para o resto da vida! Gentinha sem espirito!

    Ps: Ja podes consultar o teu dia no meu blog, o problema foi do link mal colocado. Desculpa.

    Bjinho

    ResponderEliminar
  4. Branda, foste demasiado branda. Uma pessoa que se chega ao pé de nós a dizer asneiras e a chamar-nos burras e estúpidas... Puta que as pariu (desculpa).

    Respira fundo e conta até 10, para ver se a calma regressa. :)

    Beijitos,
    Nuno.

    ResponderEliminar
  5. Posso dar-te um conselho?
    Já mo disseram várias vezes...

    Nunca discutas com um(a) idiota.
    Ele(a) arrasta-te até ao nível dele(a) e, ainda, ganha-te aos pontos.

    Beijos.

    ResponderEliminar

Se não gostares do que provaste, podes sempre pôr á borda do prato. De qualquer maneira, deixa a tua dentada!

 

Light Cupcakes Copyright 2009 Sweet Cupcake Designed by Ipiet Templates Image by Tadpole's Notez